Ieprol – Matrículas Abertas – Desktop Mobile
Plansul – 31 anos – Desktop/Mobile
AACRRI – Reconstrução PIX – Desktop/Mobile

DILEMA: MÃES X CRECHES

 

As mulheres são a maioria no mercado de trabalho e muitas que são mães de criança, têm a necessidade de conciliar a vida profissional com a maternidade, acabam se deparado com a decisão de deixar seus filhos em uma creche ou optar por outras alternativas, como contratar um cuidador ou contar com a ajuda de familiares.

De início, a creche parece a solução mais acessível e prática para essas mães que precisam trabalhar fora de casa. Além disso, as creches oferecem um ambiente seguro e estimulante para as crianças, com profissionais capacitados para cuidar delas e desenvolver suas habilidades e competências. No entanto, muitas mães têm receios e dúvidas em relação à qualidade do atendimento das creches, especialmente em relação à atenção individualizada às crianças, à higiene e à alimentação.

Outro dilema que as mães enfrentam, é a falta de creches. Segundo os dados do Censo Escolar de 2020, realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), o Brasil tem cerca de 66 mil creches, com capacidade para atender aproximadamente 7,3 milhões de crianças de 0 a 3 anos.

Porém, apesar do grande número de creches, ainda há uma demanda insuficiente para atender todas as crianças nessa faixa etária. Ainda de acordo o mesmo censo, há cerca de 3,5 milhões de crianças de 0 a 3 anos fora da escola, o que representa uma taxa de atendimento de aproximadamente 50%.

Diante desse cenário, muitas mães acabam avaliando suas prioridades e necessidades, bem como as opções disponíveis, para tomar uma decisão que seja a melhor para si e para seus filhos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.