FACULDADE DE ILHÉUS
Mutirão do Diabetes
Câmara de Vereadores
Ieprol
Ubaitaba Inst novo
Buerarema
URUÇUCA
Vidro Tech

ITABUNA: DUAS PALESTRAS ENCERAM XII SEMANA JURIDICA DA FTC

Por Lilian Hori

A primeira palestra da noite ministrada pelo Advogado e Professor Geraldo Calasans, teve por titulo: A Responsabilidade Civil Do Influenciador Digital. O ilustre palestrante explicou ao público primeiramente a diferença  entre publicidade e propaganda, depois, expôs que a jurisprudência vem entendendo que o influenciador digital, uma vez que não existe previsão deste fato na legislação brasileira, ao fazer publicidade, mesmo por meio do seu perfil pessoal da sua página da sua rede social, este responderá subjetivamente, ou seja, somente se for comprovado pelo consumidor, o elo entre o influenciador e o dano causado, seja material ou moral, por vício ou defeito do produto adquirido pelo consumidor. Por fim, informou quais as penalidades previstas no Código de Defesa do Consumidor as quais estas pessoas podem ser enquadraras caso venham a causar algum dano ao consumidor.

Foto Edilton de J Silva Silva

Segunda Palestra da noite foi proferida pelo Professor e Policial Civil Roberto José, que também é acadêmico de direito, e teve como titulo: A Inteligência Estratégica no Âmbito da Segurança Pública no Brasil. Assim, o palestrante iniciou demonstrando fatos históricos a respeito da inteligência estratégica, como aquele que trará subsídios para que os grandes generais tomem decisões acertadas, citando exemplos contidos em fatos históricos, como os estudos estratégicos do general chinês Sun Tzu, no livro a “Arte da Guerra”, que destacam o  conhecimento avançado sobre dificuldades do terreno, planos do inimigo, movimentações e até o estado de espírito das tropas; o ataque a Pearl Harbor,  uma operação aeronaval de ataque à base americana, efetuada pela Marinha Imperial Japonesa em 07 de dezembro de 1941, dentre outros belos exemplos, como o uso da inteligência estratégica em grandes empresas multinacionais.

Foto Edilton de J Silva Silva

No segundo momento da palestra Roberto José, fez uma análise histórica sobre a Inteligência Brasileira, enfatizando a Inteligência voltada as investigações criminais no âmbito da Segurança Pública no Brasil, visando a persecução criminal ou mesmo fornecer informações para tomada de decisão, assim, aponta o palestrante que a  adoção da Inteligência como metodologia de trabalho trouxe avanços significativos à atividade policial e à potencialização dessas investigações, finaliza, então que a redução da criminalidade no país, passa necessariamente por grandes investimentos em Inteligência, a melhor forma de repressão qualificada na seara da Segurança Pública, assim, finalizando com a célebre frase do Marquês de Beccaria, “o que diminui o intento criminoso não é a intensidade da pena, mas a certeza dela”.

Foto Edilton de J Silva Silva

Os novos direitos e as perspectivas tecnológicas, encerrou na noite desta última quinta-feira, 31-10-2019, com duas excelentes palestras, assim, a mesa foi composta pela Professora Raildes Pereira – Coordenadora do Curso de Direito da FTC, Professor Rafael Freire – Coordenador da Semana Jurídica e pelos palestrantes Geraldo Calazans, que pode ser consultado pelo instagran: @gcalasansjr e Roberto José, o qual pode ser consultado através da fanpage:  @robertojoseitabuna.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.