Buerarema
Plansul
COLÉGIO JORGE AMADO
Pref ilheus junho
Ieprol

APÓS AÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO, PREFEITO DE CANAVIEIRAS É CONDENADO POR COMPRA DE VOTOS

O prefeito de Canavieiras, Dr. Almeida (PROS), foi condenado nesta terça-feira, 9, a perda do mandato e inelegibilidade por oito anos, após uma ação conduzida pelo Ministério Público. A decisão foi proferida por Eduardo Gil Guerreiro, Juiz eleitoral da 116° Zona Eleitoral de Canavieiras.

Na Ação de Investigação Judicial Eleitoral, o Ministério Público acusa o prefeito de compra de votos consistente a eleitores, como forma de ajuda financeira e outros bens de vantagem pessoal. O MP ainda afirma que o gestor teria montado esquema ilícito de uso da máquina pública, que foi comprovada através de gravação em áudios, consistindo na captação ilícita de recursos financeiros para custear sua campanha e a compra de votos dos munícipes mais humildes e carentes.

Além disso, o Ministério Público afirmou também que o gestor realizaria no hospital municipal a prática de atos de medicina, como cirurgias, partos e outros para angariar a gratidão dos pacientes, além de divulgar em suas redes sociais sua personalidade caridosa, suas qualidades de “ser humano”, sendo que para propiciar isso, manteria de propósito o hospital municipal sem médico obstetra.

Cabe recurso da decisão.

1 comentário
  1. Carlos bahia Diz

    A casa caiu Dr Almeida, rala da prefeitura vc e seus puxa saco seu corrupto.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.