Augusto
Guinho
Isaac Nery
Capitão
Son Gomes
Junior Brandão
Prefeitura de Ilhéus julho/ago
Laryssa Rocha
Faculdade de Ilhéus
Jequitibá
Pref itabuna
Câmara itb 1
Ieprol

ILHÉUS: TPI LANÇA VERSÃO ONLINE DE “TEODORICO MAJESTADE”

No ano em que o Teatro Popular de Ilhéus completa 25 anos, o espetáculo “Teodorico Majestade: as últimas horas de um Prefeito”, que está em cartaz há quase 14 anos – desde 26 de novembro de 2006 –, se adapta para uma versão inteiramente virtual. Nesta versão online, “Teodorico Majestade: a última Live de um Prefeito”, que estreia dia 24 de julho, o Teatro Popular de Ilhéus tenta contaminar o audiovisual com teatro, e o elenco do espetáculo abre suas casas para receber o público às sextas e sábados de julho e agosto, sempre às 21 horas.

Teodorico, Prefeito de Ilha bela, está prestes a perder seu mandato depois que uma onda de denúncias de corrupção tomou conta dos noticiários. Até um grupo de teatro resolveu fazer um espetáculo sobre ele. Agora, está acuado, pressionado a assinar seu pedido de renúncia. A montagem surgiu como um posicionamento do Teatro Popular de Ilhéus diante dos escândalos ocorridos na cidade, e sua repercussão contribuiu para a mobilização da população ilheense contra o então prefeito Valderico Reis, tendo histórica importância na cassação de seu mandato em 2007. O espetáculo é uma sátira política em formato de cordel sobre um prefeito prestes a perder seu mandato por conta de denúncias que vieram a público, construindo um protesto bem-humorado que mostra o lado ridículo dos bastidores da política corrupta e que, ao mesmo tempo, conclama o povo a exercer seus direitos de cidadão.

Após cada apresentação, o grupo abrirá um bate-papo com o público para conversar sobre esses 25 anos de história do TPI, tendo ainda convidados especiais nas sextas-feiras. No bate-papo da estreia, o convidado é Felipe de Paula, que já escreveu um artigo científico sobre o Teatro Popular de Ilhéus e o audiovisual.

Os ingressos são limitados, e estão à venda na plataforma Sympla por 10 e 20 reais, onde também será feita a transmissão. O público pode ainda ajudar o grupo com colaborações voluntárias de 50 e 100 reais, e dessa forma contribuir para a manutenção da Tenda TPI durante a pandemia. Para realizar a compra dos ingressos, basta acessar o site www.sympla.com.br/teatropopulardeilheus.

TPIFLIX

Para manter uma programação cultural para o seu público durante o período de isolamento social, o Teatro Popular de Ilhéus criou o projeto TPIFLIX, com conteúdo semanal em seu canal no YouTube, convidando a todos a assistirem teatro sem sair de casa. A página, que já possuía alguns vídeos de espetáculos na íntegra, documentários, trailers, entrevistas e cobertura de eventos, agora está disponibilizando materiais inéditos, produzidos pelo grupo de forma remota. Todo o conteúdo pode ser conferido e acompanhado através do link youtube.com/teatropopulardeilheus.

Na programação de julho do TPIFLIX, continua sendo postado o quadro “Letras de Nhoesembé: leituras de autores vivos de Ilhéus”, com Romualdo Lisboa, cujos vídeos vão ao ar todo domingo. Com curadoria de Fabrício Brandão, editor da revista literária “Diversos Afins”, trata-se de uma tentativa de dar voz a uma geração de contistas, poetas, romancistas, dramaturgos, escritores de diversos gêneros, que estão vivos, atuantes, escrevendo hoje, nesse contexto terrível de pandemia. Ilhéus possui uma cena muito produtiva no campo das letras. A Academia de Letras de Ilhéus é um espaço de grandes escritores do passado, mas essencialmente de escritores do presente. Uma geração de literatos que para além de dialogar com os legados de Adonias Filho, Jorge Amado, Telmo Padilha, Hélio Pólvora, dentre tantos, constroem um novo caminho, um novo universo da literatura Grapiúna.

Campanha de apoio contínuo

O grupo do TPI vem sofrendo os efeitos da pandemia ficou do novo Coronavirus desde o fechamento da sua sede, ocorrido em 15 de março. O funcionamento da Tenda TPI, assim como de qualquer espaço cultural, demanda grande investimento em manutenção física e de equipamentos. Como agravante, a estrutura de circo da Tenda é situada à beira-mar, sujeita a sol, chuvas e fortes ventos, e o efeito da maresia nos equipamentos de som, luz e projeção, nos mastros, mastareis e paus-de-roda é devastador. Normalmente o grupo contaria com o recurso de bilheteria para pequenos investimentos. Este recurso nunca foi suficiente, o que já vinha tornando o espaço bastante deteriorado. Agora, sem a arrecadação da venda de bilhetes, a companhia provavelmente não poderá abrir o espaço quando for possível.

Para tentar driblar essas dificuldades, o TPI lançou a campanha “Teatro Popular de Ilhéus + 25 anos”, de financiamento coletivo contínuo através da plataforma “Apoie.se”. O apoiador pode escolher um valor mensal a partir de 10 reais com o qual poderá ajudar o grupo. O recurso arrecadado a partir desta campanha será utilizado no custeio de manutenção, serviços e aquisição de equipamentos, tornando o espaço adequado para seu pleno funcionamento. Para todos os valores de contribuição existem recompensas para os apoiadores, que incluem desde menção do nome na página do TPI, acesso a meias-entradas e entradas gratuitas, acesso aos bastidores, e até mesmo divulgação da marca de apoiadores em pessoa jurídica. A contribuição pode ser feita no link da campanha: apoie.se/teatropopulardeilheus.

Fundado em 1995 por Équio Reis (in memorian), o grupo já produziu dezenas de espetáculos, tendo circulado em diversas cidades do Brasil, chegando também a se apresentar na Europa. A partir de pesquisas e criações, o TPI interfere positivamente no município de Ilhéus e região, promovendo debates, encontros e estudos que contribuem para a formação cultural de seu público. A longevidade do Teatro Popular de Ilhéus é um indicador de um projeto de empreendedorismo cultural exitoso que tem um planejamento à longo prazo bastante sólido e em constante avaliação. Em 2020 completa 25 anos de existência, cujas comemorações contarão com a publicação do livro “A vida é uma rima”, um ensaio biográfico do Teatro Popular de Ilhéus que está sendo escrito pelo crítico teatral e jornalista Valmir Santos. Além disso, antes da pandemia o grupo vinha se preparando para estrear o espetáculo “Sonho de uma noite de verão”, cuja montagem será retomada quando a programação da Tenda for normalizada.

O Teatro Popular de Ilhéus está localizado na Avenida Soares Lopes, em Ilhéus, e é uma instituição cultural independente, atualmente mantida pelo programa de Ações Continuadas de Instituições Culturais – uma iniciativa da Secretaria de Cultura da Bahia com recursos do Fundo de Cultura do Estado da Bahia, mecanismo que custeia, total ou parcialmente, projetos estritamente culturais de iniciativa de pessoas físicas ou jurídicas de direito público ou privado. Os projetos financiados pelo Fundo de Cultura são, preferencialmente, aqueles que apesar da importância do seu significado, sejam de baixo apelo mercadológico, o que dificulta a obtenção de patrocínio junto à iniciativa privada.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.