Navegação na tag

PMDB

TEMER NEGOCIA CARGOS DE GEDDEL E LÚCIO NA BAHIA COM LÍDER DO PR

O presidente Michel Temer negocia entregar cargos de indicações políticas dos irmãos Geddel e Lúcio Vieira Lima (PMDB) na Bahia ao líder do PR na Câmara, deputado José Rocha (BA), se a bancada do partido entregar votos pela reforma da previdência. De acordo com a jornalista Andréia Sadi, a bancada do PR, assim como o PSD, é uma das mais resistentes à reforma da Previdência.

Ainda segundo a jornalista, para angariar apoio, o presidente Temer discute atender a um pleito do líder do PR por indicações na companhia de Docas (que cuida de portos) de Salvador. Hoje, o espaço está loteado, principalmente, por nomes indicados por Geddel e Lucio Vieira Lima (PMDB), segundo auxiliares presidenciais. O Planalto está disposto a dividir a área com partidos desde que a bancada garanta que atender ao líder signifique atender à bancada.

Ex-ministro, Geddel está preso na Papuda devido à investigações da Lava Jato.
Deputado federal, Lúcio é alvo de um pedido de recolhimento noturno da procuradora-geral da República, Raquel Dodge. O Supremo Tribunal Federal ainda não discutiu o pedido da PGR.

IMBASSAHY PEDE EXONERAÇÃO DO GOVERNO

Após muitas críticas dos partidos que dão sustentação ao governo Temer e a saída ou não do PSDB da base aliada, o ministro da articulação política, Antonio Imbassahy (PSDB), pediu, por carta, exoneração do governo nesta sexta-feira, 8. De acordo com a jornalista Andreia Sadi, no G1, o pedido foi aceito pelo presidente Michel Temer. Na carta, Imbassahy escreveu que vai continuar contribuindo com a gestão Temer na Câmara. Ele reassumirá o mandato de deputado federal.

O presidente respondeu ao pedido também em carta. Ele chamou o agora ex-ministro de “amigo” disse que é “grato” pelo trabalho de Imbassahy. “Os momentos difíceis a que você alude na carta foram enfrentados todos por mim, mas com seu apoio permanente. A sua ponderação, o seu equilíbrio e a sua firmeza foram fundamentais para que não só atravessássemos momentos delicados, mas especialmente porque o Brasil não parou”, elogiou Temer.

O deputado Carlos Marun (PMDB, relator da CPMI da JBS, assumirá o lugar do tucano, cuidando da articulação política com o Congresso num momento em que o governo enfrenta muitas dificuldades para votar a reforma da Previdência na Câmara.

A TORNOZELEIRA ELETRÔNICA DE LÚCIO VIERA LIMA

O deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA) poderá ter que usar tornozeleira eletrônica na Câmara dos Deputados. Isso se o Supremo Tribunal Federal autorizar. A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, além de pedir o recolhimento noturno do parlamentar, também solicitou o monitoramento eletrônico. A solicitação foi enviada ao ministro Edson Fachin.

Na região sul da Bahia, a questão tem levado amigos e ex-aliados do deputado a um consenso. De acordo com o “homem forte do cacau”, não será possível o deputado usar tornozeleira eletrônica, pois não existe no mercado aparelho do tamanho da perna de Lúcio Vieira Lima. “Nem sob encomenda”.

RAQUEL DODGE INDICA FUNARO COMO TESTEMUNHA CONTRA GEDDEL E LÚCIO VIERA LIMA

A situação dos irmãos Geddel e Lúcio Vieira Lima, ambos do PMDB, está ficando cada dia mais complicada. “Estão ficando sem saída”, afirma um ex-aliado. Na denúncia por lavagem de dinheiro e associação criminosa enviada ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ex-ministro e o deputado, entre outros, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, indicou o operador do mercado Lúcio Bolonha Funaro como testemunha de acusação do Ministério Público Federal. Segundo a Coluna Expresso da Revista Época, no acordo de delação firmado com a PGR, Funaro afirmou que entregou dinheiro em malas ao ex-ministro em Salvador.

ITABUNA: RICARDO XAVIER PODE VOLTAR AO PMDB

O Deputado Estadual Pedro Tavares (PMDB), herdeiro do comando do partido deixado por Geddel e Lúcio Vieira Lima na Bahia, estará em Itabuna neste final de semana. Comenta-se que está sendo preparado um banquete neste domingo, 3, para o parlamentar na casa do vereador Ricardo Xavier, ex-PMDB, hoje no PPS.

Amigos próximos ao clã dos Xavier afirmam que o motivo da vinda de Tavares é convidar Ricardo a voltar ao PMDB e ratificar a pré-candidatura de Maruse Xavier a Assembleia Legislativa. Outra informação é de que o vice-prefeito Fernando Vita, presidente de honra do PMDB e o vereador e presidente municipal do partido Antônio Cavalcante, até o momento, não foram convidados.

EM NOTA, PT REBATE PROGRAMA DO PMDB EXIBIDO NA TV

O PT rebateu, por meio de nota, nesta quarta, 29, as críticas feitas pelo PMDB em novo anúncio televisivo. O programa foi exibido nesta terça-feira, 27, em rede nacional, colocando o presidente Michel Temer como vítima de armações e mentiras. Segundo o Partido dos Trabalhadores, “quem deve desculpas ao povo brasileiro é o partido do golpista Michel Temer, que aprofundou deliberadamente a crise fiscal em 2015 e 2016 para chegar ao poder”.

