Shopping
Ubaitaba Inst novo
URUÇUCA
Vidro Tech

ITABUNA: MANGABEIRA JÁ EM CAMPANHA PARA PREFEITO

Com grande possibilidade de assumir uma vaga na Câmara Federal com a possível licença do Deputado reeleito Felix Jr (PDT), o Médico Antonio Mangabeira (PDT), primeiro suplente, já está em firme campanha para prefeito de Itabuna em 2020.

Nesta quarta-feira, 7, Mangabeira participou do grupo de oração renovação carismática, na Paróquia Santa Rita de Cássia no bairro São Caetano, onde teceu críticas ao atual prefeito Fernando Gomes. O médico e ex-candidato a prefeito e deputado federal disse que está a disposição de todos como profissional de medicina.

Mangabeira aproveitou também para agradecer os mais de 19 mil votos que teve no município e se queixar dos milhares de votos que foram dados a candidatos de fora. “Vem agora a eleição pra prefeito e vamos tirar essa corja que está destruindo a cidade”, afirmou.

5 Comentários
  1. Luiz Marinho Diz

    Na verdade essa campanha de 2020 começou desde 2016 com Mangabeira tentando o poder pelo tapetão. Chegou até ao ridículo de se apresentar para fazer a transição. Espero que ele vá com parcimônia sem a prepotência que lhe é peculiar.

  2. Tadeu Caldas Diz

    Muita soberba do Dr. Fantasminha. Já fala como prefeito,porém continua como o eterno 2o colocado de 2016. Vale salientar que ele foi candidato SOZINHO em Itabuna e não cresceu um milímetro continua com 19 mil votos. Só para lembrar que FG em 2002 teve 23 mil e Geraldo em 2006 teve 35 mil votos. Essa votação dele é pouquinho

    1. Nilson Diz

      Dr Mangabeira a nova força política de Itabuna. Aceita que dói menos.

    2. Maria Diz

      Vc é muito inteligente mesmo né? Quantos votos Geraldo tem agora? O único que teve mais votos que ele é o da marreta e a população agora ta pagando o preço. De 2002 pra cá muita coisa muito. A quantidade de pessoas que não votam, inclusive. Deveria tá criticando FG isso sim e não quem nunca foi prefeito. Por isso nosso país tá do jeito que está.

      1. Tadeu Caldas Diz

        Maria, o que estou dizendo é com relação a proporcionalidade. É matemático , comprovando que Mangabeira não teve grande votação. Pois, quantos eleitores tínhamos em 2002 e temos em 2018. Comprovando assim uma votação mediana de Mangabeira. Estude proporcionalidade.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.