Ieprol
Ubaitaba Inst novo
Buerarema
URUÇUCA
Vidro Tech

ITABUNA: PROTESTOS EM HOSPITAL E NA PORTA DA CASA DO PREFEITO, RETRATAM O CAOS NA SAÚDE DO MUNICÍPIO

A situação da saúde de Itabuna, se agrava a cada dia, com denúncias de mau atendimento, descaso, desrespeito a vida humana, sem que haja sequer um sinal de solução. A Comissão Especial de Inquérito – CEI, para apurar as irregularidades, segue sem ser instaurada, pois falta a assinatura de apenas um Vereador. Nunca é demais lembrar que apenas seis parlamentares Babá Cearense (PSL), Charliane Sousa (PTB), Chicão (PTB), Enderson Guinho (PDT), Jairo Araújo (PCdoB) d Júnior Brandão (PT), assinaram o requerimento. Sete precisam assinar.

Para piorar o que já era gravíssimo, nesta segunda-feira, 2, uma manifestação com queima de pneus e muita revolta, ocorreu na porta do Hospital Manoel Novaes. Segundo informações, duas mulheres buscavam vagas na Maternidade Ester Gomes (Mãe Pobre), com gravidez de alto risco. Sem atendimento, aguardavam autorização da Central de Regulação, para serem encaminhadas ao Novaes para serem realizados os procedimentos. Uma delas, segundo uma prima, estava desde às 11 horas da manhã na Maternidade, aguardando uma vaga para ser internada.

Protestos na Porta da Residência do Prefeito Fernando Gomes

Ainda segundo informações, os manifestantes se dirigiram ao prédio onde mora o Prefeito Fernando Gomes, na Rua Nações Unidas, Centro da Cidade. Lá, aos gritos de “Fernando Gomes, cadê você, eu vim aqui só pra te ver” e mais queima de pneus, eles, já em um número maior, se organizavam para novos protestos nesta terça-feira, 3.

Diante de tanta dor, resultado do descaso do poder público, alguns questionamentos são levantados. Até quando essa situação vai permanecer ? O Governo do Estado não pode intervir ? Quantas vidas mais, terão que ser ceifadas para que se tomem providências?

2 Comentários
  1. Sílvio Roberto Diz

    Em uma situação drástica dessas que se encontra a saúde de Itabuna completamente na UTI em fase terminal uma pasta que já se passaram 6 secretários, com denúncias de fraudes, falta de medicamentos fica só uma pergunta cadê o MINISTÉRIO PÚBLICO que não se manifesta?
    Perguntar não ofende…

  2. Lil Hori Diz

    Show de bola a matéria! E uma pena todo esse caos inédito na nossa saúde, culpa do executivo!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.