Ieprol – Matrículas Abertas – Desktop Mobile
Plansul – 31 anos – Desktop/Mobile
AACRRI – Reconstrução PIX – Desktop/Mobile

DEFESA DE LULA ENUMERA SETE FATORES QUE DEMONSTRARIAM PARCIALIDADE DE SÉRGIO MORO

No julgamento de mais um pedido de Habeas Corpus impetrado pela defesa do Ex-presidente Lula, o advogado Cristiano Zanin, da tribuna, disse que todo cidadão tem direito a um julgamento justo, conduzido por um juiz imparcial e enumerou sete fatos que demonstrariam a parcialidade de Moro, culminando com o convite para integrar governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL).

Entre os sete argumentos da defesa que demostrariam a parcialidade de Moro, estão a condução coercitiva de Lula, a divulgação de áudio com a então Presidenta Dilma Rousseff, a atuação de Sérgio Moro para evitar a ordem de soltura determinada pelo Desembargador Rogério Favreto e a aceitação do convite feito por Jair Bolsonaro.

No HC, a defesa de Lula pede que seja declarada a nulidade do processo que resultou na sua condenação por corrupção passiva e lavagem de dinheiro à pena de 12 anos e um mês de reclusão no caso do triplex do Guarujá (SP) e requer que sua liberdade seja restabelecida.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.