Navegação na tag

PR

VALDEMAR COSTA NETO QUERIA BOLSONARO NO PR

A interlocutores, o chefão do PR, Valdemar Costa Neto, afirmou que gostaria de ter o deputado Jair Bolsonaro (PSC) como candidato a presidente por sua legenda, segundo a coluna expresso da revista época.

Não porque acreditasse na vitória do presidenciável, mas por achar que com o deputado fluminense poderia ampliar a bancada do partido. Bolsonaro está prestes a se filiar ao PSL.

ITABUNA: PR E CARLETTO COMEÇAM A LISTAR NOMES PARA A FICC

A Cúpula do Partido da República – PR esteve reunida nesta terça-feira, 9, na sede da Rota Transportes em Itabuna, com o Deputado Federal Ronaldo Carletto (PP), que deve mudar para o PR em março.

Segundo informações, conforme antecipou o Blog iPolítica (Relembre), a pauta da reunião foi a indicação do novo presidente da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania – FICC. Dois nomes foram ventilados, sendo um de uma mulher. O anúncio deve ser feito nos próximos dias.

ITABUNA: PR DEVE INDICAR NOVO PRESIDENTE DA FICC

As articulações políticas efetivadas no último bimestre do ano passado, já começam a aparecer. Segundo informações de fonte ligada ao partido, o PR – Partido da República, que deverá ser reforçado com a chegada de Ronaldo Carletto, deverá indicar alguns nomes para a reforma administrativa já anunciada pelo prefeito Fernando Gomes, sem partido.

Dentre estas indicações, a presidência da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania – FICC está em pauta para uma possível parceria com a Secretaria Estadual de Turismo, também comandada pelo PR, tendo José Alves como titular.

Ao Blog iPolítica, o presidente do PR em Itabuna, Edmilson Silva disse que não tem conhecimento ainda desta articulação, mas adiantou que estará em Brasília nos próximos dias para traçar as metas do partido no município com o Presidente  da legenda na Bahia, Deputado Federal José Carlos Araújo.

TEMER NEGOCIA CARGOS DE GEDDEL E LÚCIO NA BAHIA COM LÍDER DO PR

O presidente Michel Temer negocia entregar cargos de indicações políticas dos irmãos Geddel e Lúcio Vieira Lima (PMDB) na Bahia ao líder do PR na Câmara, deputado José Rocha (BA), se a bancada do partido entregar votos pela reforma da previdência. De acordo com a jornalista Andréia Sadi, a bancada do PR, assim como o PSD, é uma das mais resistentes à reforma da Previdência.

Ainda segundo a jornalista, para angariar apoio, o presidente Temer discute atender a um pleito do líder do PR por indicações na companhia de Docas (que cuida de portos) de Salvador. Hoje, o espaço está loteado, principalmente, por nomes indicados por Geddel e Lucio Vieira Lima (PMDB), segundo auxiliares presidenciais. O Planalto está disposto a dividir a área com partidos desde que a bancada garanta que atender ao líder signifique atender à bancada.

Ex-ministro, Geddel está preso na Papuda devido à investigações da Lava Jato.
Deputado federal, Lúcio é alvo de um pedido de recolhimento noturno da procuradora-geral da República, Raquel Dodge. O Supremo Tribunal Federal ainda não discutiu o pedido da PGR.

RAQUEL DODGE DENUNCIA JONGA BACELAR POR PAGAR DOMÉSTICA COM DINHEIRO PÚBLICO

A Procuradoria-Geral da República enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) nesta quarta-feira, 6, denúncia contra o deputado federal baiano João Carlos Bacelar (PR), o Jonga Bacelar. De acordo com o Estadão, Jonga é acusado de usar recursos públicos para pagar os salários de uma empregada doméstica, peculato.

Também foi denunciada uma ex-secretária parlamentar que, de acordo com a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, atuou como sócia do deputado federal.

No caso de João Carlos Bacelar, a denúncia de Raquel contém provas segundo as quais, desde o primeiro mandato, em 2007, ‘ele usava recursos públicos para pagar os salários da empregada doméstica Maria do Carmo Nascimento e da secretária Norma Suely Ventura da Silva que trabalhavam, respectivamente, na casa e na empresa da família do parlamentar, em Salvador’.

Na denúncia, a Procuradoria pede a condenação do deputado à perda da função pública, além da reparação do dano.

O pedido é para que, solidariamente, o parlamentar e Norma devolvam à Câmara o valor do peculato, com correções monetária e de juros de mora.

CARLETTO REÚNE APOIO DE DEPUTADOS EM BUSCA DE CANDIDATURA AO SENADO

De olho no Senado, o deputado federal Ronaldo Carletto (PP) já conta com uma tropa de 15 a 17 parlamentares que devem marchar com ele na disputa por uma vaga na chapa majoritária, do governo ou da oposição, aponta a Coluna Satélite, Sem possibilidade de crescer no partido do vice-governador, Carletto vê na ida para o PR o caminho para conseguir o espaço.

A costura de Ronaldo Carletto tem duas frentes. Uma é fortalecer a bancada do PR baiano no Congresso e na Assembleia Legislativa com a filiação de seus aliados no PP, cota que incluiu ainda o deputado federal Roberto Britto. A outra é usar o Pros, vitaminado com três parlamentares ligados a ele, como moeda de troca.

Com o PP enfraquecido com a eventual saída de Ronaldo Carletto e sua tropa pode abrir brecha para o avanço da oposição sobre a sigla. A jogada é recompor as perdas do PP com integrantes da base do prefeito ACM Neto (DEM). Em troca, os pepistas mudariam de lado na corrida pelo Palácio de Ondina. A movimentação já foi discutida com o senador piauiense Ciro Nogueira, presidente nacional do PP.

PR QUER FATIA MAIOR NOS TRANSPORTES

O Partido da República – PR já comanda o Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil do Governo Temer com o Alagoano Mauricio Quintella Lessa. Dos 40 parlamentares republicanos, 28 votaram a favor do presidente, isso inclui os baianos José Carlos Araújo, José Rocha e João Carlos Bacelar, além de nove que votaram contra e três ausências. O resultado, em tese, credencia o partido a buscar uma fatia maior do bolo.

O Ministério dos Transportes, apesar de comandado pela legenda, tem indicados do PMDB em vários setores. A Secretaria Nacional de Portos e a Agência Nacional de Transportes Terrestres, por exemplo, está toda minada. O PR quer mais. Almeja a pasta 100% sob seu domínio.