Navegando pela Categoria

Destaque

GOVERNO CONTABILIZA PERDA DE APOIO NA SEGUNDA DENÚNCIA CONTRA TEMER

Congresso em Foco

Apesar da perspectiva de engavetar a segunda denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB) com folga na Câmara, parlamentares da base aliada do presidente sinalizam que podem não votar a favor do arquivamento das acusações. Conforme informações divulgadas pelo jornal O Globo, neste sábado (14), insatisfeita, a base aliada conta com deputados rebeldes que apontam possível mudança de voto.

Na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, onde o relator da denúncia, deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG), já apresentou seu parecer pela rejeição da denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra Temer, por obstrução de Justiça e organização criminosa, a tendência é que o presidente compute menos votos. No colegiado, o parecer de Andrada está previsto para ser votado nesta próxima semana. Integrantes da “Tropa de choque de Temer” – os deputados Carlos Marun (PMDB-MS), Darcísio Perondi (PMDB-RS) e Beto Mansur (PRB-SP) – se articulam para reverter o cenário.

O caso do “DEM, que está em pé de guerra com o PMDB por conta da disputa por filiações partidárias, e o PSD, insatisfeito com o fato de o Planalto não ter retaliado os partidos infiéis”, são citados como exemplos. Desta vez, a denúncia também envolve os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria Geral).

A primeira denúncia contra o peemedebista foi vencida na Casa após 17 trocas de membros, com votação de 40 votos pelo arquivamento do caso contra 24 pelo prosseguimento das investigações. No plenário, a votação está prevista para o dia 24 de outubro. Deputados da oposição avaliam que o desgaste causado aos parlamentares em que apoiaram Temer pode levar a uma debandada ainda maior nesta segunda denúncia.

JUSTIÇA DETERMINA QUE VOTAÇÃO SOBRE AÉCIO NEVES SEJA ABERTA

A Justiça Federal em Brasília concedeu liminar nesta sexta-feira, 13, ao apagar das luzes, proibindo o Senado de realizar a votação sigilosa na sessão que vai decidir sobre o afastamento do senador Aécio Neves (PSDB-MG). O presidente da OAB criticou e considerou “inadmissível” a articulação para que a votação do afastamento de Aécio fosse secreta. (Relembre).

Aécio foi afastado do mandato parlamentar por determinação da Primeira Turma do Supremo. Com base nas delações de executivos da J&F, o senador afastado é acusado pela PGR de ter cometido os crimes de obstrução de Justiça e corrupção passiva. Aécio, porém, nega as acusações e se diz “vítima de armação”.

ILHÉUS EXECUTA PROGRAMA DE LIMPEZA DAS PRAIAS DURANTE O VERÃO

Aproximadamente 80 homens estão fazendo a limpeza das praias de Ilhéus com auxílio de roçadeira articulada (trator agrícola que puxa uma roçadeira para limpeza em regiões planas e morros), pá carregadeiras, caçambas truck e roçadeiras manuais estão envolvidos na operação que antecede o programa Praias Limpas, De acordo coma prefeitura, a meta é atuar durante todo o verão.

Está sendo executado serviços de roçagem, retirada de entulhos e de rasteio (retirada de copos, sacos plásticos e garrafas deixados por banhistas) foram iniciados por toda a zona litorânea de Ilhéus com maior intensidade no litoral sul do município, no trecho entre o Opaba e a Praia dos Milionários, além da praia da avenida Soares Lopes, no Centro da cidade.

PRESIDENTE DA OAB CRITICA VOTO SECRETO NO CASO DE AÉCIO NEVES

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Claudio Lamachia, considerou como “inadmissível” a articulação que se desenha no Senado para tornar secreta a votação na Casa que vai deliberar sobre o afastamento e as medidas cautelares aplicadas contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG).

Em nota divulgada nesta sexta-feira, 13, Lamachia disse que a sociedade, “mais que nunca”, exige “transparência e honestidade na aplicação da justiça”. “Voto aberto, portanto”, defendeu o presidente da entidade. “A crise pela qual passa o país é, sobretudo, de ordem moral, que submete a classe política brasileira ao maior desgaste de sua história.

O resgate de sua credibilidade, essencial à preservação da democracia, exige por parte dela rigoroso senso de cumprimento do dever cívico, dentro das regras da ordem jurídica e constitucional”, afirmou. Com informações do Bahia Notícias.

CICOM DA SSP-BA JÁ RECEBEU MAIS DE 65 MIL TROTES ESTE ANO

O Centro Integrado de Comunicações – CICOM da Secretaria da Segurança Pública já recebeu 65.477 trotes este ano até o mês de setembro e tem prejuízos com as falsas ocorrências que atrapalham o auxílio às pessoas que realmente necessitam desse serviço.

Segundo o diretor de operações da Superintendência de Telecomunicações (Stelecom) da SSP, coronel PM Moisés Brito de Oliveira, a maioria das pessoas que passam os trotes são crianças, costumam fazer durante o dia e essas ligações ficam mais frequentes no período das férias escolares.

“Os prejuízos são agravantes, além do gasto com combustível para deslocar viaturas em vão, corre-se o risco de tirar guarnições de patrulhamento da disposição de pessoas com denúncias verídicas”, declarou com preocupação o coronel Moisés.

A brincadeira de mau gosto é ilegal e o coronel sinaliza para a responsabilização. “Como qualquer outro crime, a pessoa que vier a ser identificada praticando responde penalmente pela sua ação”, explicou. Também chamou a atenção dos pais e responsáveis, sobre a importância da conscientização e responsabilidade sobre as ações das crianças.

