Buerarema
Plansul
COLÉGIO JORGE AMADO
Pref ilheus junho
Ieprol

ILHÉUS: FESTIVAL INTERNACIONAL DO CHOCOLATE REÚNE 25 MIL VISITANTES EM QUATRO DIAS DE EVENTO

A 12ª edição do Festival Internacional do Chocolate e Cacau – Chocolat Festival, realizada entre os dias 16 e 19 de dezembro, movimentou R$ 5 milhões em negócios em Ilhéus, segundo os organizadores. Durante os quatro dias de evento, cerca de 25 mil pessoas visitaram a estrutura montada no Centro de Convenções Luís Eduardo Magalhães, que reuniu 120 expositores, entre marcas de chocolate, tecnologia e arte, além de promover atrações culturais com apresentações de música, dança, teatro e circo.

Para o prefeito Mário Alexandre, o Chocolat Festival marca a retomada do setor e fortalece o microempreendedorismo local.  “O Festival representa uma grande oportunidade de negócios, com geração de emprego e renda para aquecer a nossa economia. Eu fico extremamente feliz, porque essa parceria entre o poder público e a iniciativa privada transformou Ilhéus em referência para o Brasil e para o mundo. Mesmo com todas as dificuldades, mantemos um trabalho planejado e focado no bem-estar do nosso povo”, ressaltou.

A Prefeitura de Ilhéus marcou presença com exposição de produtos da agricultura familiar. Conforme Marco Lessa, empresário e organizador do evento, em 2019 o Festival reuniu 80 marcas de chocolate do Sul da Bahia e hoje já são mais de 100. Ele destacou que a iniciativa é a grande vitrine do cacau e do chocolate da região.

“Essa edição especial de Natal superou todas as nossas expectativas, apesar do tempo curto que tivemos para preparar um evento de excelência. Mesmo nesse período de hiato, houve iniciativas”. Após dois anos sem a realização do evento, devido aos efeitos provocados pela pandemia, o setor se mostra confiante e atrativo, trazendo à tona o poder do cacau brasileiro e consolidando toda a cadeia produtiva, da matéria-prima ao produto final.

A programação incluiu atrações musicais, gastronômicas, workshops, fóruns e palestras, colocando em destaque os derivados do cacau, as manifestações culturais, artísticas, econômicas e sociais que compõem o cultivo e a comercialização deste produto agrícola.

A 12ª edição também contou com concurso cultural de fotografia e montagem de árvore de Natal com 350 quilos e mais de dois metros de altura do mais puro chocolate Sicao da Barry Callebaut, construída pelo chef Abner Ivan, especialista em esculturas de chocolate. A árvore foi doada na segunda-feira (20) pelo empresário Marco Lessa, com a presença dos secretários Rubenilton Silva (Promoção Social e Combate à Pobreza) e Soane Galvão (Desenvolvimento Econômico e Inovação). A estrutura de chocolate será destinada às pessoas atendidas por instituições sociais do município.

“Esse é o espírito natalino que queremos transmitir, com muita solidariedade, amor, esperança e muito chocolate. Com essa árvore vamos dar sabor e alegria às pessoas atendidas por instituições de caridade”, declarou Soane Galvão. Para mais informações, o público pode acessar a página do evento no Instagram @chocolat_festival e no site bahia.chocolatfestival.com.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.