Navegação na tag

Lula

TSE REJEITA AÇÕES CONTRA LULA E BOLSONARO POR CAMPANHA ANTECIPADA

O Tribunal Superior Eleitoral julgou nesta terça-feira, 5, improcedentes duas representações da Procuradoria-Geral Eleitoral contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e contra o deputado Jair Bolsonaro (PSC por suposta campanha eleitoral antecipada. De acordo com a Folha de São Paulo, no caso de Lula, o julgamento foi 4 (pela improcedência da representação) a 3 (pela procedência). No de Bolsonaro, foi 5 a 2.

Em março, a Procuradoria-Geral Eleitoral entrou com representações no TSE pedindo para que eles fossem punidos pela divulgação de vídeos na internet com “menção expressa” a candidaturas para 2018.

DATAFOLHA: LULA MANTÉM LIDERANÇA. BOLSONARO SE ISOLA EM SEGUNDO

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) mantém a liderança para a Presidência, nas eleições do ano que vem em todos os cenários, segundo pesquisa Datafolha divulgada neste sábado, 2. Lula lidera com 34% e Jair Bolsonaro (PSC) o segue isoladamente com 17%. Marina Silva (Rede) aparece com 9% e empatados  na quarta colocação estão Geraldo Alckmin (PSDB) e Ciro Gomes (PDT), com 6%

Nesse cenário, Joaquim Barbosa tem 5% das intenções de voto, Alvaro Dias (Podemos) tem 3%, Manuela D’Ávila (PCdoB) 1%, Michel Temer (PMDB) 1%,  Meirelles (PSD) 1%, Paulo Rabello de Castro (PSC) 1%, branco/nulo/nenhum 12% e não sabe, 2%.

O instituto fez 2.765 entrevistas entre 29 e 30 de novembro, em 192 cidades. A margem de erro é de dois pontos para mais ou menos.

FACHIN NEGA PROSSEGUIMENTO DE RECURSO DE LULA CONTRA SÉRGIO MORO

O ministro do Supremo Tribunal Federal – STF, Edson Fachin, negou dar prosseguimento a um recurso dos advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva contra o juiz Sergio Moro.  De acordo com a Coluna Expresso, a defesa do petista alegara que Moro não lhe permitiu acesso a apurações que tramitam em Curitiba decorrentes do acordo de delação premiada do casal Mônica Moura e João Santana.

O acordo com o casal de marqueteiros foi firmado pela Procuradoria-Geral da República. Trechos do material foram enviados à capital paranaense para a investigação de fatos relacionados a pessoas que não detêm foro.

BAHIA: LULA LIDERA EM TODOS OS CENÁRIOS NO ESTADO, APONTA PESQUISA

Pesquisa realizada pelo Instituto Paraná, aponta uma boa vantagem do ex-presidente Lula (PT), ante os demais adversários. Na estimulada, em um cenário, Lula aparece com 48,9% das intenções de voto, Jair Bolsonaro (PSC) vem em segundo com 12,9%, seguido da ex-senadora Marina Silva (Rede) com 8,8% e do ex-ministro Ciro Gomes (PDT) com 6,2%. O governador paulista Geraldo Alckmin (PSDB) aparece com 4,4%, o Senador Álvaro Dias do Podemos com 2,3%, o ministro da fazenda Henrique Meirelles (PSD) com 1% e Manuela D’Ávila (PCdoB), com 0,5% completam o quadro.

Em um segundo cenário, Lula aparece com 48,2%, Bolsonaro com 12,3%, Marina Silva com 9% e Ciro Gomes com 6,4%. O prefeito de São Paulo João Dória (PSDB), chega a 5,2%, Álvaro Dias 2,4%, Henrique Meirelles 1% e Manuela D’Ávila 0,6%.

No primeiro cenário, 11,5% não votam em nenhum deles. no segundo cenário, 11,6%. Foram ouvidos 1.576 eleitores baianos entre 16 e 21 de novembro em 72 municípios com margem de erro de 2,5%.

REQUIÃO DEFENDE A VOLTA DE LULA A PRESIDÊNCIA

Nesta terça-feira, 21, o Senador Roberto Requião (PMDB) almoçou com o ex-presidente Lula e a colega Senadora Gleisi Hoffmann (PT), na capital paulista. Requião, costumeiro crítico do governo de Michel Temer comparou Lula ao ex-presidente Getúlio Vargas. De acordo com a Coluna Expresso da Revista Época, na mesma fala, o Senador defendeu a volta do petista ao Palácio do Planalto.

Em seu Twitter, Roberto Requião disse: “Condenação absurda de D. Marisa, massacre de direitos de trabalhadores, entrega de nosso petróleo, tentativa de humilhar Lula e não apenas condená-lo. Lembram Getúlio? Bota retrato do velho outra vez, bota no mesmo lugar. Consequência lógica! Outra vez!”, “tuitou” o senador nesta quarta-feira, 22.