Disse ainda que existe um grupo de instrução da Stelecom que tem se dedicado a visitar escolas com intuito de conscientizar crianças e adolescentes para as consequências de comportamentos que colocam em risco a vida do outro. “Acreditamos que tudo começa pela educação tanto em casa, quanto na escola e tentamos ao máximo auxiliar nesse processo”, finalizou coronel Moisés.

REDE SUSTENTABILIDADE ALERTA PARA O AVANÇO DAS FORÇAS QUE QUEREM PARAR A LAVA JATO

Em nota, a Rede Sustentabilidade alerta para o avanço das forças que querem parar a Lava Jato para deixar impunes aqueles que assaltaram os cofres públicos. O sistema político está se fechando para se proteger das denúncias e se isola cada vez mais da sociedade.

De acordo com a nota, a primeira denúncia contra o presidente Temer já foi arquivada pela Câmara Federal e a segunda está ganhando o mesmo destino, apesar das fartas provas apresentadas pelo Ministério Público. Ele só será investigado quando deixar a presidência.

Os inquéritos que investigam o envolvimento de 238 parlamentares em crimes de corrupção estão parados na Procuradoria-Geral da União e no Supremo Tribunal Federal devido ao foro privilegiado, enquanto 116 empresários e operadores financeiros já foram condenados em primeira instância pela operação Lava Jato.

A nota diz ainda que a decisão de submeter o afastamento do senador Aécio Neves (PSDB) ao julgamento dos próprios senadores, onde a maioria está sendo investigada ou é réu, equivale à absolvição antecipada. “Já tivemos uma mostra da isenção dos “juízes” no arquivamento da denúncia apresentada pela REDE à Comissão de Ética do Senado contra Aécio, sob a alegação de insuficiência das provas. Essa é a mesma alegação que está sendo usada pelos deputados governistas para livrarem o Temer. Temos uma situação única, em que há corruptores mas não há corruptos.”

CRIMES LETAIS INTENCIONAIS EM ITABUNA FOI TEMA DE PALESTRA NA FTC

Os crimes letais intencionais em Itabuna e sua relação com o tráfico de drogas e vulnerabilidade social foi tema de debate na XII Semana Jurídica na Faculdade de Tecnologia e Ciências de Itabuna – FTC. O evento foi realizado de 9 a 11 de outubro, no auditório da instituição.

A palestra, ministrada pelo policial civil e geógrafo Roberto José da Silva, teve a participação de alunos de direito da faculdade, professores, promotores de justiça, delegados e especialistas de várias áreas. No mesmo dia, também palestraram a delegada Lisdeili Nobre e o perito técnico da Policia Civil Rolemberg Macedo Filho.

Segundo Roberto José, o tema é muito interessante, principalmente no momento em que Itabuna, aparece no cenário nacional como o segundo município do Brasil em IHA – Índice de Homicídio na Adolescência, de acordo com documento publicado pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), estudo mostra que a quantidade de mortes esperadas para esta faixa etária saltou de 24 em 2013 para 37 no ano seguinte.

VAGAS DE EMPREGO PARA ESTA SEXTA-FEIRA, 13, DO SINEBAHIA

A unidade do SineBahia Itabuna, no Shopping Jequitibá, anunciou vagas de emprego para esta sexta-feira, 13. Os candidatos interessados devem se dirigir à unidade na do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC). situada na Avenida Aziz Maron, Bairro Goes Calmon, no Shopping Jequitibá, das 9h às 18h.

É Imprescindível portar número do PIS, PASEP ou NIS; Carteira de Trabalho, RG, CPF, currículo, comprovante de residência e certificado de escolaridade. As vagas são exclusivas para Itabuna.

Confira as vagas:

(mais…)

ILHÉUS: REDE HOTELEIRA REGISTRA MAIS DE 80% DE OCUPAÇÃO

A expectativa da rede hoteleira de Ilhéus, neste feriadão nacional de Nossa Senhora Aparecida, é de taxa mínima de ocupação de 80%, sendo que alguns estabelecimentos registram até 100% de ocupação. Há um grande fluxo de visitantes chegando à cidade neste final de semana prolongado, o primeiro da primavera.

Segundo a secretaria de turismo do município, a maioria dos turistas vem da própria Bahia, de cidades como Jequié, Vitória da Conquista, Itapetinga e Salvador. Somente a empresa Águia Branca, colocou seis ônibus extras para a linha Salvador-Ilhéus. No aeroporto Jorge Amado, os voos com turistas têm origem no Estado de São Paulo, além das cidades de Belo Horizonte (Minas Gerais), Rio de Janeiro e Brasília.

De acordo com a agência Climatempo, a previsão do tempo para Ilhéus no feriado nacional de 12 de Outubro é de sol durante o dia, com muitas nuvens e pancadas de chuva pela manhã e à noite. A temperatura fica entre a mínima de 22 e a máxima de 28 graus. A umidade relativa do ar fica acima de 80 por cento.

SENADORES PETISTAS COBRAM DE ALCKMIN SOBRE “BATIDA” NA CASA DO FILHO DE LULA

Ainda não foi digerida pela cúpula do PT as buscas ocorridas na casa de Marcos Lula da Silva, filho mais velho do ex-presidente Lula (PT), após uma suposta denúncia anônima. Os senadores Lindbergh Farias, Jorge Viana e Gleisi Hoffmann querem que o governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) dê explicações sobre o episódio.

A operação foi realizada pela Polícia Civil em Paulínia, interior de São Paulo, mas nada de ilícito foi encontrado na casa.  “Foi uma violência que tem de ser explicada por todas as autoridades envolvidas”, disse em nota, a presidente do PT, Gleisi Hoffmann.