MALHADO
NATAL TAUAN
ISRAEL NATAL
Pref ilheus novembro
uruçuca novo
Plansul
Buerarema
Ieprol

ITABUNA: FACULDADE SANTO AGOSTINHO EM CONVÊNIO COM A PREFEITURA, EXECUTA REQUALIFICAÇÃO DE UNIDADES BÁSICAS E DE SAÚDE DA FAMÍLIA

A Prefeitura de Itabuna, prossegue com a reforma e requalificação de Unidades Básicas (UBS) e de Saúde da Família (USF) executadas pela Faculdade Santo Agostinho (Fasa), a partir da relação de necessidades encaminhadas pelo Comitê Gestor Local e Secretaria Municipal de Saúde.

Três unidades já foram reformadas e mais quatro estão com as obras em andamento. “Esperamos que até o final do ano os 12 imóveis mais comprometidos fiquem prontos”, disse a secretária municipal de Saúde, Lívia Mendes Aguiar.

Ela lembrou que Itabuna atualmente conta com 32 Unidades Básicas e de Saúde da Família e disse que, no início da gestão do prefeito Augusto Castro (PSD), quase todas estavam deterioradas e com a estrutura comprometida. “As reformas começaram em maio deste ano, executadas pela Faculdade Santo Agostinho”, informou. A secretária destacou que durante esse período tem buscado avançar no processo licitatório para ampliar a reforma de prédios públicos, o que pode incluir outros postos de Saúde.

Sobre a parceria com a Faculdade Santo Agostinho de Itabuna (Fasa), a secretária de Saúde explicou que faculdades de medicina vinculadas ao Programa Mais Médicos possuem a responsabilidade de contrapartida de 5% a 10% da receita, valor utilizado, exclusivamente, para benefícios na rede de saúde. “No caso de Itabuna, usamos o recurso para adquirir equipamentos de saúde e também para bolsas de ensino que neste ano foi destinada a cursos de pós-graduação em Gestão Pública”, afirmou.

Já o diretor da Fasa, Luciano Tourinho, destacou a importância do Programa Mais Médicos na instalação de faculdades de medicina em todo o país. Ele disse que para que o programa fosse colocado em prática, foi necessária a existência de um Comitê Gestor Local ede um contrato organizativo, que é um convênio entre a Faculdade Santo Agostinho e a Prefeitura de Itabuna.

“No caso local, o Comitê Gestor e a Secretaria Municipal de Saúde encaminharam as solicitações para as reformas das Unidades Básicas e de Saúde da Família e o posto avançado do Samu-192, que vai funcionar em um imóvel cedido pela própria Faculdade, no Bairro Nova Itabuna”, acrescentou.

Tourinho lembrou que já foram realizadas entregas de equipamentos para a Secretaria Municipal de Saúde que vão atender ao município e ao Samu-192. “Houve também repasse para programas de residência médica, por meio da entrega de material e qualificação dos profissionais de saúde, através dos cursos de pós-graduação que hoje, contemplam 41 profissionais da rede, o que totaliza, pouco mais de 4 milhões e 270 mil reais”, afirmou o diretor da Fasa.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.