Porfirio
pm
Charliane
Plansul
uruçuca novo
Emasa
Cerveja Je assunção
Buerarema
Ieprol

ITABUNA: SECRETÁRIA LÍVIA MENDES COMEMORA APLICAÇÃO DE 800 DOSES NO DRIVE-THRU NOTURNO

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Rede de Frio, divulgou um balanço positivo de mais um drive-thru noturno para vacinação contra Covid-19, em Itabuna, que aconteceu ontem, dia 22, no Teatro Candinha Dória das 17 às 21 horas. Foi contemplada com a 1ª dose a faixa etária a partir de 40 anos sem comorbidades. Ao todo foram aplicadas 800 doses da vacina Pfizer.

Por conta da alta adesão da população, a vacinação foi finalizada por volta das 23 horas, duas horas a mais que o inicialmente previsto. A secretária municipal de Saúde, Lívia Mendes Aguiar, celebra a maciça adesão das pessoas. “Mais uma vez contemplamos grande adesão somente em uma ação. A equipe da saúde estava unida, trabalhando em prol do melhor atendimento, com agilidade e acolhimento”, expressou.

“A vacinação fluiu rápido graças ao trabalho eficiente da equipe da Rede de Frio e dos demais servidores da saúde que se mobilizaram. Foi um sucesso e conseguimos contemplar o dobro do previsto. Mais uma vez é o reflexo do compromisso da gestão do prefeito Augusto Castro com a saúde da população e com os servidores de Itabuna” afirmou Lívia.

Já a coordenadora da Rede de Frio, Camila Brito, destacou que a ação de ontem foi uma das mais efetivas. “A faixa etária, a partir de 40 anos é bem vasta e houve grande adesão pelo trabalho em equipe desenvolvido pelos servidores da saúde. Estamos comprometidos com a vacinação, pois entendemos que é o foco da saúde neste cenário pandêmico”, observou.

A Secretaria Municipal de Saúde está seguindo o cronograma para contemplar mais idades e diminuir a faixa etária da população como previsto na CIB. Entre as pessoas que compareceram para a vacinação contra a Covid-19 pela vacina Pfizer no drive-thru noturno estava Murilo Almeida Sousa, 43 anos, primeira pessoa infectada na cidade em março de 2020.

Na época, Murilo chegou de viagem a São Paulo, ficou isolado na própria casa e gerou comoção em Itabuna. Emocionado, ele contou a sensação de receber a 1ª dose da vacina um ano depois “É uma vitória, primeiramente por ter sobrevivido ao novo coronavírus. Então, hoje receber a vacina é uma conquista. Não tenho palavras para descrever esse momento”, finalizou.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.