Prefeitura de Ilhéus julho/ago
Laryssa Rocha
Faculdade de Ilhéus
Jequitibá
Pref itabuna
Câmara itb 1
Ieprol

COELBA É ACIONADA NA JUSTIÇA POR FALHAS E IRREGULARIDADES EM SERVIÇOS PRESTADOS EM BAIRROS DE SALVADOR

O Ministério Público estadual ajuizou nesta quarta-feira, 22, ação civil pública contra a Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba). Segundo a promotora de Justiça Joseane Suzart, a empresa cometeu irregularidades que prejudicam a eficácia do fornecimento de energia em vários bairros de Salvador e atentam contra o direito à segurança e à informação dos consumidores.

Entre os problemas apontados, estão a retirada irregular de equipamento de barramento; falta de manutenção e instalação inadequada de postes de iluminação; desligamento automático da rede de iluminação pública, após a identificação de furto de energia elétrica; ausência de um serviço de atendimento adequado e eficiente e a não disponibilização de técnicos para a averiguação de danos elétricos causados nos eletrodomésticos em razão de quedas de energia. As irregularidades foram denunciadas ao MP por consumidores de diversos bairros e localidades de Salvador, como Mussurunga, Parque de São Cristóvão, Lobato, Ribeira, Pero Vaz e Engenho Velho de Brotas. Conforme a promotora, a Coelba não prestou informações e esclarecimentos solicitados pelo MP sobre os problemas relatados.

Na ação, Suzart solicita à Justiça que determine à Coelba, em decisão liminar, a urgente verificação em todos os bairros de Salvador dos postes de iluminação que precisam ser reparados, substituídos ou trocados de local, e de fiação solta, inadequada ou deteriorada para imediata reparação ou substituição. Foi soliticado também que a companhia seja obrigada a deixar de desligar automaticamente a rede de iluminação pública em caso de identificação de furto e passe a prestar aos consumidores informações de fácil apreensão quanto à prestação do serviço e dos requisitos para realizar nova ligação de energia.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.