Bahia gas
Plansul
uruçuca novo
Emasa
Cerveja Je assunção
Buerarema
Ieprol
Navegando pela Categoria

Coluna Livre

A FOGUEIRA DE SÃO JOÃO CONTINUA APAGADA

Por Gabriel Carvalho*

Pelo segundo ano consecutivo, os baianos e baianas não poderão celebrar os festejos juninos como gostariam Apesar de mais de 3,8 milhões de pessoas já terem recebido a primeira da dose da vacina contra o coronavírus no Estado, o número ainda está longe de ser o ideal para colocar a pandemia ficar sob controle.

O impacto das contaminações é grande. No Brasil, os mortos já chegam perto do assombroso número de 500 mil e a imunização ainda está num ritmo de conta-gotas. Na economia, o tombo também é grande e cerca de R$ 1 bilhão devem deixar de circular nas mãos do povo baiano este ano, repetindo o triste indicativo de 2020.
A convite dos integrantes do Observatório da Economia Criativa da Bahia, participei como apoio técnico, ano passado, de um dos maiores estudos já feitos sobre os impactos dos festejos juninos nas finanças do Estado e dos municípios. O levantamento, por sua vez, mostra que o tombo no bolso é muito maior do que a gente imaginava.

Não são apenas as prefeituras que estão sofrendo com a queda de arrecadação proporcionada pela ausência do São João. Artistas, músicos, hoteleiros, roadies, comerciantes de estabelecimentos de todos os portes, trabalhadores e vendedores ambulantes sentem a falta do arrastapé.

O São João representa um décimo terceiro mês de arrecadação para centenas de municípios da Bahia e olhe que mais de 300 deles fazem festas para valer. É o caso de Amargosa, que praticamente duplica a sua população de 40 mil habitantes no mês de junho. Lá, o impacto das festas juninas no PIB é muito grande, o equivalente a 10% de todas as riquezas geradas. Segundo dados da Prefeitura, R$ 30 milhões é o montante gerado nesse período de festividades.

A pesquisa do OBec mostra ainda que quadrilhas juninas, agentes culturais, pequenas indústrias como as de fogos de artificio e licor também amargam o prejuízo da falta do xote, do xaxado e do baião.

Por iniciativa da deputada federal Lídice da Mata (PSB-BA), esses impactos foram discutidos no dia 1º, em audiência na Comissão de Cultura da Câmara, presidida pela também parlamentar e baiana Alice Portugal (PCdoB). No encontro, músicos, agentes culturais e representantes de associações propuseram algumas ações para mitigar os prejuízos que vão desde a realização de lives remuneradas por prefeituras e governos com recursos da Cultura, bem como a desburocratização do acesso a crédito e até mesmo a inclusão de categorias ligadas à cultura e ao entretenimento em uma nova modalidade de auxílio-emergencial. A partir destas solicitações, um documento será entregue ao Consórcio de Governadores do Nordeste, à Confederação dos Municípios e ao Governo Federal.

A conclusão deste cenário é que o São João não é só festa, mas uma das principais ferramentas de inclusão cultural, social e econômica do Brasil. Vacina já !

*Gabriel Carvalho é publicitário e jornalista

Leia mais...

O LIXO NOSSO DE CADA DIA

À noite, a diversão está garantida.

Lanchonetes lotadas, ambulantes à solta e food trucks desordenados. Fornecedores de alimentos e demais geradores do lixo nosso de cada dia. Além disso, consumo do resto de alimentos por parte das muitas pessoas em situação de rua, principalmente quando chega a madrugada. As lixeiras desses estabelecimentos até então comportadas se transformam em dejetos espalhados por todos os lados que assim ficarão até a próxima coleta do lixo urbano.

(mais…)

Leia mais...

ENTREVISTA: DR. UADSON ARAÚJO, CIRURGIÃO DE CABEÇA E PESCOÇO AGORA EM ILHÉUS

Dr. Uadson Araújo, cirurgião de cabeça e pescoço está de volta a Ilhéus para atender na Clínica Avantti, denominada anteriormente como Otoclin, recém reinaugurada no Centro de Saúde Dr. Gutenberg Lucena um empreendimento de Dr. Gustavo Leal.

Nascido em Ilhéus e casado com a enfermeira e itabunense Lorena Araújo, residem com seus dois filhos em Vitória da Conquista – BA, onde construiu sua carreira como cirurgião de cabeça e pescoço. Dr. Uadson é graduado em medicina na Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) em 2006; no período de 2010-2011 atuou como cirurgião geral na Santa Casa de Itabuna; 2012-2013 foi residente do Hospital Aristides Maltez em Salvador onde fez sua especialização em cirurgia de cabeça e pescoço.

(mais…)

Leia mais...

