COLÉGIO JORGE AMADO
Pref ilhéus
Buerarema
Plansul
Ieprol

FICC PROMOVE I EDIÇÃO DO CIRCUITO DE CULTURA-AFRO ITABUNENSE PARA CELEBRAR O MÊS DA CONSCIÊNCIA NEGRA

A Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania – FICC – em conjunto com o Conselho Municipal de Politicas Culturais de Itabuna iniciou nesta terça (16), a 1ª Edição do Circuito da Cultura Afro Itabunense promovendo ações de valorização e reflexão através de eventos culturais e educativos para celebrar as conquistas históricas do povo negro brasileiro e reafirmar a consciência cidadã contra o racismo estrutural que institui o mês corrente como marca da Consciência Negra.

Dos dias 16 a 18 de novembro, serão realizadas oficinas e apresentações de modalidades artísticas variadas relacionadas à cultura negra; rodas de debates sobre questões relacionadas às contribuições históricas, políticas e culturais dos afrodescendentes; entre outras atividades.

A programação contará com uma Oficina da Capoeira Angola, ministrada pelo Mestre Virgílio – Grupo Mucumbo, no dia 16 às 18h, no Espaço Cultural Josué Brandão. Já na quarta-feira, dia 17, às 15h, haverá uma Oficina de Teatro ministrada pela atriz Alba Cristina, no Teatro Municipal Candinha Dória.

Por fim, no dia 18, a partir das 18h30min, também no Teatro, serão montadas duas mesas temáticas para debate. A primeira,“A importância da Cultura Negra na formação da identidade do povo itabunense”, conta com a participação de Lula Dantas, Alba Cristina e prof. Joana Angélica – reitora da UFS. Já a segunda mesa, “Desafios e perspectiva da luta antirracista no quadro de pandemia e ameaça à democracia” será com Egnaldo França e prof. SasKya (UESC).

Esse evento realizado pela FICC é uma construção conjunta entre a fundação e os nomes itabunenses que fortalecem a luta na região, utilizando a sua arte para perpetuar os saberes culturais e históricos da população negra. Sem dúvidas, um grande marco da gestão em prol dessa conscientização.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.