Forró rico liso
Pref Ilheus aplicativo
Buerarema
URUÇUCA
Clube dos òculos
Encanthé
Ubaitaba Inst novo
Vidro Tech
Navegação na tag

Biofábrica

BIOFÁBRICA EXPÕE TECNOLOGIA DE MUDAS DE CACAU NO ‘CHOCOLAT SÃO PAULO’

A Biofábrica de Cacau participa, a partir desta sexta-feira (12), do Chocolat São Paulo 2019, na Bienal. O evento, que já é conhecido na edição baiana, traz à capital paulista marcas de chocolate de origem e representações da cadeia produtiva do cacau, como a Biofábrica, que representa a origem com sua produção de mudas de cacau.

Os visitantes podem acessar o stand e conhecer a tecnologia Biofábrica até domingo (14). A instituição participa do evento em parceria com o Governo do Estado da Bahia, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural, Secretaria de Turismo e Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

Para simbolizar a abertura do evento, uma muda de cacau produzida pela Biofábrica foi plantada na Bienal. “Para nós é uma honra representar a Bahia na produção de mudas de cacau, expondo nossa tecnologia para visitantes de várias partes do mundo e gerando oportunidades de negócios para nosso estado, que é o maior produtor de cacau do Brasil”, destaca o diretor presidente da Biofábrica, Lanns Almeida.

O secretário de Turismo da Bahia, Fausto Franco, visitou o stand da Biofábrica e ressaltou a importância de ter a instituição no Chocolat São Paulo. “É muito importante o governo da Bahia estar apoiando o festival e divulgar o chocolate e o cacau para o Brasil e para o mundo, fomentando o turismo e levantando a curiosidade dos visitantes para conhecer a costa do cacau. A parceria com a Biofábrica agrega ainda mais valor. Agradeço à Biofábrica por somar forças para divulgar o nosso cacau para o mundo”.

Leia mais...

BIOFÁBRICA E PARCEIROS DO PAT MANDIOCULTURA IMPLANTARAM 15 MANIVEIROS NO EXTREMO SUL DA BAHIA EM 2018

Em um ano, o Instituto Biofábrica de Cacau, por meio do Governo da Bahia, e as instituições parceiras do Plano de Ação Territorial da Mandiocultura (PAT Mandiocultura) implantaram 15 maniveiros, sete unidades demonstrativas e um maniveiro-guardião no Território de Identidade Extremo Sul. A Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) e a Secretaria da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura (Seagri) proporcionaram, ao longo de 2018, a entrega de 68.000 mudas de variedades indexadas para a implantação dessas unidades no território.

O Extremo Sul conta hoje com 23 variedades de maniva. Os maniveiros estão localizados em comunidades de agricultura familiar nos municípios de Alcobaça, Caravelas, Ibirapuã, Itamaraju, Jucuruçu, Mucuri, Nova Viçosa, Prado e Teixeira de Freitas.

Para o ano de 2019, o plano tem como objetivo a implantação de mais nove maniveiros no território de identidade e mais 29 unidades demonstrativas, além de unidades de multiplicação rápida, utilizando sistema de produção definido pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). A meta é aumentar em 40% a produtividade da mandioca no prazo de quatro anos…

(mais…)

Leia mais...

BIOFÁBRICA TREINA ESTUDANTES AFRICANOS EM TÉCNICAS DE MICROPROPAGAÇÃO DE MANDIOCA

Em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), o Instituto Biofábrica de Cacau (IBC) começa nesta segunda-feira, 6, a treinar jovens aprendizes de 14 países africanos em técnicas de micropropagação de mandioca.

A missão participará de uma programação de quatro dias na unidade fabril do instituto para conhecer a produção em escala em todas suas etapas. “A ideia é proporcionar um treinamento em mandiocultura com o viés do empreendedorismo e, ao mesmo tempo, promover a igualdade de gêneros”, destaca a Embrapa.

Serão ao todo 30 jovens, de Benin, Borundi, Camarões, Costa do Marfim, República Democrática do Congo, Gana, Malaui, Nigéria, Moçambique, Senegal, Serra Leoa, Tanzânia, Uganda e Zâmbia.

A produção de mudas de mandioqueiras na Biofábrica é feita por multiplicação rápida, in vitro, no laboratório de micropropagação. O IBC é o responsável pela produção do Projeto Reniva na Bahia, que foi criado em parceria com a Embrapa e objetiva construir uma rede de multiplicação e transferência de manivas-semente de mandioca com qualidade genética e fitossanitária, composta por agricultores familiares e grandes produtores de mandioca do território nacional, com a finalidade de atender à falta de material propagativo de mandioca.

Leia mais...