ACI, RONALDO ABUD, MAURO RIBEIRO

Noite do dia 14 de junho de 2015. O salão de festas da Associação Atlética do Banco do Brasil ( AABB ), bairro São Judas, na cidade de Itabuna, estava literalmente ornamentado para a posse do empresário Ronaldo Eustáquio Abud da Silva na presidência da centenária Associação Comercial da cidade. O mundo empresarial, político, econômico, social e financeiro de Itabuna e região se confraternizava naquela noite.

(mais…)

Leia mais...

ACONTECÊNCIAS #08

Por Josias Miguel*

O QUE SERÁ O AMANHÃ, COMO VAI SER O MEU DESTINO, JÁ DESFOLHEI O BEM ME QUER

…e assim por diante a cantora e compositora Simone escreveu.

Quem saberá dizer o que será o amanhã do Vereador de Ilhéus Jerbson Morais (PSD) ? Em recente entrevista o Vereador disse que a relação de conflito entre ele e o Prefeito Marão (PSD) é pessoal e não institucional. Será? Como separar uma coisa da outra se aos olhos dos atentos a rebeldia do Vereador não condiz com a gratidão que seria normal, dele ao Marão, primeiro pela oportunidade de ser Secretário de Desenvolvimento Econômico e dali fazer trampolim para a sua reeleição para Vereador e posteriormente Presidente da Câmara Municipal.

Qual teria sido o motivo da birra do Vereador? Dizem que o problema surgiu quando Marão planejou lançar a esposa, Soane, como pré-candidata a deputada estadual. O correligionário do PSD se sentiu desprestigiado porque se julgou ter melhores condições do que a primeira dama para disputar o pleito.

Será? Aí me parece birra de menino. Ingratidão é condenável sempre.

PARQUE DE EXPOSIÇÕES DE ITABUNA

O Sindicato Rural de Itabuna está gestando contrato de parceria comercial para possibilitar o funcionamento do Parque Antônio Setenta de forma permanente a partir de setembro próximo. Em comunhão entre a Prefeitura de Itabuna e o Governo do Estado, um grande projeto será levado à execução, contemplando diversos seguimentos empresariais, além do natural agropecuário, inclusive artísticos e culturais, criando ambiente de lazer para os itabunenses e população regional.

Itabuna viverá nova temporada de alegria e bons negócios.

*Articulista e Marqueteiro Político

Leia mais...

E SALLES ESTÁ PASSANDO A BOIADA

O vídeo da reunião ministerial que causou mais rebuliço, por ter sido o motivo principal da saída do ex-ministro Sérgio Moro, divulgada no dia 22 de maio do ano passado, ainda faz muito barulho. Isto porque as gravações mostram o ministro do meio ambiente, Ricardo Salles, tecendo algumas declarações no mínimo controversas. Ele disse durante a reunião que deveria ser aproveitado o momento em que os olhos da mídia estavam fixos na pandemia (que naquela época contava com um pouco mais de 21 mil mortos pela doença) e disse: “oportunidade” para “ir passando a boiada e mudando todo o regramento e simplificando normas [ambientais] (…) de baciada”

Não seria muita coincidência que está tramitando no Congresso Nacional um famigerado projeto de lei ambiental, o qual causou muitas revoltas e discussões, pois facilita e muito o processo de licenciamento ambiental, e, cuja a reputação não está sendo uma das melhores, para se ter uma noção, este projeto já estava engavetado na câmara por 17 anos. Ele já tem um tempo que foi aprovado pela Câmara, mais precisamente em 5 de maio, e agora, ele foi para o Senado para ser analisado, e aprovado ou vetado, em todo, ou em partes.

(mais…)

Leia mais...

“VAMOS RESISTIR, E NUNCA DESISTIR”

Começo meu apelo hoje com essa frase, recebida por um amigo também Coordenador de Núcleo, em um dos nossos vários momentos de desabafo e consolo frente a todas as dores das perdas e dificuldades enfrentadas nessa batalha.
Vivemos um cenário cada dia mais preocupante. Dias difíceis, duros, tristes.

Hoje, temos na Bahia 1.025.987 casos confirmados de COVID 19, 4.620 nas últimas 24 horas. Assistimos uma mudança no cenário da dinâmica do vírus.

Analisando os dados apresentados pela DIVEP/SESAB na última reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) no último dia 02/06/2021, podemos observar claramente que entre os meses de janeiro a maio, o número de casos confirmados tem aumentado nas faixas etárias compreendidas entre 20 a 59 anos. Da mesma forma, comparando-se o número de óbitos no mesmo período, constatamos que os mesmos aumentaram principalmente entre as pessoas com idade entre 30 a 59 anos.

(mais…)

Leia mais...

