Ieprol – Matrículas Abertas – Desktop Mobile
Buerarema – Fevereiro Roxo e Laranja – Desktop/Mobile
Plansul – 31 anos – Desktop/Mobile
Itajuípe – Dengue Novo – Desktop/Mobile
AACRRI – Reconstrução PIX – Desktop/Mobile

COLÉGIO POLIEDRO OFERECE PALESTRA ONLINE COM SOBREVIVENTES DA EXPLOSÃO NUCLEAR DE HIROSHIMA

Explosão completa 75 anos neste mês; encontro será transmitido pelo YouTube e busca ampliar o entendimento dos estudantes sobre esse fato histórico

No dia 2 de setembro, o Colégio Poliedro promoverá uma palestra virtual com três sobreviventes da explosão nuclear em Hiroshima, episódio que completou 75 anos neste mês. A palestra será transmitida ao vivo, das 18h30 às 20h, no canal do Poliedro no YouTube: http://youtube.com/tvpoliedro. O objetivo é proporcionar aos alunos, e ao público em geral, um maior entendimento desse marcante fato histórico.

A explosão da bomba nuclear em Hiroshima aconteceu no dia 6 de agosto de 1945, durante a 2ª Guerra Mundial, e as ocorrências em Hiroshima e Nagasaki compõe o primeiro e único momento na história em que armas nucleares foram usadas em guerra e contra alvos civis. Mais de 130 mil pessoas morreram em decorrência da explosão. Junko Watanabe, Kunihiko Bonkohara e Takashi Morita são alguns dos sobreviventes dessa tragédia e, atualmente, moram em São Paulo. O encontro será mediado pelo professor de Física do Colégio e Curso Poliedro, Alexandre Sasaki, e pelo professor André Lopes Loula, representante da Associação Hibakusha Brasil pela Paz, da qual os sobreviventes fazem parte.

Os sobreviventes vivenciaram momentos terríveis e perderam familiares e amigos. Mesmo assim, mantiveram a perseverança, a vontade de viver e a vontade de ajudar outras pessoas. Eles irão compartilhar suas experiências na época do acontecimento e contar como tudo isso impactou suas formas de pensar e lidar com a vida.

O coordenador do Colégio Poliedro de São Paulo, Luiz Otávio Ciurcio Neto, explica que o evento também tem como propósito estimular o senso de empatia e de perseverança nas pessoas.

“No momento atual, a mensagem de pessoas que superaram uma situação tão difícil pode ser um estímulo importante para o sentimento de perseverança. A comunidade escolar e outros públicos terão contato com sobreviventes da terrível explosão nuclear de Hiroshima, sendo que um deles possui 96 anos. Certamente será um momento muito rico para todos”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.