Navegando pela Categoria

Política

ITABUNA: VEREADORES VOTAM CONTAS DE AZEVEDO NESTA SEGUNDA, 11

Os vereadores de Itabuna devem votar as contas do ex-prefeito Capitão Azevedo (PTB) relativas a 2012, último ano do seu mandato (2009-2012), nesta segunda-feira, 11. A expectativa é pela aprovação. Ainda com futuro indefinido partidariamente, sem saber se assume o DEM ou permanece no PTB, Azevedo pretende se candidatar a deputado estadual em 2018, e quem sabe, em uma eventual nova eleição em Itabuna, tentar novamente o comando do Centro Administrativo Firmino Alves. 

Na semana passada, o PTB, comandado na Bahia pelo deputado federal Benito Gama, realizou convenção estadual e, segundo informações, não convidou nem o vereador do partido, Chicão e nem Capitão Azevedo, presidente municipal. O ex-vereador Rui Machado informou ao Blog Ipolítica que foi convidado, no entanto tinha um casamento marcado na data, e mandou o médico e ex-vereador Edson Dantas para representá-lo. Apenas a vereadora Charliane esteve presente no evento.

STF DECRETA QUEBRA DE SIGILO DE AÉCIO NEVES DESDE 2014

O Senador Aécio Neves (PSDB), vai enfrentar mais problemas e investigações pela frente. O ministro do Supremo Tribunal Federal – STF, Marco Aurélio Mello, decretou a quebra do sigilo fiscal e bancário do senador de 1ª janeiro de 2014 até 18 de maio deste ano. De acordo com o Estadão, o objetivo é rastrear a origem e o destino dos recursos supostamente ilícitos, inclusive durante os meses que antecederam a eleição presidencial daquele ano em que o tucano foi derrotado por Dilma Roussef (PT).

Ainda de acordo com a publicação, a quebra de sigilo, requerida pela procuradora-geral, Raquel Dodge, se estende a outros investigados na Operação Patmos – suposta propina de R$ 2 milhões da JBS para o senador. São alvos da cautelar a irmã e o primo do tucano, Andrea Neves e Frederico Pacheco, o assessor do senador Zezé Perrella (PMDB-MG), Mendherson Souza, e as empresas Tapera e ENM Auditoria e Consultoria.

ITABUNA: PLENÁRIO DECIDE QUE FPM SERÁ GARANTIA DE DÍVIDA JUNTO A CAIXA

A Prefeitura de Itabuna poderá utilizar o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) como termo de garantia da dívida junto à Caixa Econômica referente ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). A decisão unânime dos vereadores, na quarta, 06, modificou parcialmente a Lei 2.409/17 – aprovada em outubro pelo Plenário – a qual autorizara o parcelamento do débito municipal. As alterações trataram apenas do acréscimo da garantia e da revogação de leis correlatas, validando, no entanto, os atos praticados na vigência delas

O relator da matéria, Babá Cearense (PHS), salientou que a ausência de certidão negativa no tocante ao FGTS estava comprometendo, inclusive, o repasse do próprio FPM para Itabuna. “De fato, precisávamos ajudar a Prefeitura na regularidade fiscal para o recebimento de verbas e também na trabalhista que beneficia diretamente os servidores municipais”, ressaltou Cearense que dividiu a relatoria com Beto Dourado (PSDB).

Mesmo votando favorável ao projeto do Executivo, Jairo Araújo (PCdoB) alertou para o risco de sequestro do FPM – em caso de calote – o que prejudicaria pagamento de salários. O líder do Governo, Robinho (PP), rebateu o comunista e assegurou que, nessa situação, o Município realocaria outras verbas, como as de investimentos, para honrar os compromissos com a folha.

REDE E PSOL ENTRAM COM REPRESENTAÇÃO CONTRA LÚCIO VIERA LIMA NO CONSELHO DE ÉTICA

A Rede Sustentabilidade e o PSOL entraram com representação no Conselho de Ética da Câmara contra o Deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB) nesta quinta-feira, 7. De acordo com o texto do documento, Lúcio é responsável pelos R$ 51 milhões em dinheiro vivo encontrados em um apartamento em Salvador.

Segundo o Deputado Federal Alessandro Molon (REDE), Lúcio Vieira Lima e seu irmão Geddel, são aliados do presidente Michel Temer (PMDB) e na última segunda-feira, 4, foram denunciados pela Procuradoria-Geral da República por lavagem de dinheiro e associação criminosa. “Que as investigações prossigam para encontrar o caminho da justiça e, se comprovada a falta de decoro, Lúcio Vieira Lima, deve ser cassado”, afirmou o deputado em entrevista coletiva.