ACONTECÊNCIAS #07

Por Josias Miguel*

MEIO AMBIENTE E PRISÃO

Ao que parece, no Brasil de meu Deus somente ele pode frear o desmatamento devastador da flora brasileira. Aqui nossos parlamentares criam Leis para não se cumprir, onde Ministro de Estado do Meio Ambiente é suspeito de envolvimento ilegal com extração e exportação de madeiras no Amazonas.

E ali, bem pertinho, em Iguaí, com a conivência do poder público a mata atlântica está virando pó de serra, segundo denúncia constante em vídeo encaminhado a esta coluna. Só a prisão destes indivíduos poderá inibir o fim das nossas matas. Se a Lei for cumprida, o que aliás é dificil acontecer.

Covid-19 está infectando os pulmões humanos e os “humanos” destroem o pulmão do mundo.

*Analista e Marqueteiro Político

Leia mais...

E SE EU TE CONVIDAR PARA FAZER PARTE DESSE EFEITO DOMINÓ?

Estava refletindo sobre a velocidade das redes sociais e da notícia, a quantidade de fake news gerada incessantemente e tentando, no meio dessa atribulação mental toda, esquematizar a linha de trabalho da equipe de comunicação que está me acompanhando em uma nova fase à qual estou embarcando. É que é tudo tão rasteiro que se a gente não se percebe, embarca em um efeito dominó de sentimentos dúbios e chega lá no final do dia exaurido, se perguntando. “Eu tive um dia ruim por qual razão, mesmo?”, sem se dar conta que foi lá naquele Bom Dia lotado de desaforos morais e políticos na palma das mãos.

Sei lá se estou certa ou errada, mas quero falar do que é bom! Mostrar o que vale à pena da vida e da Bahia! Perpetuar no espaço o que vale o nosso tempo de verdade! “Talvez seja a hora de tirar de cena os textos mais pessoais, que me afastam da Manu jornalista e me conectam diretamente com uma mulher mais sensível que nem sempre gosto de mostrar ao mundo”, pensei, naquela caminhadinha matinal marota no país Itabuna, ao redor do Rio Cachoeira. Mas sei lá, numa pandemia, onde nada faz muito sentido, tudo anda fazendo mais sentido ainda.

(mais…)

Leia mais...

1º DE JUNHO: A IMPRENSA COMO JANELA PARA O MUNDO REAL

Por natureza, a humanidade tem a necessidade de fugir de sua realidade. Vide o sucesso do cinema, videogames ou redes sociais. Seja qual for o ímpeto que nos faz fechar os olhos para o mundo real, a imprensa segue vigilante, mesmo quando atacada por aqueles que juraram defender o cumprimento da liberdade.

O dever de ser um vigilante dessa liberdade, impõe aos jornalistas a missão de revelar a verdade. Infelizmente, muitos pensam que a imprensa tem apenas o papel de informar, mas o que está nos bastidores da diagramação de uma notícia tem muito mais a ver com direito e liberdade, do que informar um fato.

O direito de informar e ser informado. Direito esse que na filosofia, Immanuel Kant afirma que ‘devemos fazer uso do nosso próprio entendimento, pensar sobre o mundo, sobre as instituições e também tornar isso público’.

(mais…)

Leia mais...

ACONTECÊNCIAS #06

ITABUNA E OS BASTIDORES DA POLÍTICA

Inegável que a terra grapiúna necessita urgentemente de mandar para a Assembleia Legislativa e para a Câmara Federal representantes com potencial de tirar do ostracismo nossa Itabuna. O problema está nas verdadeiras intenções das candidaturas que se apresentam no momento.

Para a Assembleia da Bahia ao que parece será mandada a primeira dama Andréa Castro. Augusto tem se movimentado bem na alta esfera política, ao tempo em que pavimenta sua gestão com paciência e sabedoria. Pesquisas de consumo interno mostram que a esperança do eleitorado de que fará um bom governo ainda está praticamente no mesmo patamar das eleições.

Considerando que sua guinada à condição de Prefeito esmagou velhas lideranças e liquidou os caciques políticos dessas bandas, forçando a antecipação necessária da renovação política salutar a democracia, lhe permite almejar a eleição de Andréa com objetivo de ampliar sua influência junto ao futuro Governador da Bahia, seja lá quem for e trazer para cá obras estruturais e de geração de emprego e renda.

(mais…)

Leia mais...

O CONSELHO TUTELAR E SUAS ATRIBUIÇÕES: PERIGO DAS DISTORÇÕES

Tornou-se comum ouvir frases do tipo: “O Conselho Tutelar não está presente nas festas”; “mas eu não vejo o trabalho do Conselho”; “aquela família pobre não tem condições de criar os meninos, porque o conselho tutelar não tira?”; “o Conselho tirou o filho da vizinha”, entre tantos outros questionamentos que são pontuados diariamente, principalmente quando passa aquele carro plotado com o nome do órgão.

