POLICIA CIVIL MONITORA ÁREAS RURAIS DE ITAPETINGA E POTIRAGUÁ

O objetivo é restabelecer a paz na região

O delegado Roberto Júnior, responsável pela 21ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), com sede em Itapetinga, anunciou, nesta sexta-feira, 6, que equipes da sua unidade e da Coordenação de Apoio Técnico à Investigação (CATI), do Departamento de Polícia do Interior (Depin), estão promovendo incursões nas zonas rurais daquele município e de Potiraguá com o objetivo de massificar a presença policial e manter a paz e a tranquilidade restabelecidas na região.

Os policiais também estão acompanhando o trabalho de perícia do Departamento de Polícia Técnica (DPT) nos imóveis rurais arrombados e danificados com a invasão de bandos armados. O delegado revelou que os danos causados, bens subtraídos e animais abatidos e furtados estão gerando inquéritos, já instaurados para apurar responsabilidades. “Bandos fortemente armados causaram a situação e deixaram muito claro que não eram formados por índios”, afirmou o delegado.

De acordo com o delegado Roberto Júnior, apenas a Fazenda Esmeralda, de propriedade da família Vieira Lima, permanece ocupada por indígenas já identificados pela Polícia Civil como sendo da tribo Pataxó Hã Hã Hã. O fato já foi informado à Polícia Federal. “A tranquilidade retornou a região e os produtores rurais e seus funcionários retomam a rotina. A região permanecerá monitorada pela Polícia Civil e policiada ostensivamente pela Polícia Militar”, avisou.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.