Ronaldão
Plansul
COLÉGIO JORGE AMADO
Buerarema
Pref ilheus junho
Ieprol

GOVERNADOR SEGUE À FRENTE DAS AÇÕES DE APOIO AOS MUNICÍPIOS ATINGIDOS PELAS CHUVAS

Nesta segunda-feira (27), o governador Rui Costa segue à frente das ações de apoio às cidades atingidas pelas chuvas e resgate de vítimas, atuando diretamente do gabinete avançando montado em Ilhéus. Pela manhã, acompanhado da primeira-dama do Estado, Aline Peixoto, Rui visitou os municípios de Itororó e Itapetinga e sobrevoou a região para verificar o trabalho de socorro, composto por 153 bombeiros e policiais militares.

As forças baianas operam na região com apoio de agentes do Ceará, Espírito Santo, Minas Gerais, São Paulo, Rio Grande do Norte, Maranhão, Paraíba e Sergipe, além da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Vinte viaturas, 10 aeronaves, oito botes e um barco também foram mobilizados.

Rui agradeceu o apoio recebido de outros estados para ajudar na operação. “Eu quero agradecer o esforço de todas as equipes, inclusive dos voluntários que estão ajudando. Também quero agradecer aos governadores que estão ajudando. Nossa prioridade no momento é resgatar as pessoas que estão em risco. Estamos com helicópteros operando nas diversas cidades, resgatando as pessoas. Infelizmente, ontem [26], não conseguimos acessar as regiões mais altas e montanhosas por causa do mau tempo e da falta de visibilidade, mas já retomamos as ações hoje pela manhã”, afirmou Rui, que está no sul da Bahia desde a manhã deste domingo (26).

Além do Corpo de Bombeiros (CBMBA), Superintendência de Proteção e Defesa Civil (Sudec) e da ajuda vinda de outros estados, o apoio às ações — que começaram no dia 8 de dezembro, quando as enchentes atingiram o extremo sul —, inclui a Casa Militar, secretarias de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), Desenvolvimento Urbano (Sedur), Comunicação Social (Secom), Casa Civil, Infraestrutura (Seinfra), Saúde (Sesab), Administração (Saeb), Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), Desenbahia e todas as outras instâncias estaduais, que se encontram em mobilização permanente.

O pátio do aeroporto de Ilhéus está sendo utilizado como base para as 10 aeronaves que atuam no salvamento de pessoas e também para a distribuição de medicações, alimentos e água em municípios como Ibicaraí, Itajuípe, Itapitanga, Coaraci, Camamu, Canavieiras, Igrapiúna, Itacaré, Maraú, Una, Uruçuca, Itambé, Itororó, Itapetinga e Dário Meira.

Além de Ilhéus, o governador implantou postos avançados em Itapetinga, Vitória da Conquista, Ipiaú e Santa Inês para facilitar o trabalho dos bombeiros e dar mais celeridade e eficiência às ações em outras regiões. Até o momento, o Corpo de Bombeiros confirmou 18 mortes em decorrência das chuvas.

Linhas de crédito

Nesta segunda-feira (27), Rui também anunciou que a linha de crédito para comerciantes que tiveram seus negócios destruídos pelas chuvas no sul e extremo sul será estendido para as outras regiões da Bahia que foram afetadas. O projeto de lei, enviado pelo governador e aprovado na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) no dia 14 de dezembro, prevê a liberação de R$ 20 milhões em financiamentos.

Os empréstimos de até R$ 150 mil não terão cobrança de juros. Já nos empréstimos feitos acima desse valor incidirá a taxa CDI (Certificado de Depósito Interbancário). O prazo para pagamento será de até 48 meses, com 12 meses de carência.

“Vamos replicar o que fizemos no extremo sul e no sul, com o apoio aos segmentos rurais, urbanos e aos comerciantes, com uma linha de crédito através da Agência de Fomento do Estado da Bahia [Desenbahia]. É um crédito sem juros para que comerciantes possam recomeçar as suas vidas. A chuva causou um grande estrago, mas, com a força e a energia do povo da Bahia, vamos começar a reconstruir esses locais”, disse.

O governador acrescentou que serão realizadas parcerias com os municípios atingidos para a reconstrução das casas em áreas mais altas. “Vamos reconstruir essas casas fora do alcance da água, para que, no futuro, a tragédia não se repita”.

Arrecadação

As Voluntárias Sociais da Bahia (VSBA), instituição presidida pela primeira-dama do Estado, Aline Peixoto, estão arrecadando alimentos não perecíveis, água, roupas e materiais de higiene e limpeza para ajudar as famílias atingidas pelas enchentes.

Na noite de domingo (26), dois caminhões carregados com 825 cestas básicas, colchões e outros mantimentos saíram da sede das VSBA, localizada no Campo Grande, em Salvador, em direção à região sul para serem distribuídos. Quem quiser ajudar pode entregar os materiais citados diretamente na sede das VSBA, das 8h às 20h.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.