Câmara de Vereadores
Gov estado saude
Prefeitura de Itabuna
Buerarema
uruçuca novo
Laryssa Rocha
Faculdade de Ilhéus
Jequitibá
Ieprol

CANTOR MILLER RAMOS LANÇA EP DE PAGODE BAIANO

O cantor e compositor Miller Ramos, ex-vocalista da Banda Paparicco, lança às 12h desta sexta-feira (25), o EP Pode Dançar, com quatro faixas inéditas, que serão distribuídas nas plataformas digitais, como Spotify, Deezer, Tik tok, dentre outras.

O repertório, desse novo trabalho segue a linha dançante do pagode baiano e promete colocar a galera pra suar.

“A ideia é mostrar essa nova cara, do irreverente pagode baiano, conquistar a galera e continuar fortalecendo nosso segmento, na Bahia, no Brasil e no mundo inteiro”, declara Miller Ramos.

O EP foi produzido durante a pandemia, com o objetivo de animar e entreter os amantes da música baiana e conta com duas músicas do cantor da Timbalada Buja Ferreira em parceria com Jorginho do Psirico e JTelles, compositor de Foge Mulher Maravilha, um samba de roda do compositor de Barrote, Marinho Santanna e uma música de um grupo de novos compositores do pagode, chamado BTA Music. Nesta última canção, a proposta é incentivar o trabalho de novos artistas do pagode.

“Gostaria de seguir os passos do Psirico, Harmonia do Samba, Parangolé, Oz Bambaz, entre outros. Com isso, iniciei os ensaios “Noite da Pirracenta”, que estão suspensos em função da pandemia do novo coronavírus, mas estimulou o lançamento deste EP”, finaliza o artista.

O artista iniciou seu trabalho em 2005, numa banda de pagode da escola, chamada Pagokids, onde participava de festivais e concursos escolares.

Em 2011 montou uma banda de samba, chamada Samoleques, antes de se mudar para o Engenho Velho de Brotas, bairro bastante conhecido por ser um celeiro musical.

Foi convidado para cantar na Banda Samba de H, e começou a conhecer outros artistas do samba e do pagode. Durante este período abria os shows da Banda Paparicco, até receber a proposta de cantar na mesma, em 2014 e permaneceu como vocalista da Banda Paparicco durante cinco anos.

Em outubro de 2019, saiu da Banda Paparicco e lançou carreira solo em janeiro de 2020, ao longo deste primeiro ano de carreira solo, participou de pré-carnavais de bairros, Lavagem de Itapuã, Carnaval de Salvador, e vinha realizando o ensaio noite da pirracenta, até começar o isolamento social em função da pandemia do coronavírus.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.