O Conselho Tutelar ele tem suas atribuições (funções) muito bem descritas no art. 136, e por vezes o não conhecimento dessa realidade faz com que a sociedade civil recaia na ideia do senso comum de achar que o Conselho deve estar nas festas ou “tirar adolescentes de delegacia”.

Quando pensar que a maioria das pessoas não percebem a atuação do Conselheiro ou Conselheira, entenda que o trabalho é sigiloso já que estamos falando de crianças e adolescentes. A partir do momento em que as situações são expostas, estes servidores infringem o que diz o ECA no seu Art. 18; “é dever de todos velar pela dignidade da criança e do adolescente, pondo-os a salvo de qualquer tratamento desumano, violento, aterrorizante, vexatório ou constrangedor.” Tal artigo garante que é proibida a divulgação de imagens e situações que identifique a criança ou adolescente e ainda assim o conselheiro tutelar, se for necessário, se expõe para atender as demandas em lugares considerados perigosos e em horários que a maioria da população já descansa.

(mais…)

Leia mais...

O FUTEBOL E A ATITUDE DE IGNORAR A PANDEMIA

Não é novidade que o Brasil acumula recordes de infectados e mortos em decorrência da pandemia causada pelo vírus da Covid-19. Todas as áreas que compõem a cultura sofreram e sofrem com as normas adotadas pelos governos na tentativa de contenção do avanço do contágio no país, como por exemplo, os eventos de entretenimento.

O futebol para o(a)s brasileiro(a)s funciona como uma espécie de religião e não há como negar: temos o DNA desse esporte em nossas vidas, afinal, quem nunca torceu pela seleção brasileira nas copas do mundo? Sim, a maior parte das pessoas que vivem no Brasil já colocaram suas emoções na torcida para algum time de futebol e vários são os nomes brasileiros que encantaram e encantam o mundo com as bolas nos pés.

Esse esporte sofreu os primeiros impactos da pandemia ao ser praticado sem receber o público nos estádios, torcedores que apoiam e depositam, de certa forma, um pouco de felicidade em meio a tanto caos que se vive desde antes da pandemia. O futebol serve como um alento às lutas que o(a) brasileiro(a) trava todos os dias para sobreviver.

(mais…)

Leia mais...

CAVALETE MODAL DO SUL DA BAHIA, SEUS DESAFIOS!

Por Luciano Robson Rodrigues Veiga*

A Região Sul da Bahia caminha para consolidação de um importante CAVALETE MODAL, composto por: Porto, Aeroporto, Rodovias e Ferrovia. Um Cavalete de grande e variado impulso logístico, com composição integrada própria, porém, com necessidade de harmonização e articulação dos seus quatro pés/elementos.

Este complexo modal sistêmico e diverso, resulta em uma unidade competitiva sui generis. Porém, a sua força está no conjunto e harmonização dos seus elementos, que são complementares e não concorrentes. A exemplo, do liame entre a ferrovia e o porto –elementos complementares e necessários à sustentabilidade modal.

O cavalete modal em construção, resultará em uma nova e importante revolução nos segmentos: primários (ampliação e variação da cadeia produtiva do agronegócio), secundário (novas indústrias), terciário (revolução nos setores de serviços e logística), bem como do terceiro setor, com ênfase na tecnologia, ciência e no meio ambiente.

(mais…)

Leia mais...

QUAL É A SUA VISÃO DE MUNDO, AFINAL?

Somos as nossas conexões e experiências, já escrevi isso outras vezes. São elas que proporcionam a nossa visão de mundo e assim as nossas perspectivas. “Manu, o que você vê à sua frente? ”, me questionou um profissional de saúde recentemente. “Você”, respondi. “E eu vejo você, com uma bolsa colorida nas mãos, um sorrisão bonito e olhos curiosos. Você sabe que seus olhos passam essa curiosidade né? ”, sorriu. “Você não está errada na sua resposta, nem eu na minha. Nós só estamos em um mesmo ambiente, mas vendo coisas completamente diferentes”. Passei alguns dias pensando sobre isso e como transformar essa pauta neste texto que você lê agora.

Dia desses, voltando de Salvador, um amigo teve a ideia de entrarmos em Cachoeira para conhecermos de perto Edson Gomes, cantor e compositor baiano de destaque nos anos 80 e 90 através do reggae. Numa escala de preferências, mesmo sendo uma apaixonada por música e manifestações culturais, confesso que o reggae não configura o topo da minha lista, mas ainda assim topei a empreitada, que foi um desastre. Conseguimos achar a casa dele, que apareceu na sacada e disse que não iria descer para tirar uma foto porque estava ocupado. Passei o restante da viagem rindo da decepção do fã, e essa história me trouxe algumas lições na sequência.

(mais…)

Leia mais...