Navegação na tag

PT

ITABUNA: PLENÁRIA DO PT REÚNE LIDERANÇAS REGIONAIS E ESTADUAIS

Como parte integrante da formação política do processo de filiação partidária, o Partido dos Trabalhadores realizou neste sábado, 9, em Itabuna, plenária para discutir a história do partido, seu estatuto e código de ética, socialismo, dentre outros assuntos.

De acordo com o Blog Atitude em Una, o evento reuniu lideranças regionais e estaduais do PT como os deputados estaduais Rosemberg Pinto e Maria Del Carmen, além do ex-presidente do PT da Bahia Jonas Paulo e o atual presidente, Everaldo Anunciação. O diretório de Itabuna, foi representado pelo presidente local, Flávio Barreto. A ausência do ex-prefeito e ex-deputado federal Geraldo Simões foi bastante comentada.

Veja mais AQUI

EM NOTA, PT REBATE PROGRAMA DO PMDB EXIBIDO NA TV

O PT rebateu, por meio de nota, nesta quarta, 29, as críticas feitas pelo PMDB em novo anúncio televisivo. O programa foi exibido nesta terça-feira, 27, em rede nacional, colocando o presidente Michel Temer como vítima de armações e mentiras. Segundo o Partido dos Trabalhadores, “quem deve desculpas ao povo brasileiro é o partido do golpista Michel Temer, que aprofundou deliberadamente a crise fiscal em 2015 e 2016 para chegar ao poder”.

A nota, assinada pela senadora Gleisi Hoffmann, presidente do partido, afirma ainda que sob o comando de Eduardo Cunha, o PMDB sabotou todas as iniciativas de recuperação apresentadas pelo governo Dilma Rousseff.

Leia o comunicado:

“Quem deve desculpas ao povo brasileiro é o partido do golpista Michel Temer, que aprofundou deliberadamente a crise fiscal em 2015 e 2016 para chegar ao poder. Sob o comando de Eduardo Cunha, sabotaram todas as iniciativas de recuperação apresentadas pelo governo Dilma Rousseff e quebraram o Brasil com suas pautas-bomba: o aumento de 42% nos salários do Judiciário, o orçamento impositivo, a manutenção das desonerações, o fim do fator previdenciário e outras medidas irresponsáveis.

Não fosse a sede poder dos golpistas do PMDB e seus aliados, o Brasil já teria superado a recessão e o desemprego e teria hoje um governo legitimamente eleito, dentro da normalidade democrática. O povo brasileiro não esquece que o governo do PT foi um tempo de desenvolvimento, democracia, inclusão social, oportunidades e empregos como nunca houve antes neste país”.

REQUIÃO DEFENDE A VOLTA DE LULA A PRESIDÊNCIA

Nesta terça-feira, 21, o Senador Roberto Requião (PMDB) almoçou com o ex-presidente Lula e a colega Senadora Gleisi Hoffmann (PT), na capital paulista. Requião, costumeiro crítico do governo de Michel Temer comparou Lula ao ex-presidente Getúlio Vargas. De acordo com a Coluna Expresso da Revista Época, na mesma fala, o Senador defendeu a volta do petista ao Palácio do Planalto.

Em seu Twitter, Roberto Requião disse: “Condenação absurda de D. Marisa, massacre de direitos de trabalhadores, entrega de nosso petróleo, tentativa de humilhar Lula e não apenas condená-lo. Lembram Getúlio? Bota retrato do velho outra vez, bota no mesmo lugar. Consequência lógica! Outra vez!”, “tuitou” o senador nesta quarta-feira, 22.

Em julho, Requião e o senador e presidente nacional do PMDB, Romero Jucá, trocaram ofensas e acusações nas redes sociais. Jucá criticou a proximidade de Requião com o PT e disse que o senador paranaense não combinava com o “novo PMDB”.

SENADOR ACUSA GOVERNO DE DESFIGURAR A CLT

O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) condenou nesta terça-feira, 21 em Plenário, a reforma da Previdência, ainda em análise na Câmara dos Deputados. Ele ponderou que a reforma proposta pelo governo Temer cria uma modalidade de trabalhador que recebe menos de um salário mínimo, sem direito ao seguro desemprego e à aposentadoria.

De acordo com a Agência Senado, Lindbergh criticou ainda a Medida Provisória (MPV) 808/2017, que altera pontos da reforma trabalhista, que entrou recentemente em vigor. Ele considera que o texto piora a legislação, estabelece “um novo trabalho escravo”, além de desfigurar a CLT.

Essa proposta abre uma segunda fase de reformas trabalhistas onde o resultado, disse ele, será uma nova categoria de trabalhadores que chegarão à velhice sem o direito de se aposentar. “É tanta desgraça que vem neste governo Temer, que a gente não pode deixar de se mobilizar e de ficar atento à tramitação de projetos como esse” declarou.

EM BERLIM, DILMA DEFENDEU QUE PT DEVE LUTAR PELA CANDIDATURA DE LULA

A ex-presidente Dilma Rousseff afirmou mais uma vez ter sido vítima de um “golpe judicial-parlamentar”, que, segundo ela, começou em seu impeachment e terminaria em um possível impedimento à candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas eleições ano que vem.

Em um debate na Universidade Livre de Berlim nesta terça-feira, 14, Dilma defendeu que o Partido dos Trabalhadores deve lutar até o fim para o que ex-presidente Lula seja candidato. “O que eles precisam é que Lula seja condenado em junho e que permaneça condenado até novembro. Depois, pode até ser inocentado, desde que esteja fora das eleições”, disse.

