Prefeitura de Itabuna
Buerarema
uruçuca novo
Laryssa Rocha
Faculdade de Ilhéus
Jequitibá
Ieprol

ITABUNA: SANTA CASA LEVANTA A BANDEIRA CONTRA O CÂNCER NA INFÂNCIA

15 de fevereiro é o “Dia Internacional de Luta Contra o Câncer na Infância”. A data tem como objetivo conscientizar, de forma global, sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer infantojuvenil, principal causa de morte por doença dos 0 aos 19 anos de idade.

De acordo com a Oncologista Pediátrica da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, Dra. Regiana Quinto, para aumentar as chances de cura é importante o diagnóstico precoce através de suspeita e encaminhamento ao especialista.

Os tipos mais frequentes de câncer nas crianças e adolescentes são as leucemias, tumores de sistema nervoso central e linfomas, mas existem outros tipos que podem acometer outros locais. Os principais sintomas sugestivos de câncer são: febre prolongada sem causa determinada, palidez e prostração, manchas roxas, crescimento de linfonodos ou tumores em alguma parte do corpo, aumento progressivo do tamanho do abdome, perda de peso sem explicação, cefaleia intensa associada a vômitos frequentes.

Segundo a médica, através do diagnóstico precoce, a chance de cura é de cerca de 80%. “O câncer na criança costuma ter evolução rápida mas responde bem à quimioterapia, portanto, quanto mais cedo descoberto, maior a chance de cura”, destaca.

A estimativa do Inca para o ano de 2020 é de 8.640 novos casos no Brasil, 2.190 no Nordeste, com 440 casos na Bahia. A cidade de Itabuna atende a crianças e adolescentes do Sul, Extremo Sul e Sudoeste da Bahia através do ambulatório de Oncologia Pediátrica da Santa Casa, localizado no Hospital Manoel Novaes.

Por lá, os pacientes contam com equipe composta por médico, odontólogo, enfermagem, psicólogo, nutricionista, assistente social, farmacêutica, tendo acesso a procedimentos (mielograma, biópsia de medula, inserção de cateter central), exames laboratoriais e de imagem, cirurgia pediátrica, radioterapia, UTI pediátrica. São cerca de 30 a 40 atendimentos por dia pela equipe multiprofissional. “Atendemos aos casos ainda na fase de suspeita encaminhados de diversas cidades e quando existe a confirmação acolhemos este paciente e sua família com todo o cuidado. São mais de 20 anos dedicados à luta contra o câncer infantojuvenil, trazendo amor e esperança a muitas vidas”, declara.

A oncologista comenta ainda que ter acesso a tratamento mais próximo ao seu domicílio ajuda no sucesso. “Isso mostra a importância da existência deste serviço para o interior da Bahia, pois além de Itabuna, só há tratamento para crianças com câncer em Salvador ou Feira de Santana, o que dificultaria o acesso de muitos pacientes”, conclui.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.