Ieprol – Matrículas Abertas – Desktop Mobile
Itajuípe – Dengue Novo – Desktop/Mobile
Buerarema – Fevereiro Roxo e Laranja – Desktop/Mobile
AACRRI – Reconstrução PIX – Desktop/Mobile
Plansul – 31 anos – Desktop/Mobile

APÓS TRAGÉDIA EM ESCOLA PAULISTA, LÍDICE QUER URGÊNCIA NA ATENÇÃO PSICOSSOCIAL NAS COMUNIDADES ESCOLARES

A deputada federal Lídice da Mata (PSB) se solidarizou com os familiares e amigos da professora assassinada e dos docentes e estudantes feridos em um ataque à faca em uma escola de São Paulo, feito por um aluno na manhã desta segunda-feira (27/03) e pediu urgência no Projeto de Lei que prevê Atenção Psicossocial nas Comunidades Escolares. “Precisamos cuidar da saúde mental de crianças e jovens antes que eles virem assassinos”, pontuou.

A parlamentar e mais 12 deputados são proponentes do Projeto de Lei 3408/21, apresentado na Câmara, que institui a Política Nacional de Atenção Psicossocial nas Comunidades Escolares, com o objetivo de promover a saúde mental da comunidade escolar. “A finalidade da nossa proposta é criar uma estratégia a fim de integrar e articular as áreas de educação e saúde no desenvolvimento de ações de promoção, prevenção e atenção psicossocial no âmbito das escolas”, declarou a deputada.

Os ataques e tentativas de atentados às escolas que o Brasil tem registrado nos últimos anos são crescentes e preocupam pais e educadores. Muitos deles têm sua origem em preconceitos, bullying e incentivo ao uso de armamentos.

O autor do crime em São Paulo é um adolescente de 13 anos que já foi apreendido. As vítimas do ataque foram encaminhadas aos Hospitais das Clínicas, Bandeirantes, Universitário e São Luís, mas uma não resistiu.

A Polícia Militar foi acionada e a Civil investiga os fatos. “Não tenho palavras para expressar minha tristeza em saber dessa notícia chocante. Como se não bastasse o ataque, uma professora de 71 anos ainda foi morta. Estamos vivendo tempos difíceis e tenebrosos! É imprescindível garantirmos escolas seguras, diversas e democráticas.”, alertou Lídice.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.