Pref ilhéus
Plansul
uruçuca novo
Cerveja Je assunção
Buerarema
Ieprol

ITABUNA: PROJETO AQUÁTICO NA PISCINA DO CISO ESTIMULA QUASE 500 PESSOAS A SE EXERCITAR

Quase 500 crianças, adultos e idosos formam o time do Projeto Aquático de Natação e Hidroginástica desenvolvido pela Secretaria de Esportes e Lazer realizado através de parceria com o Parque Aquático do Colégio Sesquicentenário (Ciso). O secretário de Esportes e também vice-prefeito de Itabuna, Enderson Guinho, visitou na manhã desta quinta-feira, 14, as turmas do Aulão de Hidroginástica.

Para Guinho, é motivo de muita satisfação ver a população retomar suas atividades físicas diárias e de forma segura. “Os itabunenses estavam carentes de projetos desta modalidade. Antes, era realizado na Vila Olímpica Professor Everaldo Cardoso, que esteve fechada por muito tempo. Agora está passando por reformas com o apoio do Governo do Estado. Então, viabilizamos a retomada do projeto por meio de parceria com o Ciso”, afirma.

Segundo o vice-prefeito, “a expectativa é de que o Projeto Aquático da Vila Olímpica seja retomado após a conclusão das obras de requalificação que estão sendo executadas pela Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) do Governo da Bahia”. As aulas acontecem de terça a sexta-feira, gratuitamente, independente da idade do participante.

“Atualmente temos 482 pessoas matriculadas. Mas, ainda há uma extensa lista de espera com cerca de 200 pessoas. Isso mostra que estamos no caminho certo. A natação é uma atividade completa, recomendada por profissionais da área médica, porque traz inúmeros benefícios físicos e respiratórios”, frisa Guinho.

Moradora do Bairro Santo Antônio, a aposentada Maria Cecília Santos de Oliveira, 75 anos, estava muito animada na aula de hidroginástica, onde acompanhava todos os passos da professora. “Gosto muito dos momentos que passo aqui na piscina. Comecei a praticar por recomendação médica, o que melhorou bastante minha saúde, já que tinha dores nas minhas pernas. Mas, o resultado tem sido positivo não só no corpo, mas para a mente também”, atesta.

A criança Davi Leal, 11 anos, moradora do Bairro Santa Inês, conta que começou a natação por gostar muito do esporte. “Me sinto bem, quando estou fazendo natação”, diz. Do mesmo modo Ivana Maria, do Bairro Califórnia, também sente prazer com a prática da hidroginástica. “Há mais de cinco anos que iniciei e não pretendo parar tão cedo”, afirma.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.