Plansul
FICC
CVR
Buerarema
COLÉGIO JORGE AMADO
Pref ilheus junho
Ieprol

ITABUNA: GOVERNO FEDERAL VAI DESTINAR RECURSOS PARA RECUPERAÇÃO DE ÁREAS ATINGIDAS PELAS CHUVAS

Por meio da Portaria nº 3.780, publicada no Diário Oficial da União, no dia 29 de dezembro de 2022, a Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil autorizou o empenho e repasse de R$ 684.018,44 para ações da Defesa Civil em Itabuna. O recurso é destinado pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR).

O repasse decorre do fato de o município ter sido afetado pelas chuvas na região Sul da Bahia, em novembro do ano passado. Na mesma edição do DOU, a Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil havia reconhecido o Decreto de Situação de Emergência baixado pelo prefeito Augusto Castro  (PSD), em decorrência de enxurradas que causaram alagamentos em diversos pontos da cidade.

Estudo e diagnóstico efetivados pela Diretoria de Proteção e Defesa Civil da Secretaria de Segurança e Ordem Pública (SESOP) revelou que atualmente Itabuna tem 32  áreas de risco.  Entre os locais sob risco de inundações estão: Rua da Bananeira, Mangabinha, Maria  Matos, também conhecida como Rua de Palha.

Por conta dos efeitos do fenômeno La Niña está se dissipando, depois de dois anos de intensas chuvas no litoral Sul da Bahia, segundo especialistas em clima e institutos de meteorologia. Vai dar lugar para um El Niño ao longo de 2023, o que pode mudar drasticamente o clima em todo o país – especialmente no Sul, Norte e Nordeste.

Em dezembro passado, o nível do Rio Cachoeira chegou a subir 9 metros,  mas ninguém ficou desabrigado como em dezembro de 2021, com as enchentes e as chuvas que devastaram 40% da zona urbana. A cheia recente decorreu da elevação do nível de água sob influência do Rio Piabanha, um dos afluentes com os rios Salgado e Colônia.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.