Buerarema
ESTADO JANEIRO
URUÇUCA
FASA TOPO
Encanthé
Ubaitaba Inst novo
Vidro Tech

NELSON LEAL DIZ QUE 2019 SERÁ UM ANO DE DIFICULDADES, MAS QUE ELAS SERÃO SUPERADAS COM MUITO TRABALHO

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA, deputado estadual Nelson Leal, comandou hoje (04.02) a abertura dos trabalhos da 1ª sessão legislativa da 19ª Legislatura, que vai de 2019 a 20121, ocasião em que o governador Rui Costa apresentou a sua mensagem anual ao Poder Legislativo, conforme determina a Constituição estadual, realizando um balanço das atividades do Estado no ano anterior e anunciando os planos do Governo do Estado para o biênio. Nelson Leal disse que o ano será de muitas dificuldades, mas que elas serão superadas pelo trabalho.

Em seu discurso, o chefe do Legislativo voltou a citar a tragédia de Brumadinho, defendeu o papel do Estado como regulador das relações econômico-sociais e que os poderes constitucionais serão harmônicos. “É hora, governador Rui Costa, de empreendermos uma defesa vigorosa sobre o real papel do Estado. E Legislativo, Executivo, Judiciário e Ministério Público sempre estarão em harmonia quando os interesses maiores do povo da Bahia prevalecerem”, discursou Leal.

O chefe do Legislativo também traçou a principal diretriz que irá nortear o seu mandato. “O modelo de gestão desta Assembleia Legislativa será compartilhado entre todos os 63 deputados. E quatro princípios aqui serão imutáveis e inegociáveis: a liberdade, a democracia, a austeridade e a transparência. Será preciso muito trabalho para nos aproximarmos realmente do povo e, de fato, transformamos o Legislativo em poder da cidadania. Para fugir da tentação das decisões monocráticas, o Colégio de Líderes não só vai continuar, como será ainda mais fortalecido com a criação do Colégio de Presidentes de Comissão”, disse o deputado.

Ele também falou de suas principais propostas para o biênio. “As Comissões – tanto as permanentes como as especiais – terão um calendário anual para discussão dos principais problemas que afligem a Bahia e os baianos. Não faltam temas: saúde, educação, infraestrutura, desenvolvimento rural, industrialização. Também queremos ir ao encontro das populações do interior com o projeto “ALBA PELA BAHIA”, debatendo, por exemplo, o agronegócio na região de Barreiras; a industrialização da microrregião de Feira; a fruticultura no Sudoeste; a mineração em Caetité e Brumado; o assoreamento do Rio São Francisco em Bom Jesus, Juazeiro e Paulo Afonso, entre tantos outros temas”, detalhou Nelson Leal.

Uma outra proposta da nova gestão da ALBA será contribuir para o aprimoramento do Legislativo nos municípios. “Já temos, aqui na sede a ALBA, a Sala do Vereador, em parceria com a UVB – União dos Vereadores da Bahia. Vamos ampliar esse intercâmbio com a criação do Núcleo de Apoio às Câmaras Municipais, para facilitar o relacionamento e a troca de experiência entre as casas legislativas da Bahia, em temas como mandatos parlamentares, legislação e jurisprudência”, explicou o chefe do Legislativo estadual.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.