Navegação na tag

Salários Atrasados

COARACI: PROFESSORES PROTESTAM NA PORTA DA PREFEITURA POR SALÁRIOS EM ATRASO

Os professores da rede municipal de ensino em Coaraci realizaram um novo protesto nesta quinta-feira, 11, na porta do Centro Administrativo. Eles exigem o pagamento do salário do mês de dezembro, em atraso, além do décimo terceiro e 1/3 de férias.

Segundo informações dos próprios professores, muitos já estão com contas de energia e água cortadas e outros passando necessidades com alimentos. O Blog iPolítica tentou contato com a assessoria de comunicação do município mas não obteve retorno.

ITABUNA: SINDSERV EXIGE PAGAMENTO DE SALÁRIOS EM ATRASO

O Sindserv (Sindicato dos Servidores Municipais de Itabuna) realizou manifestação nesta quarta-feira, 10, contra o atraso dos salários de dezembro/2017. De acordo com o a diretoria, os atrasos tornaram-se uma prática do governo Fernando Gomes. “Todos os meses os servidores e servidoras convivem com fornecimento irregular de vales transportes e ticket alimentação e no mês passado houve atraso no pagamento da segunda parcela do 13º.”, protestou um diretor.

A presidenta o Sindserv, Wilmaci Oliveira, criticou a postura autoritária do prefeito Fernando Gomes. “O prefeito atrasa o salário do servidor e ainda exige que ele limpe a Avenida para o Carnaval. Isso é uma falta de respeito”, denunciou.

No momento da manifestação, o prefeito Fernando Gomes chegou de carro à prefeitura e ouviu os protestos do sindicato e dos servidores. Os manifestantes foram ao gabinete do prefeito e lá encontraram o secretário de Administração, Son Gomes, que garantiu o pagamento para quinta ou sexta-feira. Diante da indefinição, os manifestantes decidiram que voltarão à prefeitura nesta quinta-feira 11, a partir das 08h30, para “aguardar” o pagamento.

GONGOGI: PREFEITO SE RECUSA A RECEBER SERVIDORES E FECHA A PREFEITURA

O clima ficou tenso nesta quinta-feira, 9, em Gongogi. Servidores do município reivindicam o pagamento dos salários de dezembro de 2016, ainda não pagos pela atual gestão. De acordo com informações, o valor integral foi deixado em conta pelo prefeito anterior, Altamirando Jesus Santos (PDT), Sapão.

Os servidores, após caminhada, resolveram conversar com o prefeito Edvaldo Santos (PR), Kasulo, ou algum secretário, mas encontraram a porta do Centro Administrativo fechada com o aviso de trabalho interno, sem nenhuma comunicação prévia, segundo o Portal Gongogi.

O Blog Ipolítica entrou em contato com a assessoria de comunicação da prefeitura de Gongogi e foi informado que o prefeito vai se manifestar a imprensa em breve sobre a questão. Veja o vídeo.