Ieprol – Matrículas Abertas – Desktop Mobile
Plansul – 31 anos – Desktop/Mobile
PM Itabuna – Lavagem do Beco
Itajuípe – Dengue Novo – Desktop/Mobile
Buerarema – Fevereiro Roxo e Laranja – Desktop/Mobile
AACRRI – Reconstrução PIX – Desktop/Mobile

ILHÉUS RECEBE PRIMEIRA REMESSA DE DOSES DA VACINA CONTRA A DENGUE

O imunizante é desenvolvido pelo Instituto Butantan, possuindo propriedade tetravalente.

Ilhéus recebeu a primeira remessa de doses da vacina contra a dengue para o início da imunização de crianças de 10 e 11 anos. Aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a vacina Qdenga chegou ao município nesta terça-feira (27) e já se encontra disponível nas unidades básicas de saúde.

O imunizante é desenvolvido pelo Instituto Butantan, possuindo propriedade tetravalente, visto que protege contra os quatro sorotipos do vírus da dengue (DEN-1, DEN-2, DEN-3 e DEN-4). Como qualquer vacina, a Qdenga pode causar reações adversas em alguns indivíduos, a exemplo de dor no local da aplicação, febre leve e mal-estar. No entanto, os benefícios da vacinação geralmente superam os riscos de complicações causadas pela dengue.

Neste primeiro momento, a Secretaria de Saúde (Sesau) recebeu 4.709 doses e a aplicação da vacina segue escalonamento de faixa etária. O público-alvo é composto por crianças de 10 e 11 anos, mas a estratégia visa ampliar a faixa etária nas próximas remessas.

De acordo com dados do Setor de Vigilância Epidemiológica de Ilhéus, o município registra Índice de Infestação Predial (IIP) pelo mosquito Aedes aegypti de 3,7%. A Prefeitura tem intensificado as ações de enfrentamento das arboviroses, através de visitas de rotina, com realização de inspeção de depósitos e atendimento de denúncias feitas pela população.

Os índices acima de 1 e até 3,9% são considerados como situação de alerta. Já os superiores a 4% estão em risco iminente de surtos de doenças transmitidas pelo mosquito, algumas das quais podem ser fatais. O trabalho deve ter continuidade nas escolas, sendo a vacina mais uma forma de prevenção.

Disque-dengue

A população pode efetuar denúncias de possíveis criadouros do mosquito em terrenos baldios, casas abandonadas e áreas mais críticas, através do número (73) 3234-2040. O atendimento funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.