Ieprol – Matrículas Abertas – Desktop Mobile
AACRRI – Reconstrução PIX – Desktop/Mobile
Plansul – 31 anos – Desktop/Mobile
Buerarema – Fevereiro Roxo e Laranja – Desktop/Mobile
Itajuípe – Dengue Novo – Desktop/Mobile

BAHIA: POLÍCIA FEDERAL E RECEITA FEDERAL DEFLAGRAM OPERAÇÃO CONTRA SONEGAÇÃO DE TRIBUTOS E LAVAGEM DE DINHEIRO NO INTERIOR

A Polícia Federal, juntamente com a Receita Federal, deflagrou a “Operação Xepa” nesta terça-feira, 11. A operação vai cumprir 10 mandados de busca e apreensão nas cidades de Ilhéus, Itabuna, Poções e Porto Seguro, no sul da Bahia. A Operação Xepa é resultado da investigação iniciada a partir de representações fiscais, para fins penais, apresentadas pela Receita Federal, em desfavor de duas empresas do ramo de distribuição de hortifrutigranjeiros suspeitas de sonegação de impostos, com valores que ultrapassam R$ 10 milhões.

Conforme informações da Receita Federal, a fiscalização identificou um grupo empresarial formado por pelo menos três empresas de distribuição de hortifrutigranjeiros, duas empresas patrimoniais usadas para ocultação de bens, e diversas pessoas físicas.

As empresas operacionais eram formadas por pessoas “laranjas”, ou seja, pessoas sem capacidade econômica, que seriam parentes dos investigados, mas sem poderes de gestão nas entidades, poderes esses delegados por meio de procurações bancárias ou cartoriais.

Ainda segundo informações da Receita, as empresas de distribuição de hortifrutigranjeiros agiam em um contexto de “total confusão patrimonial”, atuando no mesmo ramo de atividade, compartilhando endereços, usando as mesmas marcas comerciais e promovendo intenso fluxo de valores entre as pessoas jurídicas e físicas que integram o grupo econômico.

A Receita Federal avalia que o prejuízo aos cofres públicos pode chegar a mais de R$ 100 milhões e abranger outras empresas do grupo. A operação contou com a participação de policiais federais e servidores da Receita Federal.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.