Buerarema
Plansul
COLÉGIO JORGE AMADO
Pref ilheus junho
Ieprol

COVID-19: ANVISA APROVA USO DE ANTIVIRAL E CONCEDE REGISTRO DEFINITIVO PARA VACINA DA ASTRAZENECA

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa, aprovou nesta sexta-feira (12) o uso do antiviral Remdesivir, primeiro medicamento a ter recomendação em bula para pacientes da Covid-19, que é desenvolvido pela biofarmacêutica Gilead Sciences.

A Anvisa concedeu também o registro definitivo da vacina de Oxford, produzida em parceria com o laboratório AstraZeneca. Com essa decisão, o imunizante fica liberado para ser utilizado na população em geral.

Raphael Sanchez, que é especialista da gerência de qualidade de medicamentos da Anvisa, explicou que o medicamento Remdesivir será comercializado em forma de pó para solução injetável, onde deverá ser reconstituído no momento da aplicação. Aqui no país, o medicamento terá o nome comercial de Veklury e um prazo de validade de 36 meses.

Um frasco do medicamento remdesivir, fabricado pela Gilead / Ulrich Perrey/POOL/AFP

O uso do antiviral pode ser feito em pessoas com idade acima de 12 anos, com pelo menos 40 quilos, que estejam com pneumonia e precise do uso de oxigênio. A aplicação do remédio foi recomendada em dose única inicial de 200mg, administrado por infusão intravenosa. A partir do segundo dia, a Agência recomenda a aplicação de 100mg. O medicamento poderá ser usado por no mínimo 5 dias, chegando a 10 dias se necessário.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.