Buerarema
URUÇUCA
Clube dos òculos
Encanthé
Ubaitaba Inst novo
Vidro Tech

A MUDANÇA POLÍTICA EM ITABUNA ESTARÁ EM NOSSAS MÃOS, ELEITOR

Por Júnior Paim*

No atual contexto político e social de Itabuna, as eleições do ano que vem representarão um dos raros momentos em que todos nós nos igualamos em direitos. Não há diferença de etnias, sexo, condição financeira, classe ou de grupo social. É dentro dessa condição democrática que elegeremos o nosso futuro prefeito. Itabuna é uma cidade reconhecida pelo grande efeito do “troca-troca” de seus administradores, nos últimos 30 anos ressalte-se só tivemos o ex Prefeito Vane do Renascer como “A novidade” do executivo municipal.

As eleições de 2020, têm um contexto inédito na história Itabunense: coloca nas mãos do eleitor o poder de tirar o Município da atual turbulência política e econômica. O voto consciente, que separa o joio do trigo na política, pode nos dar a oportunidade de mudar o atual quadro de más administrações que vem sendo aplicada na nossa cidade. O nosso voto, poderá fazer uma transição pacífica e democrática para novo modelo de gestão pública que beneficie, de fato e de direito, todos os munícipes.

Temos visto uma serie de pré-candidatos ao Centro Administrativo Firmino Alves alguns nem tão novos assim, porém é importante buscar informações sobre as ideias do partido político ao qual os possíveis candidatos estarão filiados, pois a ideologia partidária está ligada ao que o candidato escolhido realizará se for eleito.

A Cidade anseia por uma administração nova, moderna e que governe de fato para todos, os problemas que assolam Itabuna, não serão resolvidos a curto prazo, contudo temos a certeza de que uma boa administração voltada com seriedade aos problemas enfrentados pela população, já trará avanços que poderá aliviar as necessidades mais urgentes.

Precisamos entender, que nem todo político é igual ou corrupto. Existem nomes interessados em promover uma mudança social e política, por isso devemos buscar conhecer as futuras propostas dos prefeituráveis, assim como o seu passado.

Mas fica o questionamento de “Como mudar o quadro político da nossa cidade?” Aí entra o papel do eleitor. Admitir que é um multiplicador de opinião nos vários círculos — familiar, profissional, social. Ou seja, um formador de opinião. O grau de consciência do eleitor faz toda a diferença em especial numa época quando as redes sociais tem total importância nas candidaturas a um cargo público, a prova disso foram as últimas eleições presidenciais.

A grande possibilidade de melhoria em nosso quadro político municipal estará, como nunca, no poder de convencimento do cidadão consciente, não é apenas um voto em um candidato, mas um momento urgente em que diminuirá o caos em que uma má administração causa em nossa cidade, o eleitor é principal propulsor na construção de valor da opção correta. Isso cabe a nós todos. A mudança para melhor estará em nossa conversa. Estará em nossas mãos. Em especial, estará em suas mãos, leitor.
A mudança está em suas mãos, ELEITOR.

*Graduando em Direito e Assessor Parlamentar

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.