Plansul
FICC
CVR
Buerarema
COLÉGIO JORGE AMADO
Pref ilheus junho
Ieprol

EDITAL OURO NEGRO 2023 RECEBE NÚMERO RECORDE DE INSCRIÇÕES

A Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) e a Secretaria de Promoção da Igualdade Racial e dos Povos e Comunidades Tradicionais (Sepromi) divulgaram nesta quinta-feira (19), os resultados preliminares da seleção do Edital Carnaval Ouro Negro 2023. Neste ano, o aporte disponibilizado é de R$ 8 milhões para este edital, o maior ao longo das 14 edições da série histórica.

O número de inscritos também é recorde. Foram 199 propostas de 123 instituições de matriz africana dos segmentos afro, afoxé, samba, reggae e de índio, que desfilam no Carnaval de Salvador. Destas, foram classificadas preliminarmente 57 entidades gerando um montante a ser investido de mais de R$ 7,47 milhões.

Para o secretário de Cultura, Bruno Monteiro, o Edital Carnaval Ouro Negro é uma importante ferramenta democrática de acesso aos investimentos públicos. “Os Editais são instrumentos das políticas públicas de fomento que garantem igualdade de oportunidades e transparência no uso do recurso público. Quando esses fomentos são para a comunidade negra e povos originários são ainda mais importantes, pois valoriza esses grupos historicamente excluídos e mantém vivo seu importante legado histórico e social”, explicou Monteiro.

As entidades ainda podem interpor recurso entre os dias entre 20 e 25 de janeiro de 2023, apenas presencialmente, na sede da SecultBA, localizada na Rua Conselheiro Spínola, s/n – Barris, Salvador – BA. O resultado preliminar pode ser acessado nas páginas oficiais da Secult e Sepromi.

O Governo do Estado segue fortalecendo o carnaval dos blocos de matrizes africanas através do edital Carnaval Ouro Negro. Na sua 14ª Edição o edital contempla e estimula a participação de agremiações oriundas das diversas comunidades de Salvador, que tem na folia o ápice para as diversas atividades sociais que são desenvolvidas ao longo do ano. Indumentárias, toques percussivos, danças, performances e cantos fazem parte dos espetáculos, que trazem em si a força da ancestralidade e da tradição, na construção de uma cultura cidadã.

CONFIRA O RESULTADO PRELIMINAR (http://www.cultura.ba.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=391)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.