Navegação na tag

Sindserv

ITABUNA: MANIFESTANTES COLOCAM CARTAZES NO CARRO DE FERNANDO GOMES

Manifestantes colocaram, nesta sexta-feira, 12, cartazes no carro oficial do gabinete do prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, com os dizeres, “Salário Sim, Marreta Não”, Salário não é favor” e “Vem pra luta”. Sem previsão de pagamento do salário de dezembro, os manifestantes prosseguem em protestos na prefeitura.

Ontem, 11, os trabalhadores e trabalhadoras fizeram vigília até 13 horas, quando se dirigiram ao Ministério Público do Trabalho, para denunciar a falta de respeito do prefeito e seus secretários com a situação.“Isso é uma falta de respeito com os servidores! Não paga os servidores mas faz Carnaval. E o pior: convoca os trabalhadores para labutar na festa momesca sem receber seus salários”, reclamou Wilmaci Oliveira, presidenta do Sindserv.

ITABUNA: SINDSERV EXIGE PAGAMENTO DE SALÁRIOS EM ATRASO

O Sindserv (Sindicato dos Servidores Municipais de Itabuna) realizou manifestação nesta quarta-feira, 10, contra o atraso dos salários de dezembro/2017. De acordo com o a diretoria, os atrasos tornaram-se uma prática do governo Fernando Gomes. “Todos os meses os servidores e servidoras convivem com fornecimento irregular de vales transportes e ticket alimentação e no mês passado houve atraso no pagamento da segunda parcela do 13º.”, protestou um diretor.

A presidenta o Sindserv, Wilmaci Oliveira, criticou a postura autoritária do prefeito Fernando Gomes. “O prefeito atrasa o salário do servidor e ainda exige que ele limpe a Avenida para o Carnaval. Isso é uma falta de respeito”, denunciou.

No momento da manifestação, o prefeito Fernando Gomes chegou de carro à prefeitura e ouviu os protestos do sindicato e dos servidores. Os manifestantes foram ao gabinete do prefeito e lá encontraram o secretário de Administração, Son Gomes, que garantiu o pagamento para quinta ou sexta-feira. Diante da indefinição, os manifestantes decidiram que voltarão à prefeitura nesta quinta-feira 11, a partir das 08h30, para “aguardar” o pagamento.

ITABUNA: SINDSERV EXIGE PAGAMENTO DO 13º

Diretores do Sindserv (Sindicato dos Servidores Municipais de Itabuna) estiveram no Centro Administrativo Firmino Alves, na manhã desta quinta-feira, 21, exigindo o pagamento da segunda parcela do 13º salário dos servidores e servidoras municipais de Itabuna, que deveria ter sido pago até o dia 20 de dezembro. Foi entregue um ofício ao secretário de Administração, Dinailson Oliveira, onde requer que o governo “se digne em pagar imediatamente a parcela”, diz o documento.

O ofício prossegue alertando que “desta maneira, evitaremos transtornos com medidas legais cabíveis através de mobilizações, manifestações, ações judiciais e, se necessário for, movimento paredista”. O secretário afirmou que começará a pagar hoje, mas não garantiu data para que todos os servidores e servidoras recebam. “Isso é uma falta de respeito para com o funcionalismo. Até o Carnaval já tem data definida, mas o 13º da categoria não tem”, protestou Wilmaci Oliveira, presidenta do Sindserv.

SINDSERV COBRA EXPLICAÇÕES SOBRE CORTE DA INSALUBRIDADE NO HOSPITAL DE BASE E AMEAÇA ENTRAR EM GREVE

Após cortar o adicional de insalubridade de quem trabalha nas unidades básicas de saúde, agora foi a vez dos trabalhadores e trabalhadoras do Hospital de Base Luiz Eduardo Magalhães. Na última segunda-feira, 2, o Sindserv realizou uma assembleia, onde foi deliberado pela categoria o estabelecimento de um prazo de vinte dias para que o referido corte seja revisto, sob pena de se iniciar uma greve no HBLEM. O Sindserv também solicitou dos gestores acesso ao relatório que embasou a retirada da Insalubridade.

Levi Araújo, diretor do Sindserv, crítica o descaso que tomou conta do Hospital desde que a atual gestão assumiu, com sobrecarga na jornada, precárias condições de trabalho e ataques sistemáticos aos direitos da categoria. “Hoje, nas enfermarias, um técnico de enfermagem fica responsável (em média) por dezoito pacientes!”, denunciou. Além de arbitrário, o corte no Adicional de Insalubridade é ilegal, pois está previsto em lei. “Os trabalhadores e o sindicato não vão aceitar este corte, pois trabalhamos num ambiente totalmente insalubre”, afirmou Araújo. O Sindserv estuda medidas judiciais para garantir o benefício, além da formalização de denúncia junto ao Ministério Público.

EPI’S – Uma das justificativas para se cortar a Insalubridade no Base seria a utilização dos equipamentos de proteção individual (EPI). Levi esclarece que, mesmo utilizando máscaras, luvas e aventais existe o risco de contaminação. Inclusive o sindicato orienta os servidores e servidoras a se recusarem a atender pacientes sem os devidos equipamentos de proteção individual (EPI). “A responsabilidade é do Hospital”, declarou o dirigente.

Segundo Levi, o clima está tenso no Hospital. Demissões em massa de servidores contratados, ataques aos direitos, além das precárias condições de trabalho, têm dado o tom de “caça às bruxas” nos últimos oito meses. No entendimento de Levi, é preciso que o diálogo prevaleça para que os problemas do Hospital sejam superados. “Não se pode achar que tudo que foi feito até agora está errado e que todos os problemas do Base serão resolvidos a toque de caixa e de forma arbitrária, sem dialogar com o sindicato e com a categoria, porque este Hospital só está de pé hoje graças aos servidores ”, destacou.

CHAPA 1 VENCE AS ELEIÇÕES DO SINDSERV COM 91% DOS VOTOS

A Chapa 1 – Renovação, Experiência e Luta, encabeçada pela atual presidente Wilmaci Oliveira, venceu as eleições para composição da diretoria e do conselho fiscal, e respectivos suplentes do Sindserv (Sindicato dos Servidores Municipais de Itabuna), para o exercício do mandato 2017/2021, com 91% dos votos válidos.

Wilmaci agradeceu a participação de todos os servidores e servidoras e reafirmou a necessidade de unidade da categoria “para enfrentar os grandes desafios que estão postos e àqueles que ainda estão por vir, neste momento difícil para a classe trabalhadora, em que sofremos com a retirada de direitos.”.

ELEIÇÃO DO SINDSERV SERÁ NESTA TERÇA, 26

Nesta terça-feira, 26, serão realizadas eleições para composição da diretoria e do conselho fiscal, e respectivos suplentes do Sindserv (Sindicato dos Servidores Municipais de Itabuna), para o exercício do mandato 2017/2021

As eleições ocorrerão das 08:00 às 18:00 horas, sendo que haverá uma urna fixa na sede administrativa do sindicato (Rua Antônio Muniz, nº 196, Pontalzinho) e três urnas itinerantes percorrendo os setores da Saúde, Educação e demais locais de trabalho da categoria.

Apenas uma chapa se inscreveu para o pleito. A Chapa 1 – Renovação, Experiência e Luta é encabeçada por Wilmaci Oliveira, atual presidenta da entidade.