A nota, assinada pela senadora Gleisi Hoffmann, presidente do partido, afirma ainda que sob o comando de Eduardo Cunha, o PMDB sabotou todas as iniciativas de recuperação apresentadas pelo governo Dilma Rousseff.

Leia o comunicado:

“Quem deve desculpas ao povo brasileiro é o partido do golpista Michel Temer, que aprofundou deliberadamente a crise fiscal em 2015 e 2016 para chegar ao poder. Sob o comando de Eduardo Cunha, sabotaram todas as iniciativas de recuperação apresentadas pelo governo Dilma Rousseff e quebraram o Brasil com suas pautas-bomba: o aumento de 42% nos salários do Judiciário, o orçamento impositivo, a manutenção das desonerações, o fim do fator previdenciário e outras medidas irresponsáveis.

Não fosse a sede poder dos golpistas do PMDB e seus aliados, o Brasil já teria superado a recessão e o desemprego e teria hoje um governo legitimamente eleito, dentro da normalidade democrática. O povo brasileiro não esquece que o governo do PT foi um tempo de desenvolvimento, democracia, inclusão social, oportunidades e empregos como nunca houve antes neste país”.

REQUIÃO DEFENDE A VOLTA DE LULA A PRESIDÊNCIA

Nesta terça-feira, 21, o Senador Roberto Requião (PMDB) almoçou com o ex-presidente Lula e a colega Senadora Gleisi Hoffmann (PT), na capital paulista. Requião, costumeiro crítico do governo de Michel Temer comparou Lula ao ex-presidente Getúlio Vargas. De acordo com a Coluna Expresso da Revista Época, na mesma fala, o Senador defendeu a volta do petista ao Palácio do Planalto.

Em seu Twitter, Roberto Requião disse: “Condenação absurda de D. Marisa, massacre de direitos de trabalhadores, entrega de nosso petróleo, tentativa de humilhar Lula e não apenas condená-lo. Lembram Getúlio? Bota retrato do velho outra vez, bota no mesmo lugar. Consequência lógica! Outra vez!”, “tuitou” o senador nesta quarta-feira, 22.

Em julho, Requião e o senador e presidente nacional do PMDB, Romero Jucá, trocaram ofensas e acusações nas redes sociais. Jucá criticou a proximidade de Requião com o PT e disse que o senador paranaense não combinava com o “novo PMDB”.

APÓS EXPULSÃO DO PMDB, KÁTIA ABREU É CORTEJADA PELO PDT

A expulsão da senadora Kátia Abreu do PMDB reacendeu a esperança do PDT em tê-la em suas fileiras para concorrer ao governo do Tocantins no ano que vem. De acordo com a Coluna Expresso da Revista Época, as conversas entre a parlamentar e o presidente do PDT, Carlos Lupi, que haviam esfriado, voltam a ganhar força.

Kátia ainda acreditava que se sustentaria no PMDB por causa das alianças regionais que interessam à cúpula da legenda. O PDT quer uma candidatura forte no estado, para servir de palanque a Ciro Gomes, seu pré-candidato ao Palácio do Planalto.

TCM REJEITA CONTAS DA PREFEITURA DE CANAVIEIRAS EM 2016

O Tribunal de Contas dos Municípios, nesta quarta-feira, 22, decidiu pela rejeição das contas das prefeituras de Canavieiras, relativas ao exercício de 2016. De acordo com o TCM, o ex-prefeito Antônio Almir Melo não deixou em caixa recursos suficientes para cobrir as despesas com os restos a pagar de exercícios anteriores, o que gerou um saldo negativo de R$802.398,27 nas contas públicas. A irregularidade é grave, pois o gestor, ao assumir obrigações de despesas sem a correspondente disponibilidade financeira, compromete o equilíbrio das contas públicas, fato que, por si só, impõe a rejeição da prestação de contas.

O ex-prefeito também extrapolou o limite máximo de 54% para despesas com pessoal, vez que os gastos alcançaram 63% da receita corrente líquida ao final do exercício, e não fez o pagamento de duas multas de sua responsabilidade, no total de R$2.700,00. Antônio Almir Melo foi multado em R$12 mil por irregularidades contidas no relatório técnico e em R$43.291,44, que corresponde a 30% dos seus subsídios anuais, por não ter reduzido a despesa com pessoal.

TEMER CONVIDA ALEXANDRE BALDY PARA O MINISTÉRIO DAS CIDADES

O presidente Michel Temer (PMDB) convidou o deputado Alexandre Baldy (GO) para ocupar o Ministério das Cidades. De acordo com a jornalista Andréia Sadi, do G1, o convite foi feito na presença do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), durante encontro na residência oficial do deputado do DEM. Maia recebeu Temer, ministros e parlamentares na tarde deste domingo, 19.

Ainda de acordo com Sadi, Baldy aceitou o convite e a posse está prevista para ocorrer na próxima terça-feira, 21. Nesta segunda, o deputado formaliza a saída do Podemos, e não irá se filiar a nenhum outro partido por enquanto.