Ieprol – Matrículas Abertas – Desktop Mobile
AACRRI – Reconstrução PIX – Desktop/Mobile
Itajuípe – Dengue Novo – Desktop/Mobile
Buerarema – Fevereiro Roxo e Laranja – Desktop/Mobile
Plansul – 31 anos – Desktop/Mobile

ITABUNA: FUNDAÇÃO MARIMBETA INICIA A REFORMA DOS SÍTIOS PARA NOVO PROJETO PEDAGÓGICO

A unidade do Sítio I da Fundação Marimbeta – Sítios da Integração da Criança e do Adolescente, no Bairro São Roque, vai ganhar uma praça, quadra de esportes, almoxarifado, além de requalificação total nos espaços. Entre eles, padaria, refeitório, salas das oficinas e laboratório de informática.

“Mas, a novidade será a implantação de um cursinho pré-vestibular para que os alunos da comunidade alcancem o ensino superior e tenha melhores condições de inserção no mercado de trabalho”, afirmou o presidente da Fundação Marimbeta, o vereador licenciado Monoel Porfírio (PT).

A Fundação Marimbeta tem quatro sítios onde desenvolve trabalho social com estudantes de 7 a 17 anos no contraturno escolar. O objetivo é desenvolver as potencialidades das crianças, adolescentes e jovens. No São Roque, onde as obras de requalificação foram iniciadas, a unidade oferece diversas oficinas como capoeira, dança, serigrafia e artesanato.

Ex-aluno da instituição o presidente está acompanhando de perto as obras e anunciou que a unidade do São Roque terá um projeto pedagógico arrojado para as crianças e suas famílias. “Será uma educação revolucionária, com publicações de Paulo Freire e Anísio Teixeira”, disse Manoel Porfírio.

Atualmente, o Sítio I tem 300 alunos matriculados e as aulas devem ser iniciadas no final de abril devido às obras. A próxima unidade a ser reformada é o Sítio IV, em Nova Ferradas, que tem uma horta e uma represa para criação de peixes. Em seguida, os Sítios II, São Pedro, e III, no Fonseca.

Segundo o presidente Porfírio, o prefeito Augusto Castro (PSD) pediu que as crianças e adolescentes atendidos tenham café da manhã, almoço e lanche da tarde. Por isso, mais investimentos na alimentação escolar dos alunos serão realizados. “Além disso, vamos trabalhar para que no final da tarde cada aluno leve 10 pãezinhos para casa”, acrescentou.

A expectativa é que até nos finais de semana, o sítio possa ser usado pelas famílias para a prática esportiva e atividades culturais. “Queremos que o Sitio I seja a extensão da casa dos alunos e familiares. A estrutura vai atender aos moradores do São Roque, Caixa D’Água, Antique e Santa Inês”, finalizou.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.