Navegando pela Categoria

Política

FERNANDO GOMES E O SALÁRIO DE MARAJÁ

Houve uma época em que o atual prefeito de Itabuna Fernando Gomes foi capa da revista veja, como o maior marajá do Brasil. Enfim, na cidade, ninguém deu importância ao fato.

O ex-prefeito de Itabuna, Claudevane Leite (PRB) 2013/2016, recebeu em dezembro de 2016, último mês de seu mandato, a importância de R$ 18.576,12. Eis que Fernando Gomes, eleito, assumiu a prefeitura em janeiro, e já no seu primeiro salário, o valor aumenta para R$ 30.000,00, segundo dados do Tribunal de Contas da União.

Se a comparação for feita com prefeitos de cidades maiores, a exorbitância é ainda maior. Em Salvador, por exemplo, o prefeito ACM Neto recebeu em agosto R$ 18.038,10, de acordo com o TCM.

Na vizinha Ilhéus, em abril, foi amplamente divulgado e criticado, um possível aumento do gestor Mário Alexandre (PSD) de R$ 18 mil para R$ 20 mil. Resumindo, Fernando Gomes, se não for mais o maior marajá do Brasil, da Bahia, certamente ele é.

STF NEGA PRISÃO DE AÉCIO NEVES MAS O AFASTA DO SENADO

Os ministros da Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) negaram nesta terça-feira, 26, por 5 votos a 0, pedido da Procuradoria Geral da República (PGR) para prender o senador Aécio Neves (PSDB-MG), mas, por 3 votos a 2, determinaram o afastamento do mandato e o recolhimento noturno do senador em casa.

De acordo com o G1, votaram contra o pedido de prisão os cinco ministros da turma – Marco Aurélio Mello (relator), Alexandre de Moraes, Luis Roberto Barroso, Rosa Weber e Luiz Fux. Em relação ao pedido de afastamento do mandato, votaram contra Marco Aurélio Mello e Alexandre de Moraes. Barroso, Rosa Weber e Fux votaram pelo afastamento.

A prisão de Aécio foi negada de forma unânime porque os ministros não consideraram ter ocorrido flagrante de crime inafiançável, única hipótese prevista na Constituição para prender um parlamentar antes de eventual condenação.

Pela decisão, Aécio Neves também ficará proibido de manter contato com outros investigados na Operação Lava Jato e deverá entregar seu passaporte, devendo permanecer no Brasil.

MARÃO APRESENTA LISTA DE PRIORIDADES A OTTO ALENCAR

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre (PSD), Marão, se reuniu nesta segunda-feira, 26, em Salvador, com o senador Otto Alencar (PSD). O encontro, que contou com a participação da deputada estadual Ângela Sousa (PSD) e do vereador Pastor Matos – serviu para dialogar a respeito das reivindicações mais emergenciais da população de Ilhéus.

Exemplo disso é o programa de “Cidade Digital”. Ilhéus prevê a criação de infraestrutura, serviços e acesso público em uma determinada área urbana para o uso das novas tecnologias de comunicação e informação. O objetivo é criar interfaces entre o espaço eletrônico e o espaço físico através de oferecimento de teleportos, telecentros, quiosques multimídia e áreas de acesso e serviços. O projeto está em andamento.

Outra reivindicação é que o senador interceda junto ao Ministro Helder Barbalho, da Integração Nacional, para agilizar os recursos visando a realização da obra de cobertura do Canal do Malhado, na região da Central de Abastecimento. O prefeito também solicitou uma atenção especial do senador Otto Alencar para a implantação de antena de telefonia móvel para os distritos de Inema e Pimenteira, que encontra-se em estudo final.

Junto a Secretaria Nacional dos Portos, o senador baiano também garantiu reivindicar obras de melhoria do calado do Porto de Malhado, em Ilhéus. Com o assoreamento, o porto registra prejuízo da profundidade para a atracação de navios com calado acima de 10 metros. A dragagem de aprofundamento do calado para 14 metros é reivindicada pelo município. Há também o sucateamento dos equipamentos, a exemplo dos guindastes, como fatores impeditivos de crescimento do porto.

REDE SUSTENTABILIDADE: GOVERNO LIBEROU R$ 65 MILHÕES EM EMENDAS NO DIA DA SEGUNDA DENÚNCIA CONTRA TEMER

Um levantamento feito pelo o partido Rede Sustentabilidade aponta que no dia em que a Procuradoria Geral da República denunciou o presidente Michel Temer pela segunda vez, em 14 de setembro, o governo liberou R$ 65 milhões em emendas parlamentares, de acordo com o Metro 1. Este teria sido o dia que os deputados mais receberam dinheiro no o mês. Ainda de acordo com os dados, o segundo dia em que houve mais pagamento de emendas foi em 19 de setembro, um dia antes doo Supremo Tribunal Federal (STF) concluir o julgamento que liberou o envio da denúncia para a Câmara.

O deputado Alessandro Molon, que coletou os números, afirmou que vai ao Ministério Público denunciar a compra de votos para barrar a denúncia contra Temer: “Os primeiros sinais do governo mostram que ele vai tentar repetir esse comportamento. Nós vamos denunciar ao ministério público e fiscalizar dia a dia. Lamentavelmente, tudo indica que o que o governo quer é garantir votos liberando emendas”, disse o parlamentar.

