Ieprol – Matrículas Abertas – Desktop Mobile
Itajuípe – Dengue Novo – Desktop/Mobile
Plansul – 31 anos – Desktop/Mobile
AACRRI – Reconstrução PIX – Desktop/Mobile
Buerarema – Fevereiro Roxo e Laranja – Desktop/Mobile

HOSPITAL ROBERTO SANTOS COMEMORA 44 ANOS NESTE DOMINGO

Neste domingo (05) o maior hospital público do Norte e Nordeste completa 44 anos. Fundado no dia 05 de março, o Roberto Santos, como é mais conhecido, foi criado com o objetivo de atender pacientes de todos os municípios baianos, em diversas especialidades. A unidade leva o nome do governador responsável pela sua idealização e inauguração.

Nessas quatro décadas, sua estrutura passou por diversas reformas e ampliações e hoje é considerado um complexo de saúde e conta 640 leitos e oferta de serviços de alta complexidade, além referência em: hemorragia digestiva, nefrologia, pediatria, clínica médica, cirurgia buco-maxilo-facial, cirurgia geral, neurocirurgia, cirurgia pediátrica e neonatal, maternidade de alto risco, entre outras especialidades médicas.

A diretora geral do hospital, Lucrécia Savernini, ressalta que o Roberto Santos é um grande Complexo Hospitalar, onde tem vários hospitais inseridos. “Por exemplo, nós temos aqui hospital de obstetrícia, hospital de gastro, além da assistência de alta complexidade como neurocirurgia, cirurgia gastro intestinal, a maior oferta de urologia também é aqui. Em paralelo, temos um grande ambulatório e uma clínica de hemodiálise”,

Ela aproveita esta data comemorativa para dizer que o HGRS está em franca expansão e, em breve, será inaugurado o Hospital do Homem.

O Roberto Santos também funciona como unidade de ensino, certificada pelos Ministérios da Saúde e da Educação, por onde passam profissionais das diversas áreas que são aprovados nas suas concorridas residências (médica e multiprofissional).

E os servidores que atuam no hospital há mais de 30 anos são unânimes em afirmar o importante papel social desenvolvido pela unidade desde sua fundação, considerando o seu perfil, que atende a diversas especialidades de alta complexidade, relatando que muitas vezes pacientes foram “salvos” por serem “atendidos aqui, que reúne, em um único lugar, uma equipe multiprofissional especializada”, como explicou o médico nefrologista, Roberto José Roberval Ferreira, que trabalha no HGRS há 31 anos.

Hospital Geral Roberto Santos (HGRS) em números:

A unidade possui números macros, a começar pelo seu número de colaboradores 6.920, entre servidores da Sesab, terceirizados e os programas de residência e estágio. São 640 leitos entre adultos, pediátricos, cirúrgicos, de UTI, dentre outros. Por mês, são realizados, no Hospital, aproximadamente 113 mil exames laboratoriais, 4,5 mil exames de imagem, uma média de 1.300 internamentos, dentre outros procedimentos que ocorrem na unidade e que também possuem números expressivos.

Maternidade de alto risco:

Dentro do Hospital ainda funciona uma maternidade de alto risco, voltada para atender pacientes graves ou com comorbidades, que podem ser atendidas exclusivamente no HGRS. Por mês são realizados cerca de 500 atendimentos e 220 partos, em pacientes provenientes da capital e de diversas regiões do Estado. O coordenador do Centro Obstétrico, Robert Pedroso, destaca que a maternidade se beneficia por estar dentro de um hospital de grande porte, pois conta com sua infraestrutura e o suporte técnico de serviços como: bioimagem, banco de sangue, clínica cirúrgica, neurocirurgia, cardiologia, laboratoriais, dentro outros.

Banco de sangue:

A Unidade de Coleta e Transfusão (UCT) foi inaugurada no HGRS em outubro de 2022, em substituição à Agência Transfusional que existia no local.  A coleta de sangue no hospital amplia capacidade de bolsas de sangue na unidade, que atende urgência e emergência, pacientes oncológicos e com quadros renais e hemorrágicos.

Serviço de onco-hematologia: o serviço de onco hematologia oferecido pelo HGRS está em fase de ampliação e faz parte do complexo formado pelo Centro Estadual de Oncologia (Cican) e Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Estado da Bahia, como explicou o médico Fernando Vieira, hematologista. A onco-hematologia é a área que cuida dos tumores malignos que afetam o sangue e os gânglios.

Para atender os pacientes com este diagnóstico, o serviço conta com uma equipe multiprofissional e, nesta sexta-feira (03), a onco – hematologia doo HGRS recebeu novos colaboradores que vão se somar à equipe que se encontra na unidade.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.