Buerarema
Plansul
COLÉGIO JORGE AMADO
Pref ilheus junho
Ieprol

COLETA SELETIVA: CATADORAS DE RECICLÁVEIS CELEBRAM O DIA DAS MÃES EM ITABUNA

O Dia das Mães uniu catadoras e catadores de materiais recicláveis de Itabuna em uma celebração no galpão da AACRRI, a associação responsável pela coleta seletiva no município. Há três meses o coletivo trabalha no galpão, que fica no bairro Lomanto. Na quinta-feira, as catadoras foram homenageadas com a exibição de um vídeo com fotos de suas famílias, sorteio de brindes e um lanche de confraternização pela data.

O evento reuniu cerca de 30 pessoas e foi organizado pela Defensoria Pública da Bahia, por meio do programa Mãos que Reciclam. As catadoras foram brindadas com o sorteio de produtos e serviços, ofertados por empresas e empreendedores da região. O evento recebeu o apoio de Boticário, Drogaria Velanes, Grupo Esperança, Doce Mistura, Anjos Colchões, Soluções Impressões, Mais Saúde do Idoso, Daniela Sá, Nanda CakeArt, Vitor Tabarini, Lilian Borges e Neide Borges.

“Nas visitas e na convivência com as famílias, percebi que a maioria das mulheres são mães “solo” e escutei de cada uma delas que se sentiam esquecidas pela sociedade, por fazer parte do “lixão”. Isso me sensibilizou muito. Então aproveitamos a oportunidade para demonstrar que elas não estão esquecidas, que, além de profissionais da reciclagem, chefes de família, são mulheres extraordinárias que conseguem vencer no dia a dia para sustentar os seus filhos. Um grupo de amigos, juntamente com a Defensoria Pública da Bahia, abraçou a causa, tornando realidade algo simples, porém de grande importância para elas”, afirmou Andréa Pires dos Reis, assistente social da Defensoria Pública.

*Coleta seletiva em Itabuna* Criado em 2016, o programa Mãos que Reciclam fomenta e aprimora a coleta de materiais recicláveis no estado. A ação tem o objetivo de acompanhar a implementação da Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei nº 12.350/10), garantindo a inclusão socioeconômica de catadores e catadoras.

Em Itabuna, o programa auxiliou a criação da AACRRI durante o fechamento do lixão da cidade, em 2021. Um ano depois, já associados, os catadores estão contratados pela prefeitura de Itabuna para realizar a coleta seletiva no município. Em três meses, a associação já recolheu e destinou corretamente cerca de 180 toneladas de materiais que antes eram descartados a céu aberto.

Neste início de maio, a coleta seletiva já alcança seis bairros, onde estão instalados ecopontos para a entrega do material. Os moradores de Itabuna podem colaborar deixando voluntariamente seus resíduos nos pontos instalados em praças e logradouros públicos. A associação também disponibiliza um número de WhatsApp (73-8181-1136) e um perfil no Instagram (@aacrri) para agendar pedidos de coleta feitos pelos cidadãos.

Os ecopontos de Itabuna estão disponíveis na Praça São Caetano, Praça Mangabinha, Praça Conceição, Praça Adami, Praça Camacã, Praça Califórnia, Praça Santo Antônio e Avenida Aziz Maron.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.