Encanthé
Shopping
Ubaitaba Inst novo
URUÇUCA
Vidro Tech

DEFESA DE LULA ENUMERA SETE FATORES QUE DEMONSTRARIAM PARCIALIDADE DE SÉRGIO MORO

No julgamento de mais um pedido de Habeas Corpus impetrado pela defesa do Ex-presidente Lula, o advogado Cristiano Zanin, da tribuna, disse que todo cidadão tem direito a um julgamento justo, conduzido por um juiz imparcial e enumerou sete fatos que demonstrariam a parcialidade de Moro, culminando com o convite para integrar governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL).

Entre os sete argumentos da defesa que demostrariam a parcialidade de Moro, estão a condução coercitiva de Lula, a divulgação de áudio com a então Presidenta Dilma Rousseff, a atuação de Sérgio Moro para evitar a ordem de soltura determinada pelo Desembargador Rogério Favreto e a aceitação do convite feito por Jair Bolsonaro.

No HC, a defesa de Lula pede que seja declarada a nulidade do processo que resultou na sua condenação por corrupção passiva e lavagem de dinheiro à pena de 12 anos e um mês de reclusão no caso do triplex do Guarujá (SP) e requer que sua liberdade seja restabelecida.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.