Shopping
CVR
diabetes
Buerarema
Plansul
COLÉGIO JORGE AMADO
Pref ilheus junho
Ieprol

ITABUNA APLICA 5º DOSE DA VACINA CONTRA COVID-19 EM PESSOAS COM COMORBIDADE

Seguindo os critérios de elegibilidade estabelecidos pelo Ministério da Saúde, Itabuna começou a vacinar indivíduos imunocomprometidos ou imunossupressos maiores de 18 anos com a 5ª dose contra o Covid-19. A vacinação não está determinada pelo critério de faixa etária, mas exclusivamente para pessoas que se enquadram nos parâmetros de acordo com a Coordenação da Rede de Frio da Secretaria Municipal de Saúde.

Neste contexto estão pacientes com imunodeficiência primária grave, aqueles que fazem tratamento com quimioterapia contra o câncer, transplantados, os que convivem com HIV/AIDS e quem usa corticoides em altas dosagens. Também se enquadram pacientes que fazem uso de drogas modificadas da resposta imune, aqueles com doenças autoinflamatórias e intestinais inflamatórias, bem como pacientes em hemodiálise e com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas. Segundo explicou a coordenadora da Rede de Frio, enfermeira Camila Brito, a estimativa de público para a 5ª dose contra a Covid-19 gira em torno de 10 mil pessoas. Sã considerados os mesmos critérios para a imunização de reforço com a 4ª dose.

Para além do início da vacinação com a 5ª dose, ela chama a atenção para o fato de um elevado número de pessoas que não ter completado o esquema vacinal no município. Além disso, há evolução de casos ativos que até esta quarta-feira, dia 23, alcançou 100 pessoas. “De acordo com os últimos números apurados, entre as pessoas maiores de 12 anos, que é público-alvo para a 3ª dose da vacina, apenas 43,3% foram imunizadas. Já em relação à 4ª dose de reforço, somente 17,3% da população a ser imunizada procurou as unidades de saúde em busca da vacina. Isso é muito preocupante, porque estamos registrando números elevados de casos da doença, inclusive com novas variantes circulando”, afirmou Camila Brito.

Ontem a procura por vacina de pais ou tutores de crianças menores de três anos de idade foi baixa, o que evidencia maior atenção das pessoas adultas para a necessidade de vacinação de seus filhos ou parentes, com idade a partir de 6 meses a menores de 3 anos (2 anos, 11 meses e 29 dias). A vacina Pfizer Baby é aplicada inicialmente nas crianças com comorbidades.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.