AACRRI
Plansul
Buerarema
Ieprol

ILHÉUS: JUSTIÇA ACEITA DENÚNCIA E PM VIRA RÉU POR SUSPEITA DE MATAR JOVEM EM POSTO DE COMBUSTÍVEIS

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) aceitou a denúncia do Ministério Público da Bahia (MP-BA) e tornou réu o policial militar João Wagner Madureira, suspeito de matar a jovem Fernanda Santos Pereira, a tiros no dia 11 de janeiro, em Ilhéus.Ele vai responder por homicídio qualificado, informa o G1.

Segundo a decisão de Gustavo Henrique Almeida Lyra, Juiz de Direito da 1ª Vara do Júri, da Comarca de Ilhéus, João Wagner Madureira tem 10 dias, a partir desta terça-feira (6), para apresentar resposta através de advogado ou da Defensoria Pública.

O mandado de prisão preventiva contra o policial militar foi cumprido no dia 18 de janeiro, uma semana após o crime.

João Wagner está preso no Centro de Custódia Provisória da Polícia Militar, em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.