Em julho, Requião e o senador e presidente nacional do PMDB, Romero Jucá, trocaram ofensas e acusações nas redes sociais. Jucá criticou a proximidade de Requião com o PT e disse que o senador paranaense não combinava com o “novo PMDB”.

PREVENDO DISPUTA ACIRRADA NO RIO, PETISTAS QUEREM QUE LULA USE CARAVANA PARA SE CONTRAPOR A BOLSONARO

A duas semanas de o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva iniciar uma caravana no Rio, o PT recebeu uma pesquisa em que ele aparece empatado com o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) na disputa pelos votos do Estado na corrida presidencial, segundo a Coluna Painel da Folha de São Paulo.

Com os números nas mãos, lideranças petistas passaram a sugerir que o ex-presidente polarize com Bolsonaro no giro fluminense, ignorando outros potenciais adversários. Lula resiste. Acha que poderia atrair ainda mais atenção para o rival.

Para convencer Lula, aliados dizem que só ele seria capaz de combater o discurso de criminalização da política que tem sido usado fartamente por Bolsonaro. Se não partir para o enfrentamento ideológico, afirmam, o PT deixará uma porta aberta para a direita mais radical.

A pesquisa usada para justificar uma ofensiva mostra Lula com 23% das intenções de voto para presidente no Estado do Rio e Bolsonaro com 21%. Marina Silva (Rede) tem 7%, Ciro Gomes (PDT), 4%, e Geraldo Alckmin (PSDB), 3%.

PROCURADOR PEDE PARA ACESSAR ESCUTAS EM ESCRITÓRIO DE ADVOGADOS DE LULA

O procurador da República Januário Paludo pediu para acessar escutas telefônicas feitas no escritório que defende o ex-presidente Lula. Isso fez com que mais de 250 advogados, entre eles Antonio Claudio Mariz de Oliveira, Alberto Toron e Celso Antônio Bandeira de Mello, assinassem um manifesto de repúdio ao pedido do procurador.

Segundo a Coluna Painel da Folha de São Paulo, são 13 horas de gravação feitas ao longo de 27 dias em 2016, envolvendo 25 defensores. Ao todo, 417 conversas foram interceptadas.

Ideia do grupo Prerrogativas, o manifesto defende “providências imediatas da OAB” e de outras entidades para “assegurar a liberdade de atuação dos profissionais” e “impedir que novas violações sejam cometidas”.

LULA DIZ NÃO TER R$ 24 MILHÕES E O QUE TEM FOI BLOQUEADO POR MORO

A assessoria do ex-presidente Lula divulgou nota referente ao pedido de bloqueio de R$ 24 milhões em bens e valores do petista, solicitado nesta quinta-feira (16) pela Procuradoria da República no Distrito Federal junto à 10ª Vara Federal de Brasília (Relembre). No texto, ele alega que sequer possui o valor referido, indica o estadão.

“Sobre o pedido de bloqueio de bens do ex-presidente Lula pelo Ministério Público Federal de Brasília, é importante informar que sequer a denúncia do Ministério Público acusa o ex-presidente Lula de ter recebido qualquer valor ilegal. Nenhuma testemunha confirmou a tese da acusação de que ele teria influenciado na compra dos caças suecos e o patrimônio de Lula não é de 24 milhões de reais”, diz o comunicado.

“Todo o patrimônio de Lula tem origem legal, registrada e rastreada e já se encontra bloqueado por decisão do juiz Sérgio Moro”, finaliza o documento.

MP PEDE BLOQUEIO DE R$ 24 MILHÕES DE LULA E FILHO MAIS NOVO

A Procuradoria da República no Distrito Federal pediu à 10ª Vara Federal de Brasília que sejam bloqueados R$ 24 milhões em bens e valores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do filho caçula, Luís Cláudio.

De acordo com a Coluna Expresso da Revista Época, o pedido é desdobramento da Operação Zelotes e está relacionado à prorrogação de incentivos fiscais destinados a montadoras de veículos por meio de Medida Provisória editada pela administração petista e às negociações do governo brasileiro para a compra de caças suecos.

Lula foi denunciado pelo Ministério Público Federal por tráfico de influência, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Um dos empresários envolvidos no caso repassou R$ 2,5 milhões a uma empresa de marketing esportivo de Luís Cláudio.

PT FARÁ “VAQUINHA ONLINE” PARA AS CARAVANAS DE LULA PELO BRASIL

O Partido dos Trabalhadores vai lançar uma campanha para arrecadar doações para as caravanas do ex-presidente Lula. De acordo com a coluna Painel da Folha de São Paulo, a ação é parte de uma mudança estratégica do PT, que decidiu rever a forma de buscar recursos. Passará a fazer pedidos focados em grandes temas.

A “vaquinha Onlne”, como está sendo chamada, será lançada nesta sexta-feira, 20, na reunião da Executiva da sigla. Haverá mobilização nas redes a partir da próxima semana, com imagens da presidente do PT, Gleisi Hoffmann, de líderes petistas e das viagens de Lula.