Ieprol – Matrículas Abertas – Desktop Mobile
Plansul – 31 anos – Desktop/Mobile
AACRRI – Reconstrução PIX – Desktop/Mobile

ITABUNA: MPE RECOMENDA QUE FERNANDO GOMES NÃO ACATE O AUMENTO DA PASSAGEM

O Ministério Público estadual recomendou ao prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, que não acate o aumento de 26,67% da tarifa de ônibus aprovado pelo Conselho Municipal de Transporte Público na última segunda-feira, 3. A recomendação foi encaminhada no último dia 5, pelo promotor de Justiça Patrick Pires da Costa. Na recomendação, o promotor argumenta que o reajuste aprovado pelo Conselho é abusivo, pois desconsidera os parâmetros de cálculo previstos nos contratos de concessão firmados em 2016. Segundo Patrick Pires, a correta aplicação da fórmula contratual para o cálculo de reajuste resultaria em um aumento de 3,8%, portanto de R$ 3,00 para R$ 3,11. A tarifa aprovada pelo Conselho é de R$ 3,80. Ele recomendou que a Prefeitura adote a fórmula contratual e ressaltou que, por ser um órgão apenas opinativo, o Conselho não tem a legitimidade para definir o valor da tarifa.

O promotor destacou que o último aumento da passagem (de R$ 2,85 para R$ 3,00) ocorreu há apenas oito meses. Entre maio de 2015 e abril de 2018, a tarifa passou por elevação de 37%, enquanto o preço do diesel no mesmo período teve aumento de 25,78%, o salário dos motoristas de 24% e a inflação cresceu 16,62%. “Apesar de constantemente se queixarem da tarifa aplicada, as empresas concessionárias vêm sendo beneficiadas com repetidos aumentos em percentuais superiores aos dos seus custos operacionais”, afirmou. Patrick Pires disse ainda que, apesar desses aumentos, “as empresas oferecem aos usuários um serviço de péssima qualidade”.

9 Comentários
  1. Anônimo Diz

    É simplesmente inaceitável, fico me perguntando se não existe lei neste país, pois a todas as gestões de Itabuna fazem o que querem e bem entendem. Metem a mão em todo de tipo de verba, saúde, educação e tudo que estiver ao alcance desses corruptos ladrões!

  2. Tereza Diz

    Além de ser o mal serviço agente ver o transporte de mal qualidade, os elevadores estão as maiorias quebrados, e as empresas de ônibus atendem os deficientes e os idosos muito mal, pedimos que juntos a todos que usam os transportes denuncie essa falta de vergonha

  3. Leandro Diz

    Graças a Deus que temos o ministério publico, que trabalha em itabuna, parabéns ou promotor e ao ministério público estadual, esse almento da passagem em Itabuna além de abusivo, é um tremendo de um roubo a população de Itabuna, sem falar nas qualidades dos ônibus que são de péssimas qualidades verdadeiras carroça circulando em Itabuna e levando o pessoal espremidos, com um calor infernal que faz dentro desses ônibus, falo isso porque eu uso essas porcarias porquê eu nao tenho o meu meio de transporte ou seja carro ou moto, entao sou obrigado a usar as carrocerias que circulam em Itabuna.

  4. Anônimo Diz

    Gente!! o salário mínimo aumenta uma miséria, isso é um absurdo, sou servidora pública, só recebo atrasado,pagando juros de cartão, aluguel, água, luz, tudo atrasado,aonde vamos parar?? Senhor tenha misericórdia de nós

  5. Marcio Diz

    Isso é um roubo

  6. Anônimo Diz

    Isso sim é consciência humana. Muito bem Dr. Juiz

  7. Anônimo Diz

    Está de parabéns esse promotor.esse transportes de Itabuna .e de percima qualidade.os motorista parece ser dono da empresa. trata os usuários . muito mal.os idosos são humilhado . colocando na frente do ônibus parecendo que estão em uma lata de sardinha.e .eu gostaria de ver mãe do motorista e a do dono da empresa nesse transportes passando por essa humilhação.

  8. Anônimo Diz

    Está de parabéns esse promotor.esse transportes de Itabuna .e de percima qualidade.os motorista parece ser dono da empresa. trata os usuários . muito mal.os idosos são humilhado . colocando na frente do ônibus parecendo que estão em uma lata de sardinha.e .eu gostaria de ver mãe do motorista e a do dono da empresa nesse transportes passando por essa humilhação.

  9. Anônimo Diz

    Quero saber se nós usuários do transporte público,, vamos simplificar aceitar esse abuso contra nós? Pela qualidade que se é oferecida o valor não pode passar de 2,00 reais.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.