Navegação na tag

PT

GOVERNADORES DO PT SERÃO LIBERADOS PARA FECHAR ALIANÇAS

O governador Rui Costa e os outros quatro governadores do PT, estarão livres para fechar alianças em seus estados a partir da próxima semana, indica a coluna Painel, da Folha de São Paulo. Segundo a publicação, a reunião que dará início as articulações está marcada para o dia 23.

A publicação indica ainda, que a presidente da legenda, senadora Gleisi Hoffmann, também pretende atuar em busca de alianças onde o PT não governa para garantir mais palanques para o ex-presidente Lula, que vai tentar voltar ao Palácio do Planalto.

PT TENTA CONVENCER PCDOB A NÃO LANÇAR MANUELA AO PLANALTO

O Partido dos Trabalhadores está tentando convencer os dirigentes do PCdoB a desistir de lançar Manuela D’Ávila como candidata ao Planalto. De acordo com a Coluna Expresso da Revista Época, os petistas querem o apoio dos comunistas à candidatura de Lula ou de quem substituí-lo na disputa. Em troca, prometem apoiar a candidatura de Manuela ao governo do Rio Grande do Sul.

PDT NA TORCIDA PARA QUE LULA FIQUE FORA DA DISPUTA

A torcida do PDT para que o ex-presidente Lula fique fora da disputa ao Planalto é grande. Segundo a Coluna Expresso da Revista Época, o presidente da legenda, Carlos Lupi, sabe que Ciro Gomes pode herdar votos do petista.

Lupi diz: “Todo mundo tem de ter o discernimento sobre a hora de sair de cena. Lula já fez o que tinha de fazer”. Ele diz, também, que o ex-presidente do STF, Joaquim Barbosa, não deve encarar uma disputa e acredita em uma aliança do PDT com o PSB.

ALIADOS DISCUTEM DECISÃO DO PT CASO LULA NÃO POSSA SER CANDIDATO

Aliados do ex-presidente Lula defendem que o PT não indique outro candidato à Presidência no caso dele não poder concorrer. Segundo o jornalista Lauro Jardim, mesmo sendo líder com grande vantagem em todas as pesquisas de intenções de voto, o grupo acredita que a capacidade de transferência de votos de Lula é limitada e pode não ser suficiente para eleger um substituto. Contudo, o PT acredita e trabalha como certa a candidatura de Lula em outubro.

GERALDO SIMÕES PODE ASSUMIR DESENVOLVIMENTO RURAL

O ex-prefeito de Itabuna, Geraldo Simões (PT), ao que parece, pode mesmo recuar de sua candidatura a deputado estadual. Uma fonte ligada ao deputado estadual Rosemberg Pinto (PT) informou ao Blog iPolítica que Simões deve assumir a Secretaria de Desenvolvimento Rural, substituindo Jerônimo Rodrigues. Estaria faltando apenas o aval do governador Rui Costa.

Essa movimentação está sendo orquestrada pelo secretário de relações institucionais Josias Gomes (PT) e o próprio Rosemberg Pinto. “A candidatura de Geraldo Simões estava fragilizada pelo fato de sempre ter dobrado com Rosemberg na região quando era candidato a deputado federal.”, argumentou um ex-aliado. Sem espaço para crescimento e fadado a um possível fracasso eleitoral, Geraldo recua de sua candidatura estrategicamente, ganhando uma sobrevida política.

MARCELO NILO REITERA APOIO A JAQUES WAGNER AO SENADO

O Deputado Estadual Marcelo Nilo reiterou nesta terça-feira apoio incondicional ao ex-governador Jaques Wagner, que vai disputar uma das vagas ao senado federal em outubro. Em um almoço, seguido por um cafezinho, Nilo afirmou que sua filiação ao PSB será no dia 19 de março.

Ao Blog iPolítica, o ex-presidente da Assembleia Legislativa da Bahia disse que ainda é muito cedo para definir composição para a chapa majoritária. “Uma das vagas é de Wagner, e nós vamos apoiar”, garantiu. No entanto, o PSB pode lançar uma chapa independente, com a senadora Lídice da Mata tentando a reeleição.

