Plansul
FICC
CVR
Buerarema
COLÉGIO JORGE AMADO
Pref ilheus junho
Ieprol

ITABUNA: DIRETOR DA DEFESA CIVIL EXPLICA MOTIVO DAS INTENSAS CHUVAS E ALAGAMENTOS NO MUNICÍPIO

Nesta quarta-feira, 14, o Diretor da Defesa Civil de Itabuna, Kaique Brito, conversou em live com o iPolítica sobre a situação das chuvas no munícipio. Devido as fortes chuvas que aconteceram há algumas semana atrás, o rio Cachoeira transbordou e novamente muitas famílias tiveram suas casas atingidas pela água.

Segundo o diretor, o contexto socioambiental e socioeconômico da cidade de Itabuna é a principal causa dos acontecimentos. “Quando parte para a análise do munícipio de Itabuna e da área urbana em si fica complexo porque envolve não só a atividade da prefeitura em relação a limpeza do canal mas também de como a população lida com as questões ambientais”.

De forma técnica, Kaique explica sobre as especificidades do Rio Cachoeira, ponto que também influencia nas questões que envolvem a maior facilidade de cheias. “O Rio Cachoeira é um rio novo, cheio de energia […] ele tem energia demais desde sua nascente até sua foz, ainda não criou meandros, não criou curvas, é muito retílinio. E diante desse cenário colocaram uma cidade no meio [….] Itabuna nasceu nesse contexto justamente de uma cidade a margem do rio”.

O diretor pontua que, além das característica específicas do Rio Cachoeira que facilitam as cheias muito rapidamente, o desmatamento ambiental em toda sua bacia acentua esse efeito. “Quando você retira a floresta de um cenário é a mesma coisa que você pegar a cabeça de um careca e jogar um copo d’agua essa água escorre rápido. Mas se você pega uma cabeça de um cabeludo essa água demora. Quando você retira a floresta você faz o mesmo efeito”, disse.

  Assista a entrevista na íntegra.       

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.