Ieprol
Teatro Candinha Doria
Câmara Itabuna
Ubaitaba Inst novo
Buerarema
URUÇUCA
Vidro Tech

MESA DIRETORA DA ALBA DEFINE AGENDA DE TRABALHO EM PRIMEIRA REUNIÃO DO COLEGIADO

As comissões permanentes e temporárias da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) serão a porta de entrada e principal espaço para debate, elaboração e aperfeiçoamento de projetos na Casa na 19ª Legislatura. A decisão foi tomada na primeira reunião da Mesa Diretora da Casa, realizada na manhã desta quarta-feira (6), no Salão Nobre do Palácio Luís Eduardo Magalhães.

O presidente da Casa, deputado Nelson Leal (PP), reiterou para os pares a proposta anunciada em seu discurso de posse. “As Comissões – tanto as permanentes como as especiais – terão um calendário anual para discussão dos principais problemas que afligem a Bahia e os baianos. Não faltam temas: saúde, educação, infraestrutura, desenvolvimento rural, industrialização”.

Os nove deputados que compõem a Mesa Diretora participaram da reunião desta manhã. Além do presidente, o primeiro vice-presidente Alex Lima (PSB), a segunda vice-presidente Ivana Bastos (PSD), o terceiro vice-presidente Fabrício Falcão (PCdoB), o quarto vice-presidente Soldado Prisco (PSC), a primeira secretária Maria del Carmen (PT), o segundo secretário Tom Araújo (DEM), a terceira secretária Talita Oliveira (PSL) e o quarto secretário Euclides Fernandes (PDT).

O projeto “ALBA pela Bahia” também foi debatido pelos deputados da Mesa Diretora. A proposta levada ao colegiado pelo presidente da Casa tem como objetivo fazer com que a Assembleia seja protagonista na elaboração de soluções para os principais problemas das regiões da Bahia.

Vamos debater, por exemplo, o agronegócio na região de Barreiras; a industrialização da microrregião de Feira; a fruticultura no Sudoeste; a mineração em Caetité e Brumado; o assoreamento do Rio São Francisco em Bom Jesus, Juazeiro e Paulo Afonso, entre tantos outros temas”, detalhou Nelson Leal.

Outra proposta da nova gestão da ALBA será contribuir para o aprimoramento do Legislativo nos municípios. “Já temos, aqui na sede a ALBA, a Sala do Vereador, em parceria com a UVB – União dos Vereadores da Bahia. Vamos ampliar esse intercâmbio com a criação do Núcleo de Apoio às Câmaras Municipais, para facilitar o relacionamento e a troca de experiência entre as casas legislativas da Bahia, em temas como mandatos parlamentares, legislação e jurisprudência”, explicou o chefe do Legislativo estadual.

Toda a Mesa Diretora da ALBA está imbuída em aprovar medidas para aproximar o Legislativo da sociedade baiana e atender aos anseios da população do estado. “A Assembleia vai exercer o seu papel fiscalizador e legislará como estabelecido pela Constituição”, assegurou Nelson Leal.

As reuniões da Mesa Diretora acontecem todas as quartas-feiras.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.