FACULDADE DE ILHÉUS
Mutirão do Diabetes
Estratégias digitais
Câmara de Vereadores
Ieprol
Ubaitaba Inst novo
Buerarema
URUÇUCA
Vidro Tech

ITABUNA: SUCESSÃO MUNICIPAL FOI O TEMA DO CAFÉ I… POLÍTICA DESTA SEMANA

A sucessão municipal foi o tema principal do café I…política deste sábado, 19, que teve a presença de estreantes como o Publicitário Silvio Roberto, o Polícial Civil Antunes e o médico e ex-secretário de saúde do município Isaac Nery. Ele que é pré-candidato a prefeito pelo Avante lembrou de quando conversou com Vane antes da indicação dos secretários sobre Paulo Bicalho assumir a pasta. Segundo Isaac, Vane disse que tinha um compromisso com Davidson Magalhães de indicar Dra. Conceição Benigno. No caso, o compromisso, em tese, estaria desfeito já que Conceição havia falecido. Mas Vane preferiu acatar a segunda indicação do PCdoB que foi de Renan Araújo. “Esse é o defeito de Vane, não ouvir quem quer realmente ajudar.”.

Isaac disse, também, que Fernando Gomes é desumano e não gosta da saúde. Ele lembrou as denúncias que ele apontou sem que o prefeito tomasse qualquer providência. “O maior erro de Itabuna foi ter eleito Fernando em 2004”, disse. O comentário teve a concordância de todos e o Policial Civil Roberto José acrescentou o quanto a cidade poderia ter crescido com a reeleição de Geraldo naquela época, com o apoio do Governo Federal e Estadual só iria beneficiar Itabuna.

O Presidente do PL, Edmilson Silva afirmou que Fernando Gomes está tentando tumultuar o processo eleitoral em Itabuna, futucando os partidos e fazendo pressões em alguns deles, e criticou a gestão que tem sido a pior da história do município. “Fernando passou três anos sem fazer nada. Acabou com a cidade e com a saúde. Quando chegar no último ano, vão injetar dinheiro pra infraestrutura e outras coisas.”, criticou.

O Professor de Educação Física e candidato a Presidente do Itabuna Esporte Clube, Rodrigo Xavier lembrou que o projeto da Alameda da Juventude foi apresentado por João Xavier ao então Prefeito Geraldo Simões, mas era diferente e mais dinâmico.

Roberto José criticou o dinheiro gasto com a construção do Teatro Candinha Dória, que estima-se consumiu cerca de R$ 40 milhões entre a primeira fase, novo projeto arquitetônico e a segunda fase. Ele disse que com esse dinheiro daria para construir vários Centros de Arte e Esportes Unificados -, CEUs, em bairros com altos índices de vulnerabilidade social.

Edmilson Silva disse que ficou estarrecido quando viu o projeto casa das artes, que atendia mais de seis mil alunos foi exterminado por esta gestão. “Crianças, jovens, idosos aprendendo a tocar violino, violão, e outros instrumentos e o cara acabou com tudo.”, pontuou.

A traição de Deputada Federal Dayane Pimentel ao Presidente Jair Bolsonaro votando contra a indicação de Eduardo para a liderança do PSL também foi debatido no evento.

No final do evento o papo foi direcionado para o articulista politico Marco Wense e sua paixão por Mangabeira. A turma foi unânime em dizer que o apoio incondicional do médico com Bolsonaro e a agora a aliança com o PSC, do Deputado Soldado Prisco, estariam incomodando Wense.

O Café iPolitica é realizado todos os sábados, à partir das 8h20, no BR Mania, conveniência do Posto de Combustível em frente a Rodoviária de Itabuna.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.