PT OBSTRUI PAUTA DE SEGURANÇA PÚBLICA E DEFENDE FOCO NO JUDICIÁRIO

O líder do PT, deputado Carlos Zarattini (SP), disse que o partido vai obstruir a pauta de segurança pública escolhida pelos líderes para votação nesta semana. O Psol também se juntou ao PT na obstrução às propostas.

Os projetos escolhidos, segundo Zarattini, optam por aumentar a população carcerária sem resolver a questão da segurança pública. “Não é solução querer que mais e mais pessoas fiquem presas, muitas delas sem ter efetivamente culpa e outras com crimes leves que podem ser punidos com penas alternativas”, disse.

Entre os projetos a serem votados está o fim da saída temporária de presos (PL 388/15); penas mais rígidas para assassinos de policiais (PL 8504/17); o fim do auto de resistência para obrigar investigação de mortes em confrontos com policiais (PL 4471/12); tornar crime o uso de pessoas como escudo humano (PL 8048/17); bloqueio de telefonia celular nos presídios (PL 5062/16); e fim de atenuante de pena para menores de 21 anos e maiores de 70 anos (PL 1383/15).

Zarattini disse que o Plenário deveria votar os projetos que criminalizam o abuso de autoridades – voltados para coibir atitudes de juízes e promotores – e o teto do funcionalismo público, com o objetivo de impedir o acúmulo de remunerações por juízes e promotores. “É um absurdo o que faz principalmente o Judiciário, colocando verbas e verbas, com juízes e promotores ganhando mais de R$ 100 mil”, disse.

O líder do PT defendeu ainda a votação do novo Código de Processo Penal.

“PCDOB VAI APOIAR RUI COSTA”, AFIRMA PRESIDENTE DO PT

O presidente estadual do PT, Everaldo Anunciação, disse que considera legítima a candidatura proposta pelo PCdoB no âmbito nacional. No último final de semana, o partido anunciou a deputada gaúcha Manuela dʹÁvila como pré-candidata à Presidência da República. Em entrevista ao Portal Metro 1, no entanto, o dirigente petista ressaltou que o partido seguirá ao lado do PT no apoio a Rui Costa no Governo do Estado em 2018.

“O próprio presidente estadual do PCdoB, deputado Davidson Magalhães, disse que o partido vai marchar com Rui Costa. No plano nacional, há o debate e eu acho que é justo e legítimo que o PCdoB possa colocar um quadro qualificado como a deputada. Mas continuamos discutindo, já há uma sinalização clara da população brasileira sobre quem ela quer que seja o próximo presidente da República. Vamos enfrentar o dia-a-dia dos interesses que querem destruir o patrimônio nacional e trazer o ódio para a política”, disse Anunciação.

Ainda de acordo com ele, há um bom diálogo entre parlamentares que fazem apoio ao governador Rui Costa, mesmo com dissidências no resto do país. “Acho que é legítimo que o PCdoB, PDT e outros partidos possam manifestar seus nomes. Mas creio na credibilidade e na capacidade de construir unidade, como foi a reunião com a bancada de oposição na Câmara. Aqui ninguém gente constrói entendimentos sem ninguém querer ser o dono da verdade”, afirmou.

PT FARÁ “VAQUINHA ONLINE” PARA AS CARAVANAS DE LULA PELO BRASIL

O Partido dos Trabalhadores vai lançar uma campanha para arrecadar doações para as caravanas do ex-presidente Lula. De acordo com a coluna Painel da Folha de São Paulo, a ação é parte de uma mudança estratégica do PT, que decidiu rever a forma de buscar recursos. Passará a fazer pedidos focados em grandes temas.

A “vaquinha Onlne”, como está sendo chamada, será lançada nesta sexta-feira, 20, na reunião da Executiva da sigla. Haverá mobilização nas redes a partir da próxima semana, com imagens da presidente do PT, Gleisi Hoffmann, de líderes petistas e das viagens de Lula.

DELCÍDIO: “SE TIVESSE SIDO FLAGRADO PEDINDO DINHEIRO, AINDA ESTARIA NO SENADO”

O ex-senador Delcídio do Amaral, que foi preso por ordem do Superior Tribunal Federal – STF, em 2015 e teve o encarceramento chancelado pelo plenário, protestou. “Se eu tivesse sido flagrado pedindo dinheiro, talvez ainda fizesse parte do Senado. O tempo de Deus haverá de fazer justiça!”

Bola da vez Delcídio foi acusado de obstruir as investigações. Ele avalia que “o desfecho do caso Aécio vai salvar a todos os partidos” e mostra a reação da política. “Vai sobrar para o PT. Mais especificamente para o Lula.”, indica a Coluna Painel.

SENADORES PETISTAS COBRAM DE ALCKMIN SOBRE “BATIDA” NA CASA DO FILHO DE LULA

Ainda não foi digerida pela cúpula do PT as buscas ocorridas na casa de Marcos Lula da Silva, filho mais velho do ex-presidente Lula (PT), após uma suposta denúncia anônima. Os senadores Lindbergh Farias, Jorge Viana e Gleisi Hoffmann querem que o governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) dê explicações sobre o episódio.

A operação foi realizada pela Polícia Civil em Paulínia, interior de São Paulo, mas nada de ilícito foi encontrado na casa.  “Foi uma violência que tem de ser explicada por todas as autoridades envolvidas”, disse em nota, a presidente do PT, Gleisi Hoffmann.