FERNANDO HADDAD É O PLANO B DE LULA, AFIRMA CÚPULA PETISTA

O ex-presidente Lula escolheu o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad para coordenar seu programa de governo para as eleições em 2018, de acordo com a Coluna Radar Online. O aviso foi dado a quadros orgânicos do Partido dos Trabalhadores com um sonoro e claro recado de que Haddad é o nome preferido para disputar as eleições na eventual ausência de Lula.

Sendo assim, o ex-governador da Bahia Jaques Wagner, liderando todas as pesquisas, já pode se preparar para disputar uma das vagas do estado ao Senado em 2018.

PT VAI ORGANIZAR CARAVANAS PARA ACOMPANHAR JULGAMENTO DE LULA

O Partido dos Trabalhadores vai organizar caravanas para Porto Alegre para acompanhar o julgamento do recurso do ex-presidente Lula ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região no processo do tríplex de Guarujá. O julgamento foi agendado para o dia 24 de janeiro. O petista foi condenado em julho pelo juiz Sergio Moro a nove anos e seis meses de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro e recorreu da decisão.

A pretensão dos petistas, de acordo com a revista Época, é reunir na capital gaúcha mais militantes do que durante o primeiro depoimento de Lula a Moro em Curitiba, quando cerca de 7 mil pessoas se dirigiram à capital paranaense para apoiar o ex-presidente. Ainda de acordo com a publicação, o mote das caravanas, que contará com a participação de movimentos sociais, será a luta pelo direito do ex-presidente a disputar a Presidência da República nas eleições de 2018.

ITABUNA: PLENÁRIA DO PT REÚNE LIDERANÇAS REGIONAIS E ESTADUAIS

Como parte integrante da formação política do processo de filiação partidária, o Partido dos Trabalhadores realizou neste sábado, 9, em Itabuna, plenária para discutir a história do partido, seu estatuto e código de ética, socialismo, dentre outros assuntos.

De acordo com o Blog Atitude em Una, o evento reuniu lideranças regionais e estaduais do PT como os deputados estaduais Rosemberg Pinto e Maria Del Carmen, além do ex-presidente do PT da Bahia Jonas Paulo e o atual presidente, Everaldo Anunciação. O diretório de Itabuna, foi representado pelo presidente local, Flávio Barreto. A ausência do ex-prefeito e ex-deputado federal Geraldo Simões foi bastante comentada.

Veja mais AQUI

EM NOTA, PT REBATE PROGRAMA DO PMDB EXIBIDO NA TV

O PT rebateu, por meio de nota, nesta quarta, 29, as críticas feitas pelo PMDB em novo anúncio televisivo. O programa foi exibido nesta terça-feira, 27, em rede nacional, colocando o presidente Michel Temer como vítima de armações e mentiras. Segundo o Partido dos Trabalhadores, “quem deve desculpas ao povo brasileiro é o partido do golpista Michel Temer, que aprofundou deliberadamente a crise fiscal em 2015 e 2016 para chegar ao poder”.

A nota, assinada pela senadora Gleisi Hoffmann, presidente do partido, afirma ainda que sob o comando de Eduardo Cunha, o PMDB sabotou todas as iniciativas de recuperação apresentadas pelo governo Dilma Rousseff.

Leia o comunicado:

“Quem deve desculpas ao povo brasileiro é o partido do golpista Michel Temer, que aprofundou deliberadamente a crise fiscal em 2015 e 2016 para chegar ao poder. Sob o comando de Eduardo Cunha, sabotaram todas as iniciativas de recuperação apresentadas pelo governo Dilma Rousseff e quebraram o Brasil com suas pautas-bomba: o aumento de 42% nos salários do Judiciário, o orçamento impositivo, a manutenção das desonerações, o fim do fator previdenciário e outras medidas irresponsáveis.

Não fosse a sede poder dos golpistas do PMDB e seus aliados, o Brasil já teria superado a recessão e o desemprego e teria hoje um governo legitimamente eleito, dentro da normalidade democrática. O povo brasileiro não esquece que o governo do PT foi um tempo de desenvolvimento, democracia, inclusão social, oportunidades e empregos como nunca houve antes neste país”.