Em agosto, a média era de quase R$ 4 milhões por dia; em setembro, o total mais que dobrou, subindo pra R$ 8,6 milhões, o que representou um aumento de 126% Entre esses dois meses, a liberação de emendas subiu 60%.

AÇÃO CONTRA ALCKMIN E DÓRIA É DERRUBADA PELA JUSTIÇA

A Justiça Eleitoral julgou improcedente uma ação ajuizada pelo Ministério Público e Fernando Haddad contra João Doria, Bruno Covas e Geraldo Alckmin, informa a Coluna Radar Online.

De acordo coma publicação, são três os pontos principais da denúncia que configurariam abuso político: a nomeação do secretário Ricardo Sales, ex-secretário pessoal do governador, para aumento do tempo de televisão; a utilização do slogan “Acelera, SP”; e uma visita de Alckim e Doria em Paraisópolis antes das prévias tucanas.

O processo que pedia a inelegibilidade e a cassação dos candidatos foi julgado improcedente. Tanto o MP quanto o ex-prefeito entraram com recursos, mas após ampla discussão eles foram desprovidos.

IMBASSAHY MAIS PRÓXIMO DO PMDB

O ministro chefe da secretaria de governo Antônio Imbassahy (PSDB) se reúne, ainda esta semana com o presidente estadual do PMDB, Pedro Tavares, em Brasilia. O tucano voltou a ser cotado para ingressar na legenda, segundo o jornal Folha de São Paulo.

O Deputado Federal Benito Gama, do PTB, afirmou a publicação, que Imbassahy voltou os olhos para o PMDB. Segundo o parlamentar, com Michel Temer e o Senador Romero Jucá apoiando, fica mais fácil romper a resistência de Lúcio Vieira Lima.

A entrada de Imbassahy no PMDB é vista como a grande possibilidade do partido disputar uma vaga ao senado na chapa de prefeito de Salvador, ACM Neto.

PT QUER DILMA DISPUTANDO O SENADO POR MINAS GERAIS

Dirigentes do Partido dos Trabalhadores trabalham para convencer a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) a mudar seu domicílio eleitoral para Minas Gerais para concorrer a uma das vagas ao Senado Federal em 2018. Atualmente, Dilma é domiciliada no Rio Grande do Sul.

Os argumentos são de que na eleição para presidente em 2014, Dilma venceu o senador Aécio Neves em Minas Gerais e em recente pesquisa, de consumo interno, ela está a frente do próprio Aécio, que ainda não se decidiu se vai concorrer a reeleição. Conforme o calendário eleitoral, a decisão de mudança deve ser tomada até 7 de outubro.

A candidatura da ex-presidente pelo Rio Grande do Sul é considerada arriscada pela cúpula petista, já que um dos candidatos é o também petista, Senador Paulo Paim, muito bem avaliado e que vai buscar a reeleição natural. Em tese, a outra vaga deve ser destinada a um partido aliado, buscando a composição no estado.

PT DECIDE PELO AFASTAMENTO DE PALOCCI

O partido dos trabalhadores decidiu pelo afastamento do ex-ministro Antônio Palocci do partido. Em votação realizada nesta sexta-feira, 22, a presidente Gleisi Hoffmann fez o encaminhamento da proposta.

O diretório de Ribeirão Preto, onde o ex-ministro é filiado, vai concluir o processo de desfiliação em até 60 dias. Até lá, Palocci permanece afastado.

A OFENSIVA DE OTTO ALENCAR!

A  nomeação da ex-prefeita de Barreiras Jusmari Oliveira (PSD) para a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano (Sedur) é resultado de ofensivas articuladas pelo senador Otto Alencar, interessado em manter uma base forte no Oeste baiano, indica a coluna Satélite.

Presidente do PSD no estado, Otto agiu diretamente para barrar o desembarque de Jusmari no PSB e convenceu  o deputado Fernando Torres (PSD) a deixar a Sedur para retornar à Câmara. Pior para Robinson Almeida (PT),  que volta à suplência. Melhor para a oposição, que viu na ida de Jusmari para o governo uma forma de blindá-la com foro privilegiado. Em maio, ela foi condenada a três anos por fraude em licitações.

O acordo costurado por Otto Alencar irritou a senadora Lídice da Mata (PSB), que soube pela imprensa da nomeação de Jusmari Oliveira. A ex-prefeita estava prestes a entrar no PSB e assumir a Secretaria de Ciência e Tecnologia no lugar de Vivaldo Mendonça, que voltaria à Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR). Nos bastidores, cardeais governistas detectaram as digitais do secretário de Relações Institucionais, Josias Gomes, que não queria perder o controle sobre CAR.

SENADOR ÁLVARO DIAS ANALISA CENÁRIO POLÍTICO NACIONAL NO “BOM DIA BAHIA”

O atual cenário político nacional e a análise do Governo do presidente Michel Temer (PMDB) serão dois dos assuntos a serem abordados na manhã deste sábado, 23, pelo senador Álvaro Dias, do Podemos do Paraná, no “Bom Dia Bahia”, da Rádio Nacional de Itabuna AM-870. O programa vai ao ar das sete as nove da manhã.

Álvaro Dias, pré-candidato a presidência da República pelo partido, será entrevistado pelo jornalista Ederivaldo Benedito. O senador falará sobre a proposta de Reforma Política que tramita no Congresso Nacional e dirá quais são as propostas do Podemos para a Bahia, em especial a região sul do Estado.