COLÉGIO JORGE AMADO
Pref ilhéus
Buerarema
Plansul
Ieprol

COM UM SALTO DE MAIS DE 200% NOS ATENDIMENTOS MÉDICOS E AUMENTO NOS PEDIDOS DE ALUGUEL SOCIAL JUSSARI COMEÇA A ENFRENTAR OS PROBLEMAS PÓS CHUVAS

A Prefeitura Municipal de Jussari fez o dever de casa através da Secretaria de Administração realizando a manutenção preventiva, limpeza de bueiros e desobstrução de canais por onde há o escoamento das águas nos períodos chuvosos, as ações diminuíram significativamente os danos causados pelas fortes chuvas que atingiram a região. Sem alagamentos, o município tem enfrentado outro problema causado pelas mudanças climáticas, o surto de gripe, com aumento em mais de 200% na busca pelos serviços de saúde. A Secretaria de Assistência Social também está recebendo mais solicitações do aluguel social.

De acordo com o Secretário de Saúde Agnaldo Sotero o sistema de saúde está sobrecarregado, mas todos que buscam as unidades de saúde estão sendo atendidos. “Sabemos que o surto de gripe não atingiu apenas o município de Jussari e que todo o estado está enfrentando mais esse problema, para atender nossa comunidade da melhor maneira possível, aumentamos o número de profissionais e estamos trabalhando com plantões diários, todas as nossas unidades de saúde estão funcionando em sua capacidade máxima. A orientação é manter os cuidados já adotados por conta da pandemia da Covid-19 como uso de máscara, distanciamento social e, em caso de sintomas gripais, procurar a unidade de saúde mais próxima. Para intensificar os alertas a comunidade lançamos um comunicado que está sendo amplamente divulgado com orientações sobre o atual momento e sobre os procedimentos a serem adotados”, informou o secretário.

Já a Secretária de Assistência Social Edner Costa informou que a procura pelo aluguel social cresceu significativamente após as últimas chuvas. “Algumas residências em nosso município acabaram sofrendo danos nos telhados como transbordamento de calhas e gotejamento provocados pelo excesso de chuvas. O aluguel social é fornecido apenas para quem vive em situação de vulnerabilidade e são essas pessoas que mais sofrem as consequências das chuvas em nossa região”.

O Prefeito Antônio Valete que também é presidente do Consórcio Intermunicipal da Mata Atlântica (CIMA), tem buscado junto a instituições, municípios consorciados e órgãos governamentais a criação de um comitê gestor voltado para as questões ambientais. “Pode até parecer repetitivo mas não podemos fechar os olhos para os avisos que a natureza está nos dando, precisamos rever nossas ações, cuidar dos resíduos sólidos, da preservação dos rios e nascentes bem como cuidar do nosso bioma da Mata Atlântica. Os efeitos da chuva são imensuráveis, diante de tantos problemas que poderemos enfrentar futuramente, o surto de gripe é apenas um deles”, completou o prefeito.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.