PREVIDÊNCIA: EM OFENSIVA, GOVERNO LIBERA R$ 500 MI A CENTRAIS SINDICAIS

A tropa de choque do Planalto continua as ofensivas em busca de votos para a aprovação da reforma da previdência. Esta semana, de acordo com a Coluna Painel, o presidente Michel Temer (PMDB) deu garantias a centrais sindicais de que vai baixar portaria para liberar o pagamento de R$ 500 milhões em verbas do imposto sindical que foram bloqueados por falhas no preenchimento de dados obrigatórios.

O aceno foi dado as centrais que se opõem às mudanças propostas. O dinheiro é fruto de um acordo entre as entidades, o MP, a Caixa e o governo. O ministro do trabalho Ronaldo Nogueira vai assinar o texto.

 

A TORNOZELEIRA ELETRÔNICA DE LÚCIO VIERA LIMA

O deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA) poderá ter que usar tornozeleira eletrônica na Câmara dos Deputados. Isso se o Supremo Tribunal Federal autorizar. A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, além de pedir o recolhimento noturno do parlamentar, também solicitou o monitoramento eletrônico. A solicitação foi enviada ao ministro Edson Fachin.

Na região sul da Bahia, a questão tem levado amigos e ex-aliados do deputado a um consenso. De acordo com o “homem forte do cacau”, não será possível o deputado usar tornozeleira eletrônica, pois não existe no mercado aparelho do tamanho da perna de Lúcio Vieira Lima. “Nem sob encomenda”.

TSE REJEITA AÇÕES CONTRA LULA E BOLSONARO POR CAMPANHA ANTECIPADA

O Tribunal Superior Eleitoral julgou nesta terça-feira, 5, improcedentes duas representações da Procuradoria-Geral Eleitoral contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e contra o deputado Jair Bolsonaro (PSC por suposta campanha eleitoral antecipada. De acordo com a Folha de São Paulo, no caso de Lula, o julgamento foi 4 (pela improcedência da representação) a 3 (pela procedência). No de Bolsonaro, foi 5 a 2.

Em março, a Procuradoria-Geral Eleitoral entrou com representações no TSE pedindo para que eles fossem punidos pela divulgação de vídeos na internet com “menção expressa” a candidaturas para 2018.

RAQUEL DODGE INDICA FUNARO COMO TESTEMUNHA CONTRA GEDDEL E LÚCIO VIERA LIMA

A situação dos irmãos Geddel e Lúcio Vieira Lima, ambos do PMDB, está ficando cada dia mais complicada. “Estão ficando sem saída”, afirma um ex-aliado. Na denúncia por lavagem de dinheiro e associação criminosa enviada ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ex-ministro e o deputado, entre outros, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, indicou o operador do mercado Lúcio Bolonha Funaro como testemunha de acusação do Ministério Público Federal. Segundo a Coluna Expresso da Revista Época, no acordo de delação firmado com a PGR, Funaro afirmou que entregou dinheiro em malas ao ex-ministro em Salvador.

JOAQUIM BARBOSA DIZ QUE SERIA ÓTIMO TER MARINA SILVA COMO VICE

O ex-ministro Joaquim Barbosa ainda não decidiu se abdica “das delicias do ostracismo” para se candidatar a presidente da república, o que só deve acontecer em janeiro, após retorno de uma viagem ao exterior. No entanto, as movimentações prosseguem, inclusive com o PSB, cada vez mais intensas. De acordo com a Coluna Radar Online, Joaquim tem confidenciado a amigos sua admiração pela ex-senadora Marina Silva (REDE).

Marina, que anunciou sua pré-candidatura no último sábado, 2, também não esconde a reciprocidade e o desejo de ter o ex-ministro do supremo como seu vice. O problema é que Barbosa já deixou claro que não quer ser vice de ninguém. “Se for pra entrar na guerra, só se for cabeça de chapa”, disse a um interlocutor.

Perguntado se Marina Silva aceitasse ser sua vice em 2018, Joaquim Barbosa foi direto e objetivo: “Seria ótimo”.

PTB REALIZA CONGRESSO ESTADUAL E NÃO AVISA VEREADOR DE ITABUNA

O PTB realizou no último dia 2, congresso estadual do partido no Convention Center em Salvador. O encontro discutiu o planejamento para as eleições de 2018, pré-seleção de candidatos a Deputado Estadual, Federal, Senador e governador, organização de comissões provisórias e diretórios municipais e a infraestrutura de investimentos na Bahia.

Segundo apurou o Blog, o evento contou com a presença do prefeito de Salvador ACM Neto (DEM), voto e apoio declarados do presidente estadual do partido, Benito Gama. De Itabuna, apenas a vereadora Charliane Souza esteve presente. Curiosamente, o também vereador Chicão e o ex-vereador Rui Machado não participaram. Ao Blog iPolítica, o vereador informou que não foi comunicado sobre evento, por isso não participou. O ex-vereador não respondeu nossas mensagens.