COLÉGIO JORGE AMADO
Pref ilhéus
Buerarema
Plansul
Ieprol

ITABUNA: CÂMARA DESENHA CAMINHO PARA VOLTA DOS EVENTOS

O presidente da Câmara de Itabuna, Erasmo Ávila (PSD), reuniu produtores e empresários na quinta-feira (07), para discutirem a tão esperada retomada definitiva dos eventos. Ele apontou dados expressivos em boletins da Secretaria Municipal de Saúde sobre a vacinação. Até aquela data, 80,1% da população adulta tomaram a primeira dose e 50% chegaram à segunda dose.

À mesa daquela sessão especial, para juntos construírem os protocolos de retorno, o primeiro-secretário da Casa, Israel Cardoso (PTC); o presidente da FICC (Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania), Aldo Rebouças; o Diretor de Fomento à Indústria, Othon Henrique Dantas (representando a Secretaria de Indústria, Comércio, Emprego e Renda) e o comandante do 4º Grupamento de Bombeiros, Tenente Coronel Manfredo Santana.

.“Desde o início da pandemia, a Câmara vem fazendo tratativas para a retomada da economia. O setor de eventos foi o primeiro a parar e está sendo o último a reiniciar. Estamos chamando os produtores para que se legalizem, fiquem atentos aos protocolos, porque ainda não está normal. Para participar, tem que estar vacinado. Essa é a nossa proposição agora”, afirmou Ávila, acompanhado pelos demais vereadores no Plenário Raymundo Lima.

“Servindo de exemplo”

Othon esclareceu que o acesso será para pessoas vacinadas (inicialmente, ao menos a primeira dose; a partir de novembro, com imunização completa). “Até aqui, são permitidos eventos com até 1.100 pessoas; festas particulares, como aniversários, com até 200 ou 50% da capacidade do local”, disse. Da mesma forma, seguirá o acompanhamento semanal do número de infectados pela covid-19.

Experiente produtor, Aldo ressaltou a união dos envolvidos na causa e o apoio do prefeito Augusto Castro (PSD), para que Itabuna realizasse o primeiro evento teste da Bahia. “Várias secretarias se envolveram, para dar uma resposta àqueles que vivem do entretenimento. Estamos, inclusive, servindo de exemplo para outras cidades. Nessa retomada temos que observar os requisitos para um evento dentro da legalidade”, pontuou.

Registrando ser inédita a postura da Câmara mais próxima dos produtores, Manfredo lembrou: “Se vai acontecer um evento numa casa de shows, esse interessado tem que procurar o Corpo de Bombeiros para regularizar o espaço no que diz respeito à parte preventiva contra incêndio e pânico”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.