Buerarema
URUÇUCA
Clube dos òculos
Encanthé
Ubaitaba Inst novo
Vidro Tech

ITORORÓ: LEGISLATIVO INICIOU OS TRABALHOS NESTA TERÇA-FEIRA

Na noite desta terça-feira, dia 12, os vereadores itororoenses deram inicio aos trabalhos do ano legislativo sob os olhares da comunidade e com presença do prefeito Adauto Almeida que levou a sua mensagem aos edis. O presidente da Câmara, Valfrido Miranda, abriu a Sessão desejando os sentimentos de Pesar a Família da ex-presidente da Casa, Cristina Torres, pelo passamento de sua avó “Dona Dainha” e reforçando o compromisso de ter “uma gestão independente e voltada para os interesses da comunidade”.

Em sua mensagem ao Legislativo, Adauto desejou que os “vereadores tenham muita sabedoria e temperança para direcionar os trabalhos da Casa de Leis”. “A independência e a harmonia entre os Poderes, são fundamentais para o avanço da democracia”, disse o Prefeito. Outro ponto forte do discurso do chefe do executivo é onde ele reconhece a atuação dos vereadores na busca por obras e serviços para cidade. “Todos estamos empenhados no progresso da cidade e quero agradecer o Vereador Valfrido Miranda por ter conseguido R$ 500 mil em emendas parlamentares com o Deputado Federal Antonio Brito, a ‘Dilson Bracin’ or ter conseguido R$ 200 mil para Saúde e ao vereador Clecione Gonçalves que está trazendo uma emenda via o Deputado Estadual Euclides Fernandes”, discursou Adauto.

A Mesa Diretora colocou em apreciação e o plenário aprovou por unanimidade, o Projeto de Resolução 0001/2019, “que cria as Comissões Permanentes do Legislativo Municipal”. Também foi lido o Projeto de Lei, de autoria do Poder Executivo, que “Organiza o Sistema Municipal de Educação, Define a Estrutura da Secretária Municipal de Educação e dispõe sobre os órgãos colegiados”. Essa Lei visa dar mais “autonomia ao ensino municipal e adequar as estruturas legais às peculiaridades locais, dando agilidade aos processos”.

Grande Expediente

Clecione Gonçalves abriu sua fala pedindo que o “Recesso Legislativo seja reduzido”. O vereador ainda exaltou o trabalho que o prefeito vem fazendo e “a boa relação com os servidores públicos que estão tendo os direitos trabalhistas assegurados”. Nesta mesma linha de pensamento, a líder do governo na Câmara, Andrea Figueiredo, diz ter “esperança no governo de Adauto e que o progresso tem chegado a Itororó através de um governo consciente das necessidades do povo”.

O ex-presidente da Câmara, Jonatas Lisboa, iniciou sua fala cobrando do prefeito as melhorias prometidas ao Bairro João Calixto. Ressaltou que o Bairro Colônia sofre com um esgoto a céu aberto há mais de 30 anos e que está na hora do governo deixa sua marca nada cidade. “O prefeito vive de heranças de gestões passadas. Está de parabéns por tirar essas obras do papel, mas está na hora de realizar seus próprios feitos”, disse Jonatas.

As vereadoras Robélia Barros e Liliana Cardoso falaram sobre o Dia Internacional da Mulher e a importância de se ter políticas públicas voltadas para a igualdade. Fizeram convites ara eventos importantes da semana como Plantio Global de Arvores que será realizado pelo CETEP e parabenizaram o governo por “administrar a cidade com respeito com o dinheiro público”.

O vereador Edilson Carvalho abriu sua fala dizendo em que seu primeiro ano de vereança “bateu muito no prefeito, mas que mudou de ideia ao perceber que o governo estava trabalhando bem e agradeceu a Adauto pelas realizações que vem fazendo”. Já o vice-presidente da Câmara, Cosme Santos cobrou mais atuação do prefeito em Rio do Meio, “solicitando que as bocas de lobo de Rio do Meio sejam limpas antes do período das chuvas, assim como o Rio, evitando que tenha enchentes no Distrito”.

O discurso mais inflamado da noite foi do segundo secretário Marcio Leandro Pires (Léo Gás) que “pediu desculpas” aos seus mais de mil eleitores. “Dizem por ai que vereador não trabalha. Mas, como vamos fazer alguma coisa se o prefeito abre espaço para nós vereadores? eu desafio algum vereador aqui, dizer que tem o apoio do prefeito para fazer qualquer coisa. Nós vereadores hoje somos ara choques do prefeito e seu governo que anda a passos de tartaruga”, desabafou Léo.

Fechando os discursos, o primeiro secretário da Câmara de Vereadores, João Dawison (Sergipe) pediu que Adauto “resolvesse a situação do povo que mora no Bairro João Calixto, que recuperasse a Quadra Isabel Magalhães e o Campo da Urbis”. Sergipe solicitou que o prefeito fizesse melhorias na Rua José Mendonça Luna, onde as pessoas estão jogando muito lixo.

Nas considerações finais, o presidente da Câmara, Valfrido Miranda, justificou que a vereadora Renilda Santos está em Santos-SP cuidando do pai, que está com a saúde debilitada e fez cobranças ao executivo. “Eu gostaria que o prefeito construísse em Rio do Meio uma creche e uma escola para a comunidade e que o secretariado do governo viesse à Câmara prestar contas à população das ações desenvolvidas por suas respectivas pastas” disse Valfrido. Ao final revelou que esta trabalhando junto ao gabinete do Deputado Federal Antônio Brito para conseguir liberar o quanto antes a verba para o calçamento de ruas em Rio do Meio e que espera do governo municipal “mais empenho no desenvolvimento de políticas publicas na saúde, educação, esporte, cultura e lazer”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.