Ieprol – Matrículas Abertas – Desktop Mobile
AACRRI – Reconstrução PIX – Desktop/Mobile
Plansul – 31 anos – Desktop/Mobile
Buerarema – Fevereiro Roxo e Laranja – Desktop/Mobile
Itajuípe – Dengue Novo – Desktop/Mobile

​​BUERAREMA: CULMINÂNCIA DA OFICINA “A MULHER NA CAPOEIRA” OCORRE NESTE SÁBADO (26)

Acontece neste sábado, 26 de maio a Culminância da oficina “A Mulher na Capoeira”. O evento ocorrerá na Casa de Cultura Jonas e Pilar, às 14h, com apresentação dos trabalhos realizados pelos participantes da oficina, que teve início no dia 05 de abril, coordenado pela pesquisadora em cultura, Contramestre de capoeira do Grupo Cordão de Ouro, Bruna Setenta. Na oportunidade será realizada uma Roda de conversa mediada pela professora assistente do curso de direito da Uesc e coordenadora do Serviço de Referência dos Direitos da Mulher – SER Mulher da Universidade Estadual de Santa Cruz, Aline Setenta, e ainda conta com a participação do grupo residente Raízes de Macuco, Contramestre Pé de Chumbo. “A mulher na Capoeira” é uma das oficinas do projeto de Ações Continuadas da Casa de Cultura Jonas e Pilar, realizado pelo Instituto Macuco Jequitibá, com apoio financeiro do Governo do Estado, (Edital de Apoio a Ações Continuadas de Instituições Culturais 2017/2020), através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia. A oficina tem o objetivo de trazer para a discussão o processo histórico das mulheres por espaço na Capoeira, que como qualquer outro esporte de luta sempre esteve associado ao universo masculino. Fundo de Cultura do Estado da Bahia (FCBA) – Criado em 2005 para incentivar e estimular as produções artístico-culturais baianas, o Fundo de Cultura é gerido pelas Secretarias da Cultura e da Fazenda. O mecanismo custeia, total ou parcialmente, projetos estritamente culturais de iniciativa de pessoas físicas ou jurídicas de direito público ou privado. Os projetos financiados pelo Fundo de Cultura são, preferencialmente, aqueles que apesar da importância do seu significado, sejam de baixo apelo mercadológico, o que dificulta a obtenção de patrocínio junto à iniciativa privada. O FCBA está estruturado em 4 (quatro) linhas de apoio, modelo de referência para outros estados da federação: Ações Continuadas de Instituições Culturais sem fins lucrativos; Eventos Culturais Calendarizados; Mobilidade Artística e Cultural e Editais Setoriais. Para mais informações, acesse: www.cultura.ba.gov.br

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.